16 de dezembro de 2015

Festival Paulistano de Surf tem inscrições gratuitas

Neste fim de semana (19 e 20/12) acontece a segunda edição do Festival Paulistano de Surf na praia da Riviera de São Lourenço, em Bertioga, São Sebastião, com disputas nas categorias Open, Master, Grand Master, Júnior, Feminino, Longboard e Stand Up. O evento tem inscrição gratuita, porém os participantes devem doar alimentos não perecíveis que serão posteriormente destinados a uma instituição de caridade local (ainda não definida). Até esta quarta-feira, os atletas ranqueados no SP Contest tem preferência na inscrição. Para confirmar sua vaga, entre em contato pelo e-mail dadaasgsp@hotmail.com.
Riviera de São Lourenço, Bertioga (SP) recebe o Festival Paulistano e Surf / Foto Sebastian Rojas
Restrito a surfistas da capital e Grande São Paulo, o evento promete ser uma grande confraternização do surf paulistano. “Vamos reunir a nata do esporte no local onde mais gostamos de estar: a praia. Este evento busca resgatar o clima dos antigos festivais, repleto de muita amizade e confraternização”, explica Dadá Nascimento, idealizador do circuito. Sobre as disputas, Nascimento acredita que o show está garantido já que as condições do mar estarão boas no fim de semana. "De acordo com a previsão, no sábado o mar estará menor e domingo tudo indica que irá subir. Então talvez ocorrerá uma alteração no cronograma correndo a Júnior, Feminino, Longboard, Sup e Grand Master no sábado e Open e Master no domingo. É importante que os atletas estejam atentos”, explica. “Há 14 anos realizamos um circuito exclusivo para a galera de São Paulo e o nível só aumenta. Em todas as categorias, temos atletas de destaque em eventos regionais e até mesmo em nível nacional. Fora a tradição que temos em revelar talentos”, ressalta.

Homenagem aos pioneiros - O surfista que estampa o pôster do evento é um ícone do surf paulista, o veterano Chico Paioli. Na foto, ele surfa em 1967, na praia de Pitangueiras, Guarujá (SP), com uma prancha produzida em parceria com seu irmão Zé Paioli, e que inclusive estará na praia para quem quiser conferir um legítimo shape old school. “O Zé realmente foi o artista. Eu tentei ajudar, mas não aguentei o cheiro da resina. Depois, enquanto lixamos os pedaços de farpa entravam na minha pele, pois nossa técnica era totalmente rudimentar. O Zé foi mais forte e aguentou o tranco. Íamos fazendo, errando e aprendendo. Com essa prancha eu apareci na primeira página do Jornal da Tarde, em 1967”, recorda o lendário surfista.

O Festival Paulistano de Surf é apresentado pela rede de lojas Surf Trip e incentivado pelo Governo do Estado de São Paulo. Patrocínio InnerWaves e BHS e organizado pela Associação de Surf da Grande São Paulo. Apoio: Garbo Moda Masculina, Golden Tecnologia, Paganini Specialitá Gastronomica e Casa Flora Importadora, prefeitura Municipal de Bertioga e Associação Bertioga de Surf.

Por Nancy Geringer

Nenhum comentário:

Postar um comentário