11 de março de 2016

Equipe Matero é mista no Volta à Ilha de Santo Amaro

O nome Matero remete à tradição em provas de aventura, remadas. E estará bem representado na mais longa prova de canoagem do mundo, o 13º Desafio Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoas Havaianas, nesta sexta-feira 12, na Baixada Santista. A equipe paulistana competirá na categoria mista, com três homens e três mulheres sempre remando. Eles enfrentarão 75 km de percurso, entre mar e rio e a expectativa é de um grande desempenho.
Foto Divulgação
A equipe será formada por cinco mulheres e quatro homens (três atletas para o revezamento). Entre os destaques estão Carmen Lucia, com grande vivência na canoagem e uma das pioneiras na modalidade, Sérgio Prietto e Dave Macknight, que competem pela forte equipe Samu masculina, recordista da prova, inclusive, e com conquistas no exterior.

Além de Viviane, Carmen, Sergio e Dave, a equipe Matero, que treina regularmente na raia da Cidade Universitária, em São Paulo, contará com Mariana Capitani, Juliana Ruiz, Patrícia Linger, Vitor Pogetti e Vinicius Sanches.

13º Desafio Onbongo Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoas Havaianas contará com 21 equipes, recorde de participação, entre elas cinco canoas na categoria mista. A disputa, com largada estilo “Le Mans”, será na Praia da Aparecida, em Santos. De lá, os atletas remarão costeando todas as praias de Guarujá, por quase 40 km, até o Canal de Bertioga, para enfrentar trecho de rio. A última parte da prova será no porto de Santos, para a chegada novamente na praia da Aparecida.

Por Fábio Maradei

Nenhum comentário:

Postar um comentário