30 de novembro de 2015

Carissa lidera a corrida do título mundial

A líder do ranking, Carissa Moore, foi uma das quatro surfistas que conseguiram vencer duas baterias e já se classificaram para as quartas de final da etapa que decide o título mundial feminino do World Surf League Championship Tour 2015, que ocorreu no domingo, além de ser a única que pode impedir o tricampeonato da havaiana, Courtney Conlogue, que perdeu para a australiana Nikki Van Dijk. Mas, a norte-americana ainda tem uma segunda chance na quarta fase, que ficou para abrir a segunda-feira. As outras que já estão entre as oito finalistas são a australiana Sally Fitzgibbons e a havaiana Alessa Quizon. O Target Maui Pro retorna depois de uma semana de espera, o finalmente foi iniciado com três rodadas completas sendo disputadas em boas ondas de 3-4 pés em Honolua Bay, na ilha de Maui, no Havaí.
Carissa Moore (HAV) / Foto Kelly Cestari / WSL
Alessa Quizon foi um dos destaques do domingo em Honolua Bay. Ela estreou com derrota para a francesa Johanne Defay, mas depois se recuperou de forma brilhante, fazendo os recordes do Target Maui Pro. Infelizmente, ela conseguiu isso na bateria contra a cearense Silvana Lima, que também surfou uma ótima onda e foi a primeira a receber uma nota acima de nove. No entanto, Alessa Quizon surfou três no critério excelente e bateu o 9,10 da brasileira com o 9,20 da sua melhor onda para totalizar 17,73 pontos, contra 15,27 da única brasileira que fazia parte da elite das top-17 da World Surf League. Quizon bateu os recordes que a australiana Tyler Wright tinha registrado duas baterias antes, atingindo 17,20 pontos com notas 8,93 e 8,27 sobre a compatriota Keely Andrew. A derrota de Silvana Lima também marcou a saída do Brasil e da América do Sul do grupo das melhores surfistas do mundo. A cearense até começou bem o ano, recebendo as primeiras notas 10 da temporada na Austrália, mas depois não conseguiu mais bons resultados e não tinha mais chances de classificação no Target Maui Pro.

Depois da vitória sobre Silvana Lima, a havaiana Alessa Quizon ganhou confiança e conquistou a primeira classificação direta para as quartas de final na abertura da terceira fase. Por 15,37 pontos, ela superou a própria Tyler Wright e a norte-americana Lakey Peterson, que terão uma nova chance de continuar na disputa do título em Maui na quarta fase da competição, que ficou para abrir a segunda-feira em Honolua Bay. A segunda batalha por vaga direta para as quartas de final foi 100% havaiana e Carissa Moore foi melhor do que Malia Manuel e Tatiana Weston-Webb.
Alessa Quizon (HAV) / Foto Poullenot / WSL
Carissa lidera a corrida do título mundial e sua única adversária, Courtney Conlogue, tropeçou no confronto seguinte, vencido pela australiana Nikki Van Dijk. Com a passagem da havaiana para as quartas de final, a norte-americana já necessita chegar na grande final do Target Maui Pro para impedir o tricampeonato mundial de Carissa Moore, que será concretizado se ela também passar para a bateria decisiva em Honolua Bay. E uma havaiana será a oponente de Conlogue no terceiro duelo da quarta fase, Coco Ho.

Por João Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário