10 de novembro de 2015

Mulanovich festeja o 2º título sul-americano da WSL South America

O Maui and Sons Pichilemu Women´s Pro fechou o Qualifying Series feminino pelo segundo ano consecutivo nas ondas pesadas de Punta de Lobos, em Pichilemu, no Chile. Quarenta surfistas de onze países participaram da competição iniciada na última quinta-feira (5/11) e o título mais uma vez foi para o Havaí. Numa final empolgante, a jovem Alessa Quizon, repetiu a vitória conquistada por Dax McGill no ano passado, derrotando a experiente Sofia Mulanovich. A campeã mundial de 2004 perdeu a final, mas festejou seu segundo título sul-americano da WSL South America, garantido com a derrota da também peruana Anali Gomez nas semifinais.
Alessa e Sofia / Foto Luis Barra
"Estou muito agradecida por todo carinho das pessoas aqui no Chile", disse Sofia Mulanovich, que já tinha sido campeã sul-americana da WSL South America em 2012. "Fico muito contente também por ver o crescimento do surf feminino aqui e essa é a ideia, que o nível do surf latino-americano continue em ascensão sempre".

As peruanas formaram o maior pelotão estrangeiro com cinco participantes no Maui and Sons Pichilemu Women´s Pro, abaixo somente das 22 inscritas do Chile. O Brasil, a Austrália, a Argentina e Portugal, foram representados por duas surfistas e por uma os Estados Unidos, Havaí, Espanha, Equador e Costa Rica. A etapa do QS 1500 do Chile também fechava a lista das seis indicadas pelo Qualifying Series para a elite das top-16 da World Surf League, mas o resultado do evento não provocou nenhuma modificação nas primeiras posições do ranking.

Por João Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário