16 de fevereiro de 2016

Fora da competição, Leco aposta em Caio Vaz e Márcio Grillo

O primeiro campeão brasileiro e também dono de um título mundial de Sup Wave, Leco Salazar, mesmo tendo apresentado um bom rendimento nas ondas havaianas não conseguiu se classificar na prova de repescagem para as quartas de final do Sunset Beach Pro, primeira etapa do Mundial de Stand Up World Tour 2016, que começou dia 8, com janela até o dia 20 de fevereiro, em North Shore de Oahu, Hawaii.
O santista dominou a situação até os últimos minutos e teve uma eliminação muito contestada, pois fez uma bateria espetacular, surfando ótimas ondas de 8 a 10 pés que quebraram no último domingo (14), segundo dia de competição, e finalizou com a pontuação de 13.33, porém, foi superado pelo australiano Kai Bates, que virou a bateria minutos antes do soar da corneta e fechou com 15.44 pts. A última colocação ficou para o japonês Jun Adegawa, com 5.66 pts. "Sinceramente, eu estou muito satisfeito com o meu desempenho. Infelizmente o Kai teve muita sorte no final da bateria e conseguiu virar. Agora, é se preparar para a próxima etapa, e voltar mais forte. Com certeza eu ainda continuo na disputa pelo titulo", declarou. 

Dois brasileiros estão classificados para as quartas de final: o atual campeão mundial Caio Vaz, com 16.66 pts, e Márcio Grillo, com 13.33 pts. O havaiano Kai Lanny garantiu sua vaga com a maior somatória do dia,  17.5 pts. "O nível técnico dos atletas aumenta a cada mundial. O Grillo pegou altos tubos, tem grandes chances. O Caio está fazendo a lição de casa perfeitamente. Os havaianos Mo Freitas, Kay Leny e Noa Ginela surfaram muito também em Sunset Beach. Enfim, todos quebraram em um dia clássico com ondas subindo durante o dia e chegando à tarde em quase 15 pés, perfeitos" comentou Leco. "Agora é aguardar e torcer pelos brasileiros Caio Vaz e Márcio Grillo. Os dois estão fazendo uma bela campanha com grandes chances de pódios", finalizou Leco. 
Os atletas Ian Vaz, Adriano Trinca Ferro, Felipe Gaspar e Kaiona Teixeira também se despediram da primeira etapa do mundial. Leco Salazar conta com o patrocínio da HD - Hawaian Dreams, pranchas New Advance, Surf Trip, Ocean Travel e do Restaurante Okumura Temakeria. Além do apoio da Fundação Pró-Esporte de Santos (Fupes). Acompanhe ao vivo http://watermanleague.com/stand-up-world-tour

Texto e fotos Gibasurftrips
Edição InnerSport

Nenhum comentário:

Postar um comentário