12 de outubro de 2015

Michael Rodrigues do olho no WCT

No ano passado, Michael Rodrigues, chegou perto da vaga para a elite do surf mundial, o WCT. Nesta temporada, a batalha continua e chegando à “reta final”, ele ocupa a 14ª colocação no ranking mundial Qualifying Series (QS), estando a apenas uma posição da sonhada classificação. O próximo desafio do surfista de 20 anos será no Red Nose Pro 15 Florianópolis SC, que começa no dia 20, na Praia do Santinho. Atual campeão desta etapa, que em 2014 foi realizada na Praia da Joaquina, Michael compete confiante e acredita que pode chegar entre os classificados ainda na “perna brasileira”. A disputa em Floripa reunirá 170 atletas de 24 países, valendo 6 mil pontos ao vencedor, além de US$ 25 mil de prêmio, de um total oferecido de US$ 150 mil. Michael sabe que, por ser “em casa”, é um evento que pode “carimbar” seu acesso entre os melhores do Mundo.
Michael Rodrigues / Foto Kenneth Morris
Fazendo uma autocrítica de sua atuação no Tour, Michael Rodrigues demonstra otimismo com seu desempenho e sabe o que tem de evoluir. “Estou bem, porém existem muitas coisas a serem melhoradas, como trabalhar mais o power surf, por exemplo. Mas acredito que isso é só questão de tempo. Acredito que estamos no caminho certo e não tem conta errada. É só trabalhar forte que o resultado vem”, argumenta. Se for mais um dos brasileiros no WCT em 2016, Michael espera chegar pronto para fazer bonito. “Eu, junto com a Mormaii e toda a equipe de profissionais que cuidam do meu corpo, estou trabalhando forte para ficar bem fisicamente e também super estruturado para essa tão sonhada vaga no Tour. Mas no momento só penso em evoluir, chegando lá, a gente vê o que acontece. Só posso dizer que estou batalhando para chegar 100% preparado”, completa.

Além de Michael Rodrigues, o Red Nose Pro 15 Florianópolis SC contará com os brasileiros que brigam pelas vagas, incluindo os já garantidos, Alex Ribeiro e Caio Ibelli. Também estão confirmados Jessé Mendes, Bino Lopes, Hizunomê Bettero, Thomas Hermes, David do Carmo, Heitor Alves e Deivid Silva. Entre os estrangeiros, estarão o norte-americano Kanoa Igarashi, o australiano Ryan Callinan e os franceses Joan Duru e Maxime Huscenot.

Por Fábio Maradei

Nenhum comentário:

Postar um comentário