11 de dezembro de 2015

O Surf nunca foi tão incrível!!

Que a fase do Surf brasileiro, com a Brazilian Storm, é absurdamente boa e só vem melhorando nos últimos tempos todo mundo já sabe. Acontece que nesse exato momento, o Surf de diversas formas vive um momento único em sua história, por uma série de acontecimentos incríveis. Nesse último domingo quem pode acompanhar viu história ser feita na realização do primeiro campeonato de Surf na remada em Jaws, valendo como uma das etapas do campeonato mundial de ondas grandes. Nunca em um campeonato de Surf na remada, viu-se ondas desse tamanho, desafiando os melhores do mundo, que em muitas ondas se deram mal e proporcionaram vacas sinistras. E tudo isso ao vivo, direto do site da WSL. Quem não viu, veja os vídeos das principais ondas e vacas, simplesmente imperdível.
Garrett McNamara de cabeça para baixo, Mark Healey num belo tubo / Fonte AFP
Outro evento que tem grandes chances de rolar nos próximos dias é o famoso e tradicional Quiksilver In Memory of Eddie Aikau. A competição só acontece quando Waimea está realmente grande, com ondas acima dos 20 pés havaianos, cerca de seis metros. De 30 edições do evento, os surfistas só foram para a água em oito delas e a última aconteceu em 2009! Acontece que esse ano tem o famoso fenômeno El Niño, que sempre garante altas ondas para o North Shore, e mais, esse parece ser o El Niño mais potente já registrado!!

Agora vamos falar do principal evento de Surf do ano: Pipe Master, que é a última etapa do WCT. O período de espera abriu no último dia 8 e vai até o dia 20 de dezembro. Acompanhado do El Niño bolado no pedaço, existe a previsão de altas ondas para grande parte do período da competição na mística de Pipeline. Agora, some-se a isso a inédita possibilidade de 6 surfistas lutarem pelo título mundial nessa arena, e 3 deles serem brasileiros!! Como diria Galvão, haja coração!!

Se tudo isso não bastasse, ainda tem o título da tríplice coroa com ótimas possibilidades para Gabriel Medina, 2º colocado até o momento, faltando apenas a etapa de Pipeline, onde foi vice-campeão ano passado. Quem acompanha Surf há muitos anos, nunca viu um final de ano como esse. Quem nunca acompanhou Surf, essa é a melhor hora possível para começar. O Surf nunca foi tão emocionante, e consequência ou não disso, nunca o Surf teve tanta cobertura e foi tão noticiado em diferentes mídias!! Quem ama esse esporte não poderia estar mais animado e ansioso com o desfecho do ano.

Por Caio ComSurf

Nenhum comentário:

Postar um comentário