10 de dezembro de 2015

Jack Robinson e Jamie O´Brien garantem Pipe

Confirmando as previsões, a quarta-feira amanheceu com Banzai Pipeline bombando séries de 10-15 pés para a realização do Pipe Invitational no Havaí. A competição reuniu 32 convidados para disputar as duas últimas vagas para o Billabong Pipe Masters em memória a Andy Irons e elas foram vencidas pelo australiano Jack Robinson e pelo havaiano Jamie O´Brien. As condições do mar já estavam bem difíceis pela força do vento, com Robinson ganhando a bateria final com o único tubo que surfou e valeu nota 9,43. O´Brien somou duas na casa dos 4 pontos para superar Mason Ho e o também havaiano Kekoa Cazimero, que durante as semifinais, sofreu uma queda na bancada de corais que machucou o ombro e fez alguns cortes na perna e braço direitos.
Banzai Pipeline / Foto Kirstin Scholtz / WSL
Com o resultado do Pipe Invitational, foram completadas as baterias de quatro dos seis concorrentes ao título mundial do World Surf League Championship Tour 2015. O campeão Jack Robinson, de apenas 17 anos de idade, foi para o quarto confronto da primeira fase, encabeçado por Adriano de Souza e com o taitiano Michel Bourez. E Jamie O´Brien para o do vice-líder do ranking, Filipe Toledo, e do norte-americano Kolohe Andino. Os dois substitutos do contundido Matt Banting (AUS) e do aposentado Fredrick Patacchia (HAV), também já estão escalados.

Um é especialista em Pipeline, Bruce Irons, irmão do tricampeão mundial Andy Irons homenageado nas edições do Billabong Pipe Masters após seu falecimento. Bruce e o também havaiano Sebastian Zietz, que necessita de um bom resultado para permanecer no CT, serão os adversários do líder Mick Fanning. Já o australiano Wade Carmichael, que lidera a Tríplice Coroa Havaiana, foi para a do vice-líder dessa competição especial, o campeão mundial Gabriel Medina, com o havaiano Keanu Asing completando esta terceira bateria.

Por João Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário