21 de dezembro de 2015

Medina deixa uma coroa, e traz outra

A época de Gabriel Medina começou da pior forma, em particular se considerarmos que no ano passado sagrou-se campeão mundial de forma brilhante. Mas, o surfista mais completo da atualidade ainda tinha truques na manga, e depois de um final de temporada forte, Medina ainda ameaçou manter o título de campeão do mundo, e acabou por ser peça vital na vitória de Mineirinho, ao afastar Mick Fanning nas semifinais do Pipe Masters.
Gabriel Medina vence a Tríplice Coroa Havaiana 2015 / Foto WSL / Kirstin Scholtz
Se por um lado Medina cedeu a coroa de campeão mundial, leva para casa a Tríplice Coroa havaiana, um título que todos os surfistas ambicionam ter no currículo.

Redação InnerSport

Nenhum comentário:

Postar um comentário