7 de março de 2016

Louisie Frumento garante o título do Grom Search 2016

A paulista Louisie Frumento conquistou o lugar mais alto do pódio numa final emocionante do Rip Curl Grom Search, no último domingo, nas ondas de Maresias, em São Sebastião. Com a vitória Louisie representará o Brasil na final internacional no próximo ano. Outro que fará par com a surfista em 2017,  será  o paulista Leonardo Bastos, que no sábado garantiu o título da Mirim. A final mundial do evento acontecerá em algum lugar do planeta, com a viagem e hospedagem custeadas pela Rip Curl.
Louisie e Leonardo vencem o Rip Curl Grom Search 2017
Além dos dois, o Circuito também definiu os campeões da iniciante, com o potiguar Mateus Sena, e da grommet, com o talento local Caio Costa. Das quatro conquistas, a mais tranquila foi de Leo Barcelos na mirim (até 16 anos), que já no sábado definiu o título, mas seguiu surfando bem e foi o único a terminar o Circuito com 100% de aproveitamento. Mas foi na feminina, também com limite de 16 anos, a mais emocionante. Depois de duas semifinais eletrizantes, com Carol Bonelli e Maju Freitas virando em suas últimas ondas para as classificações, e na sequência Thainá Hinckel e Louisie Frumento dando shows nas ondas, com scores altos, a final era promessa de grande disputa. E não decepcionou. Louisie entrou precisando da vitória e logo fez uma grande apresentação, com uma nota 7 e depois um 7,75, não sendo ameaçada.

A briga então ficou pelo segundo lugar, que garantiria a Carol o título. Mas a surfista de Saquarema não repetiu as grandes atuações e ficou a menos de um ponto de superar Thainá. No ranking, Louisie e Carol terminaram com a mesma pontuação e o desempate foi pelo melhor resultado da última etapa, conforme previa o regulamento.

Na categoria iniciante (limite de 14 anos), Mateus Sena também venceu e convenceu. Para ele, só interessava o segundo ou primeiro lugar, para superar o paulista Daniel Adisaka, vencedor das duas etapas iniciais e que acabou perdendo no round 2. Kauê Germano, competindo em casa, também estava na briga pelo caneco e os dois protagonizaram uma bateria de alto nível. O paulista estava na frente, com o surfista do Rio Grande do Norte em segundo. Mas Mateus confirmou o título com uma direita quase perfeita, com duas “pauladas” no lip da onda, que garantiram nota 9,35. Já entre os caçulas da grommet (sub12), Caio Costa voltou a repetir a grande atuação de Saquarema para vencer, superando Raphael Castro, do Rio de Janeiro.

Por Fábio Maradei

Nenhum comentário:

Postar um comentário