16 de outubro de 2015

Ben Borges vence e Lucas embarca para Mentawai

O Circuito ASN Compão foi concluído em Itacoatiara nos dias 10 e 11 de outubro da melhor forma possível, com sol, praia cheia e altas ondas de até 1,5m. Os melhores surfistas de Niterói e da região deram um verdadeiro show de surf nos triângulos do canto da pedra. Na Open o trigêmeo Ben Borges escolheu as duas melhores ondas que entraram e manobrou no crítico para registrar 17,75 de 20 possíveis, o maior somatório de toda competição. Rafael Brasiliense, que atualmente reside da França, está de férias em sua terra natal e surfou muito durante todo campeonato. Ele arrancou 9,65 dos juízes, a maior nota do evento, na primeira rodada, com duas pancadas de backside em uma onda da série. Na final foi o único que conseguiu sair da combinação e terminou em segundo.

Lucas embarca para Mentawaii e João Vitor, Peru / Guilherme Milward
Lucas Chumbinho garantiu o título do ranking ao avançar para a decisão e conquistou os prêmios de 10 dias de hospedagem no Ulau Manua Resort Mentawai na Indonésia, com direito a alimentação e barco, e três diárias de gravação de vídeo em super câmera lenta, com edição de um teaser pela MR Sport Films. Na última bateria do dia ele só encontrou uma boa esquerda em direção a pedra, e ficou precisando de notas altas para reverter o resultado, parando em terceiro. Marco Antonio Cofrinho fez de tudo para manter viva as chances do título do ranking e finalizou em segundo no circuito. No último embate ele também não achou boas ondas e terminou em quarto.

Rafael Mignani pegou um belo tubo em uma esquerda, venceu a Master, e também foi o melhor da temporada. Com isso ele garantiu um final de semana com direito a um acompanhante na Pousada Itamambuca Casa de Praia, em Ubatuba. Eduardo Gonçalves quase reverteu o resultado e chegou em segundo. Junior LaViola ficou em terceiro e o carioca Luiz Menezes foi o quarto. João Vitor Chumbinho, um dos principais nomes da nova geração do Estado do Rio de Janeiro, confirmou o favoritismo, foi o campeão da Mirim e faturou uma passagem para o Peru oferecida pela Avianca e AIT Operadora de Turismo. Rafael Alla ficou em segundo e foi seguido por Danilo de Souza e Daniel Domingos. O campeão do ranking foi o João Vitor Quintanilha de Arraial do Cabo, que somou 2285 pontos.

Ben Borges / Foto Guilherme Milward
Na Junior, o carioca Yuri Fernandes voltou a vencer na ASN. Luca Nolasco teve uma última chance no minuto final e bateu na trave, terminando em segundo. O niteroiense Matheus Rodrigues surfou a melhor onda da final, aplicando três fortes manobras em uma esquerda surfada até a pedra, mas cometeu uma interferência e caiu do primeiro para o terceiro. João Jacques não encontrou boas ondas na decisão e finalizou em quarto, mas com essa colocação ele chegou a 2285 e garantiu o título do ranking. Repetindo a dose da última etapa da nova geração, Bernardo Ribeiro também venceu a Iniciante no circuito principal. Uma das promessas do surfe niteroiense, Danilo de Souza ficou em segundo e garantiu a melhor pontuação do ano. Vitor Brígido foi o terceiro e Kauai Pinheiro terminou em quarto. O ranking completo de todas as categorias pode ser consultado no site da associação através do link (http://asn.org.br/ranking-2015/).

Por João José Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário