29 de dezembro de 2015

Thiago Meneses domina Festival Paulistano de Surf

Em um típico fim de semana de verão, com ondas de meio metro e muito sol, Thiago Meneses garantiu os títulos Open e Júnior no segundo Festival Paulistano de Surf, realizado na praia da Riviera de São Lourenço, em Bertioga (SP). O clima de confraternização deu o tom do evento, numa grande festa que reuniu veteranos e novatos. O campeonato foi um belo retrato de como o esporte está inserido no cotidiano das famílias paulistanas e passando tradicionalmente de geração para geração. Caso do clã Paioli, comandado por  Chico e Zé, percursores do esporte nos anos 60 e ambos homenageados no cartaz do evento (Zé no ano passado e Chico nesta edição).
Pódio da homenagem ao Chico Paioli no Festival Paulistano de Surf 2015 / Foto Munir El Hage
Enfatizando o clima descontraído, diversos ícones do esporte prestigiaram o evento, como o renomado shaper Neco Carbone, Reinaldo Andraus (ex-editor da revista Hardcore), entre outros. Representando a nova safra da família Meneses, Thiago soube escolher as ondas para arrematar as maiores notas e levar o título Open, deixando para trás Ricardo Saheli em segundo, na terceira posição Carlos Tizon, e em quarto seu pai, Paulo. Na Júnior, categoria na qual é tricampeão invicto do circuito Surf Trip SP Contest, não deu chances aos adversários e venceu mais uma vez, deixando sua irmã Gabriela em segundo.

“Este ano foi muito bom. Garanti mais um título invicto no SP Contest e também disputei vários eventos regionais, como o circuito bertioguense e sebastianense. Consegui mostrar o meu surf e conquistar mais este para fechar o ano com chave-de-ouro. Também fiquei feliz, pois temos mais uma competidora na família, minha irmã Gabriela ”, diz o campeão.
Thiago Meneses garantiu os títulos Open e Júnior no segundo Festival Paulistano de Surf / Foto Munir El Hage
Entre os masters, Saheli levou a melhor sobre Paulo Giachetti (2o), Fabrizio Parra (3o) e Paulo Meneses (4o). Na Grand Master, Paulo Meneses não deixou a vitória escapar e garantiu o topo do pódio. O segundo colocado foi Sergio Tadesco, em terceiro ficou Glebson Siqueira e em quarto Marcelo Lima. Bicampeão do circuito SP Contest no SUP, Roger Marques mostrou porque é um dos principais nomes da modalidade no surf paulistano. Paulo Giachetti garantiu a segunda posição, com Tulio Dalpiaz em terceiro e Michel Asfo em quarto.

No pranchão, Asfo levou a melhor sobre Leo Diniz. Atual campeão do SP Contest, Paulo Giachetti obteve o terceiro lugar, seguido por Carlos Diniz em quarto. Mariana Marcele foi a campeã no Feminino e Gabriela Meneses ficou em segundo lugar. Iris Masqueto ficou em terceiro e Maria Eduarda na quarta posição. Neco Carbone venceu a bateria entre convidados, seguido por Ze Paioli (2o), Mauro Rabelé (3o) e Daniel Miranda (4o).
Teve também muito charme no Festival Paulistano de Surf 2015 / Foto Munir El Hage
Para Dadá Nascimento, idealizador e organizador do circuito, o evento cumpriu seu papel. “O nível de surf foi muito bom, tivemos vários atletas de destaque do circuito paulistano. Também fomos prestigiados por grandes nomes do esporte e conseguimos promover uma grande confraternização para fechar o ano em grande estilo”, destaca Nascimento.

O Festival Paulistano de Surf é apresentado pela rede de lojas Surf Trip e incentivado pelo Governo do Estado de São Paulo. Patrocínio InnerWaves e BHS e organizado pela Associação de Surf da Grande São Paulo. Apoio: Garbo Moda Masculina, Golden Tecnologia, Paganini Specialitá Gastronomica e Casa Flora Importadora, prefeitura Municipal de Bertioga e Associação Bertioga de Surf.

Por Nancy Geringer

Nenhum comentário:

Postar um comentário