.

.

31 de janeiro de 2015

Inscrições abertas ao Circuito Catarinense de Surf AM 2015

A Federação Catarinense de Surf está com tudo pronto para a tradicional etapa do Circuito Catarinense de Surf Amador 2015 marcada para os dias 30, 31 e 01 de fevereiro, na Praia da Saudade, “Prainha”, na cidade de São Francisco do Sul, litoral norte do estado.
As disputas serão nas categorias Open (aberta), Junior (até 18 anos), Mirim (até 16 anos), Iniciantes (até 14 anos), Infantil (até 12 anos), Feminina (aberta), Máster (acima de 35 anos), Deficientes Auditivos (aberta), e a novidade para 2015, a inclusão no circuito da categoria Kahuna, para atletas com idade acima de 45 anos. “Este circuito passa pelas principais praias do estado e é considerado um dos melhores e mais competitivos do país, responsável pela formação dos principais surfistas catarinenses, que hoje se destacam mundo a fora, representando com muito orgulho a bandeira de Santa Catarina”, destacou Fred Leite, Presidente da Fecasurf.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas na Fecasurf pelo fone (48) 3025-1880 ou pelo email fecasurf@fecasurf.com.br enviando o nome completo, o fone de contato e a categoria que deseja competir.  A inscrição será confirmada somente para quem estiver em dia com a filiação 2015 da Fecasurf.

Por Norton Evaldt

30 de janeiro de 2015

Tiago Lemos é o melhor amador de 2014

Aconteceu na última segunda-feira, 26 de janeiro, a premiação do Troféu CemporcentoSKATE, realizado no Cine Olido, na capital paulista. O evento coroou os melhores de 2014 e o skatista Tiago Lemos levou para casa o título de "Melhor Amador do Ano".
Tiago fez uma excelente campanha no ano passado. Venceu o "Cash On The Table" na Agenda Trade Show, em Long Beach, CA. Fez ainda um tour pelos Estados Unidos e Barcelona. Para começar 2015 ainda melhor, o atleta embarca essa semana para Dubai com a Brain Farm, onde participa das filmagens de um longa metragem.

Por Daniela Vinci

Catarinenses a postos ao Rip Curl Grom Search 2015

Com a disputa realizada em Garopaba, os surfistas catarinenses aparecem como destaques na abertura do 16º Rip Curl Grom Search, principal campeonato de surf no País para jovens talentos com até 16 anos de idade, nos próximos dias 7 e 8, na Praia da Ferrugem. Pelo menos 12 talentos de Santa Catarina estão entre os cotados nas quatro categorias do evento, a grommet (até 12 anos), a iniciante (no máximo 14 anos) e a mirim e feminina (ambas com limite de 16 anos). Entre eles, estará Tainá Hinckel, que além da vitória entre as meninas, competirá na grommet, enfrentando o sexo oposto. A surfista da Guarda do Embaú diz já estar acostumada a essa situação. “É bom, porque sempre vou melhorando o meu surf. Quero competir bem na grommet e também na feminina”, afirma a atleta.
Ricardo dos Santos em 2006 no Rip Curl Grom Search / Foto Marcos Ignácio
Na iniciante há a maior participação. Lucas Vicente já foi vice-campeão do Rip Curl Grom Search e retorna como um dos principais nomes. O surfista de Florianópolis é bicampeão catarinense infantil. A lista também conta com Guilherme Marques, de Balneário Camboriú, Swell Henrique, da Guarda do Embaú, Walley Guimarães, de Itajaí, Wallace Vasco, outro talento de Floripa, e os irmãos Vinicius (atual campeão estadual infantil) e Leonardo Barcelos, de Imbituba, que ano passado terminaram empatados em quarto lugar no ranking final da inciante no Grom Search.

Entre os mais velhos, aparecem João Godoy, de Florianópolis, dono do título catarinense da iniciante em 2014, Luan Piazera, de Balneário Camboriú, Anderson Júnior e Giovanne Picaski, ambos de Imbituba e já “velhos conhecidos” no Rip Curl Grom Search. “São nomes fortes, com chances de brigar pelos títulos e até representar o Brasil na final internacional do evento”, afirma o presidente da Fecasurf, Fred Leite.

Desde que o Rip Curl Grom Search ganhou status de Circuito, em 2004 (antes eram feitas etapas isoladas), os surfistas de Santa Catarina já comemoraram seis títulos. Na edição inicial do novo formato Giancarlo Zampieri faturou a mirim. Em 2007, foi a vez de Gabriel Leite garantir o caneco com 100% de aproveitamento. Gustavo Ribeiro foi o melhor da iniciante em 2012 e no ano seguinte, os catarinenses dominaram, com três títulos, dois deles com a revelação Mateus Herdy, na grommet e na iniciante, e Gustavo Ramos sendo o melhor da mirim (representando o Brasil na final internacional de 2014). A superioridade foi tamanha que os atletas de Santa Catarina também ficaram com os vices. Ian Tavares foi o segundo na mirim, enquanto que Lucas Vicente, a exemplo de Mateus Herdy, chegou nos outros dois pódios, terminando com o mesmo número de pontos do campeão na iniciante.
Gustavo Ramos / Foto Divulgação
Na trajetória do Circuito, outros surfistas catarinenses se destacaram, como Alejo Muniz, que até ano passado integrava a elite mundial do WCT, sendo o terceiro em 2006. E foi naquele mesmo ano que Ricardo dos Santos deu um show na etapa inicial, na Praia Brava, em Floripa. Na ocasião, Ricardinho fez uma apresentação perfeita. Já na semifinal garantiu a pontuação máxima, um fato muito difícil de acontecer, com dois tubos nota 10, e depois, na decisão, novamente entubou para vencer. O Rip Curl Grom Search terá duas etapas este ano, com a final nos dias 7 e 8 de março, na Praia do Tombo, em Guarujá. Os campeões da mirim e da feminina garantem vagas para representar o Brasil na final internacional em 2016. Todos os detalhes do evento no site www.ripcurl.com.br, que também transmitirá, ao vivo, todas as disputas.

Fonte FMA Notícias

29 de janeiro de 2015

Fontes lidera a Copa do Mundo de Vela

Na última segunda-feira (26), Bruno Fontes comprovou o seu excelente momento. Ele abriu as disputas da Copa do Mundo de Vela em Miami com a liderança da competição após as duas regatas iniciais. Em condições de vento forte, o velejador brasileiro venceu a primeira regata do dia e conseguiu um terceiro na segunda, somando quatro pontos perdidos, dois a menos do que Robert Scheidt (2º colocado) e três à frente do britânico Nick Thompson (3º colocado). “Primeiro dia foi muito bom. Vento forte e eu consegui me achar muito bem nas regatas. Velejei bem e aproveitei as condições. No entanto, isso é só o começo. Temos mais cinco dias de regatas pela frente e não tem nada definido ainda”, disse Bruno Fontes,
Após o título brasileiro, conquistado na última sexta-feira, no Rio de Janeiro, Bruno embarcou na sequência para Miami e não teve muito tempo para treinar na raia de Biscayne Bay. Porém, a competição nacional serviu de base para Bruno, pois muitos velejadores de peso do cenário internacional compareceram à Baía de Guanabara na última semana.

“Apesar de ter tido pouco tempo para treinar aqui na raia eu tive uma prova de fogo pela frente. O brasileiro contou com velejadores de muita qualidade e foi uma ótima base para a Copa do Mundo. Além disso, eu conheço bem as condições de Miami. Espero seguir nesse caminho e conquistar um bom resultado aqui, que é o meu grande objetivo”, encerrou Bruno.

Com 120 velejadores na flotilha a classe Laser é uma das mais disputadas. O campeonato segue o formato olímpico, com dez regatas. A primeira fase será composta por quatro regatas e a fase final acontece com mais seis disputas. Os dez melhores velejadores se classificam para a disputa da Medal Race

Classificação após duas regatas:
1º Bruno Fontes (BRA) – 4pp
2º Robert Scheidt (BRA) – 6pp
3º Nick Thompson (GBR) – 7pp
4º Nicholas Heiner (HOL) – 8pp
5º Alex Mills-Barton (GBR) – 12pp
6º Matthew Weam (AUS) – 14pp
7º Tom Ramshaw (CAN) – 17pp
8º Karl-Martin Ramno – 20pp
9º Julio Alsogaray (ARG) – 23pp
10º Charlie Buckingham (EUA) – 25pp
 
Por Danilo Caboclo

Inscrições abertas no Huanchaco Longboard Pro

O prazo das inscrições para os cabeças de chave do Huanchaco Repalsa Longboard Pro apresentado pela Vivo e Samsung acabou no dia 20, mas elas seguem abertas para os outros competidores até o dia 11 de fevereiro para as categorias masculina e feminina da primeira etapa do calendário da WSL South America em 2015. Os atletas podem confirmar suas participações até a véspera da sexta edição do evento, que será realizada entre os dias 12 a 14 de fevereiro na Playa El Elio de Huanchaco, em La Libertad, Peru. No ano passado, as meninas competiram pela primeira vez e a brasileira Atalanta Batista festejou o primeiro título sul-americano feminino de longboard profissional da história. Já o peruano Piccolo Clemente repetiu sua vitória de 2011 no bicampeonato conquistado na decisão de campeões mundiais contra o brasileiro Phil Rajzman.
Melhor longboarder do mundo em 2013, Piccolo compete em casa e conhece muito bem as ondas de El Elio. Ele foi finalista em quatro das cinco etapas já realizadas, sempre enfrentando brasileiros nas finais. Perdeu a primeira em 2010 para Rodrigo Sphaier, ganhou a de 2011 contra Danilo Rodrigo, voltou a ser derrotado em 2012 por Jeferson da Silva, mas no ano passado faturou seu segundo título contra Phil Rajzman. Curiosamente, Piccolo Clemente só não foi finalista em Huanchaco na temporada que conquistou o título mundial na China.

"Este evento é muito importante para mim e também para os novos competidores do Peru, pois eles podem se qualificar para o WLT (World Longboard Tour), onde eu estou. Para mim, é importante para manter o nível de competição e o contato com os outros competidores internacionais", disse Piccolo Clemente. "Eu sei que estão vindo grandes nomes e o nível será muito alto, mas já estou fazendo um treinamento especial com o Renato Quezada para o evento e espero ganhar de novo".
O peruano Piccolo Clemente também destaca o crescimento da modalidade no Peru com a realização do Huanchaco Repalsa Longboard Pro. "Outros surfistas daqui estão com um nível muito bom e a prova disso foi o resultado do Fernando Rodriguez no ano passado (5.o lugar), que demonstrou ter as qualidades do longboarder clássico, que é o que os juízes querem ver agora. Eu sei que o evento será um sucesso".

O brasileiro Phil Rajzman, campeão mundial de 2007, é uma das estrelas já confirmadas para prestigiar o evento mais uma vez. Ele foi finalista em Huanchaco nos dois últimos anos, mas ainda não conseguiu o seu primeiro título sul-americano no Peru. Em 2013, perdeu a decisão para Rodrigo Sphaier e em 2014 para Piccolo Clemente. Também no ano passado foi vice-campeão mundial na final contra o australiano Harley Ingleby na China. Com muita técnica e estilo, Rajzman tem um impressionante arsenal de manobras clássicas e progressivas que vem se encaixando bem nas ondas da playa El Elio.
O norte-americano Tony Silvagni é outra grande atração internacional deste ano no Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru 2015 apresentado pela Claro e Samsung. Ele só competiu no Peru em 2013 e foi até a semifinal contra Phil Rajzman. Já o contingente local vem crescendo a cada ano e, além de Piccolo Clemente, já está confirmada a participação de Fernando Rodriguez, Juan José Corzo, Joel Ucañan, Jean Pierre Saldaña, Walter Blas, Jorge Vilchez, Lucas Garrido Lecca, Willian Saldaña, entre outros.

Reconhecido como Reserva Mundial de Surf em 2013, Huanchaco oferece uma das ondas mais constantes do litoral do Peru. A praia El Elio é um pico predominante de esquerdas que quebram sobre um fundo de pedras com ocasionais bancos de areia para os melhores do mundo mostrarem sua versatilidade e adaptabilidade nas longas paredes do norte do Peru. O Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru 2015 apresentado pela Claro e Samsung é patrocinado pela Maltin Power, Prefeitura Municipal de Huanchaco, Câmara de Turismo de Huanchaco, Omega, Kapricornio e Bloqueadores Bahia, com apoio da Sider Peru, Cementos Pacasmayo e Jornal Libero.
Nos últimos 4 anos, a etapa de Huanchaco foi a única da modalidade realizada na América do Sul e definia o campeão sul-americano, bem como as vagas para disputar o título mundial de Longboard. Agora em 2015, os dois classificados das categorias masculina e feminina e os campeões da WSL South America serão decididos em duas etapas. A novidade é o Rip Curl Longboard Pro, que também acontecerá no Peru, entre os dias 24 e 26 de julho no balneário de San Bartolo, mais próximo da capital Lima. As duas provas oferecem premiação de US$ 10 mil para os homens e US$ 2,5 mil para as mulheres, com ambas valendo 1.000 pontos para o ranking do WSL South America Longboard Series 2015.

Por Andres Touzet Cortes / Fotos Renato Moreno/Olas Norte

28 de janeiro de 2015

Bruna Schmitz e a Roxy

A paranaense Bruna Schmitz completa este mês, 10 anos de Roxy. A atleta assinou seu primeiro contrato com a marca em 2005, aos 15 anos de idade. Pouco tempo depois, tornou-se a mais jovem surfista brasileira se profissionalizar no país. Hoje, Bruna mora em Los Angeles e faz parte do time internacional da Roxy, o que rendeu a ela ter sua imagem estampada em campanhas da marca em todo o mundo. “Estou muito feliz na Roxy. Acho que poucos atletas ficam tanto tempo em uma mesma marca, mas acredito que só assim é possível criar uma relação. Eu me identifico muito com a Roxy, conheço todos da marca, gosto das coleções e dessa forma, faço meu trabalho com muito mais prazer”, comentou Bruna.
Foto Arquivo Pessoal
Nestes dez anos, Schmitz conquistou títulos e subiu ao pódio em diversas competições no Brasil, antes de seguir para disputas no circuito mundial. “Eu só posso agradecer a Roxy que apostou em mim quando eu ainda era amadora. Esse era o time do qual eu sempre quis fazer parte e eles sempre acreditaram em mim”, disse.

O primeiro grande resultado veio em 2008, quando a paranaense conseguiu a classificação para competir entre as melhores do mundo o WCT, onde permaneceu por duas temporadas. O trabalho desempenhado com a Roxy no Brasil, levou a um convite para que Bruninha passasse a integrar o time internacional da marca, e a mudança para os Estados Unidos se fez necessária. “Para mim, morar fora só agregou à minha carreira. Sou de Matinhos, uma pequena cidade no litoral do Paraná. Cada viagem que eu fazia, precisava ir primeiro para Curitiba, depois São Paulo e só aí começava a viagem. Hoje moro e treino todos os dias em Hermosa Beach, que é muito próximo ao aeroporto de Los Angeles. Minha vida ficou muito mais prática”, comentou a surfista, que já está no seu 5º passaporte.
Foto divulgação
O rosto da brasileira está em anúncios, vitrines e outdoors em lugares como Nova York, Londres, Sidney, Paris, Tóquio e Barcelona. “Graças a Roxy, estive em lugares que eu nunca poderia conhecer. Fotografei para campanhas desde no frio congelante do Alaska, até um paraíso de verão chamado Ilhas Cook, na Polinésia”. Quando questionada sobre seu futuro, a surfista é enfática, “Quero continuar por mais dez anos na Roxy e seguir fazendo meu trabalho. Hoje já não participo mais de tantas competições, tenho me dedicado mais as fotos e filmagens sempre surfando ondas perfeitas pelo mundo. É isso que quero pra mim. Amo minha vida”.

Por Karol Lopes

Abrantes e Maira avançam no Estadual de Bodyboard RJ

A cidade de São João da Barra, litoral norte fluminense, abriu pelo oitavo ano consecutivo o Circuito Estadual de Bodyboard do Rio de Janeiro. O evento inaugural aconteceu na Praia de Grussaí reunindo atletas do estado, além de capixabas e paranaenses. E quem comemorou o título nas principais categorias foram os vizinhos do Espírito Santo Maira Viana e Erisberto Abrantes, na etapa que também valeu pontos para o Circuito Regional UBCS.
Erisberto Abrantes comemorou o título
Retornando as competições após alguns anos de ausência dos circuitos, o capixaba Erisberto Abrantes mostrou que está em dia com as ondas e superou fortes adversários na Profissional Masculino. Na final, Beto Abrantes achou as melhores ondas para superar Israel Eduardo, de Rio das Ostras. Em 3º lugar ficaram os atletas Lúcio Santana, local da casa, e Ailton Neto, de Campos.

Já na Profissional Feminino a top do Circuito Mundial Maira Viana começou o ano bem vencendo a carioca Nicole Calheiros na decisão. Yumi Vasconcellos, que estreou como profissional, acabou em 3º lugar, assim como a pentacampeã mundial Neymara Carvalho. Na Open Masculino, o atleta de Rio das Ostras, Brenner Santos, dominou a final, deixando para trás o local Marcos Souza (2º). Em terceiro ficou Thiago Barros, de Macaé, e em quarto Gustavo Barreto, também de São João da Barra.
Israel Eduardo foi o vice-campeão da etapa
Victória Moraes, de Rio das Ostras, começou bem a temporada 2015 e na estreia venceu a categoria Open Feminino, ao lado de sua conterrânea Bruna Fortini, vice-campeã. Janiara Alves, de Campos, ficou em 3º e Nivea Borghi, do Espírito Santo, foi a quarta. Fechando a competição, o paranaense Igor Matozo levou o título na Sub-16. Luan Tavares, de Macaé, terminou em segundo, seguido por João Oliveira, do Espírito Santo, e Gabriel Elizeu, de São João da Barra.

Por Danilo Caboclo / Fotos SK Produções

Baiano conquista bronze em competição na neve

O esquiador baiano Nathan Alborghetti , de 15 anos, garantiu uma medalha de bronze ao conquistar na última terçaf-feira (27) o terceiro lugar na prova de Slalom Gigante no Trofeu Borrufa, em Andorra. Considerada uma das mais importantes competições de esqui alpino para atletas de até 16 anos, a disputa reúne mais de 230 atletas de 37 países.
Essa  é a 3ª participação do brasileiro. Em 2012 garantiu um bronze em sua estreia no Trofeu Borrufa. Em 2013, o esquiador conquistou três medalhas inéditas para o país e ano passado, terminou em sexto lugar ao competir com uma lesão em uma das mãos. “Estou muito feliz por ganhar essa medalha. Treinei muito nas útlimas semanas em Kronplatz, na Itália, e cheguei aqui muito determinado. Estou comemorando agora, mas amanhã já terei outro desafio”, afirma o atleta que vive em Salvador, na Bahia.

Nathan Alborghetti disputará as provas de esqui alpino Super Combinada e Super G nos próximos dois dias.

Por Michele Barcena / Foto Divulgação

Amigo Skate chega em São Caetano do Sul

Entre os dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro acontecerão diversas ações culturais de férias no complexo da Estação Jovem, em São Caetano do Sul, com oficinas gratuitas e recomendadas para todas as idades. Logo no primeiro dia de evento (31.01) acontecem os trabalhos com a oficina de fotografia de Ricardo Kafka (Estúdio Fotográfka) e convidados. Serão seis (6) horas de aula teórica. Já no segundo dia (01.02) a oficina de fotografia continua, só que desta vez com mais seis (6) horas de aula prática. "Essas oficinas darão a possibilidade dos inscritos terem experiências de campo. As oficinas estão abertas para todas as idades", explica Alessandro McGregor, idealizador do evento.
A leitura lúdica do livro infantil "Amigo Skate" ficará por conta da pedagoga Leila Vieira Dos Santos, da ONG Social Skate. Haverá oficina de skate ministrada por Nadox e Sandro Soares "Testinha", presidente da ONG. Na ocasião o autor do livro, Alessandro Carvalho, fará uma doação de alguns exemplares para a biblioteca da Estação Jovem. 

O livro conta a historia de Alex, uma criança com problemas de relacionamento que encontra no skate um amigo, fazendo do “brinquedo” uma ferramenta de inserção social, influenciando no seu crescimento educacional e profissional. É escrito pelo skatista profissional e editor de conteúdo Alessandro McGregor e ilustrado pelo artista e também skatista Kleber Moraes

E não para por aí, o público poderá prestigiar a apresentação dos skatistas do Mapa da Mídia e convidados que farão uma demonstração no local. Também haverá grafitti com o artista Rafael Cassaro e shapes customizados com Ratónes . Tudo ao som do DJ Will Skt.
Para se cadastrar é necessário enviar um e-mail para juventude@saocaetanodosul.sp.gov.br com cópia para alessandromcgregor@hotmail.com . O e-mail deve ter o titulo "Oficina de Fotografia" e no corpo da mensagem as seguintes informações: nome, idade, cidade, RG, fone.

Redação InnerSport

Rony Gomes se prepara para o Vertical e MegaRampa

O skatista Rony Gomes esteve no Rio de Janeiro (RJ) neste último fim de semana para disputar a primeira etapa do Mundial de Bowl, no Parque de Madureira. Depois de uma boa apresentação na bateria eliminatória, na sexta-feira (23), Rony se classificou em quarto lugar para a semifinal. Sem conseguir acertar a sua melhor volta no sábado (24), o paulista se despediu da competição, mas ficou feliz com o resultado e por poder se divertir ao lado dos amigos mais uma vez. O vencedor da etapa foi o pentacampeão mundial da modalidade Pedro Barros.
Rony em Madureira / Foto André Magarão
"Mesmo gostando muito de andar no bowl, essa não é a minha especialidade. Fiz um campeonato muito bom, acertei boas manobras e fiz uma volta irada na eliminatória. Isso já me deixa muito feliz. É uma modalidade que eu quero evoluir, mas minhas prioridades continuam sendo o vertical e a megarampa. Agora é voltar para casa e trabalhar duro para essa temporada", comentou o skatista de 23 anos de idade.

Nem todas as competições estão com seus calendários definidos, mas para o primeiro semestre de 2015 Rony já tem três compromissos definidos. O primeiro deles é na Suécia, no Vert Atack entre os dias 12 e 15 de março. Em abril, o desafio é no já tradicional Kia World Extreme Games, na China, entre os dias 28 de abril e 3 de maio. O também tradicional X Games, acontecerá entre os dias 4 e 7 de junho, nos Estados Unidos.

Por Caio Scafuro

27 de janeiro de 2015

Primeiro Xtreme de 2015 acontece em Águas de São Pedro

A maior corrida de obstáculos do país, a Xtreme Race, terá sua primeira edição de 2015 na cidade de Águas de São Pedro. A estância turística localizada no interior paulista já recebeu uma edição do evento e agora se prepara para uma prova especial.
Com um novo percurso, reformulado e com obstáculos inéditos, a Xtreme Race Obstacles Águas de São Pedro aposta no grande público, formado desde adolescentes até idosos, que tenham diferentes tipos de condicionamento físico.

“Nosso objetivo é desenvolver um evento que possa ser concluído pela grande maioria dos participantes. Os desafios mais difíceis estarão presentes, assim como a necessidade de superação individual, mas de uma forma bastante democrática”, explica Maurício Fragata, um dos organizadores da Xtreme Race.
O percurso em Águas de São Pedro terá 8km e 16 obstáculos. Dois deles serão mantidos em segredo até o dia da prova, mas a organização informa que água, lama, corda e terra farão parte do desafio. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site: www.xtremerace.com.br

Por Michele Barcena / Fotos J.Mantovani

26 de janeiro de 2015

Tiago Braga vence a Opem no Tramandaí Surf Festival

A Praia de Tramandaí foi marcada pelo inicio da disputa do circuito Gaúcho de Surf Amador 2015. O Tramandaí Surf Festival, que é apresentado pela Nalu Surf Boards, foi um verdadeiro espetáculo, com manobras de tirar o fôlego do público de beira de praia. Ao todo 172 surfista mostraram arrojo nas boas ondas junto a Plataforma de Pesca na Capital das Praias do Rio Grande do Sul. O grande campeão na categoria Open foi Tiago Braga, que somou 15,75 pontos em suas duas melhores ondas na bateria final. A segunda colocação ficou com Josias Pedrinha, que somou 15,00, enquanto Mauricio Nunes obteve 11,85 pontos e Ipojucã Chaves atingiu 10,90. “Estou muito feliz, além de ter fechado patrocínios, consegui chegar e vencer a etapa. Me sinto em casa, aqui todos competem mas torcem por mim, pois tenho muitos amigos em Tramandaí. Dedico esta vitória a minha família e a todos que estão sempre me apoiando. Agora é treinar e focar nas próximas etapas, quero evoluir meu surf cada vez mais”, destacou o campeão.
Pódio OPen / Foto Harleyson Almeida
O atleta Gustavo Borges foi o melhor na categoria Júnior com 14,10 pontos, superando Luy Arman que obteve 10,80 pontos, seguido por Thiago Stocker (8,65) e Lucas Machado (6,70). Na categoria Longboard o campeão foi Carlos Amaral com 10,25 pontos, enquanto João D`Avila atingiu 8,80 pontos, seguido por André Gajko (7,05) e Edson Almeida (5,15). Peterson Marchesi mostrou quem é o melhor da categoria Local somando 12,15 pontos, ficando à frente de Josias Pedrinha (11,00), Cristiano Dias (6,90) e Tiago Bona (6,55). Na categoria Master o melhor foi Flávio Jardim com 12,35 pontos, seguido por Humberto Rocha (12,00), Marcio Midon (9,15) e Fernando Cafrune (5,00).

Gustavo Borges (9,25) mostrou que não estava para brincadeira e levou a melhor também na categoria Mirim derrotando o catarinense André Esmeraldino (8,00), Vinicius Schroeder (2,60) e Willian Matheus (2,55). Entre os atletas que disputam a categoria Sênior o melhor foi Iuri Silva com 13,75 pontos, seguido por Mauricio Nunes (12,35), Tiago Braga (11,50) e Felipe de Paula (9,0).
Kaique Garcia / Foto Harleyson Almeida
Na Sup Wave o melhor na competição foi Jeferson Comaru com 10,50 pontos, superando Luis Saraiva que obteve 9,15 pontos, Leonardo Hasun (5,90) e Daniel Rocha (5,40). Entre as mulheres, Brenda Rodrigues confirmou o favoritismo e conquistou a etapa somando 10,50 pontos, enquanto Manu Ronnau obteve 6,30, Yasmin Dias 4,75 e Lua Arnold totalizou 2,40 pontos.

O melhor Iniciante foi Quesllon Elz com 7,10 pontos, seguido por Kaique Garcia (5,90), Pedro Sturza (4,05) e Miguel Couto (3,40). O campeão da categoria ASPOA, que tem representantes apenas de Porto Alegre, foi Tomas Ferreira com 10,25 pontos, seguido por Nezilmo Pereira (6,85), Marcio Abreu (6,60) e Marcelo Pasqualotto (4,55). Entre os Grommets quem levou a melhor foi o torrense Kaique Garcia, que somou 4,65, enquanto Miguel Couto obteve 2,0, Yasmin Dias totalizou 1,95 e Victor Midin atingiu 1,70.
Foto Harleyson Almeida
O diretor de Prova, Jéferson Rabassa, o Pica-Pau, destacou que o número de atletas inscritos comprovam a qualidade da competição. “Tenho que agradecer os 122 surfistas que totalizaram 172 inscritos nas 12 categorias, estabelecendo assim o novo recorde de inscritos em uma etapa de Gaúcho Amador. Estamos muito felizes com esta marca, só temos a agradecer a cada um que confiou e veio disputar a competição, mostrando que estamos no caminho certo”, finalizou.

Todos os detalhes de cada uma das baterias podem serem conferidos no site http://surfpro.com.br/2015/fgs/amd01/indextri.htm.

Por  Gabriel de Mello

Cauã Costa no quintal de casa

O pequeno Cauã Costa de apenas 11 anos já tem muitos títulos em sua precoce carreira, onde venceu praticamente todas as competições que disputou para atletas em sua categoria.
Foto Lima Jr.
O atleta da praia do Icaraí que tem o apoio total do seu pai Neto Negão, é uma das grandes promessas do surf brasileiro. Confira o vídeo com algumas imagens registradas no seu quintal de casa.

Por Lima Jr.

Bruno Fontes conquista o hexacampeonato

A temporada de 2015 não poderia começar de melhor maneira para o velejador Bruno Fontes. Após quatro dias brigando pela liderança do Campeonato Brasileiro, Fontes enfim assumiu o primeiro lugar, já no último dia de competições, e comemorou o hexacampeonato nacional na Baía de Guanabara. A conquista teve um gosto ainda maior, pois estavam competindo com Bruno alguns dos principais nomes do ranking mundial, como o atual campeão europeu Tonci Stipanovic (CRO), o medalhista olímpico Pavlos Kontides (CYP) e o francês Jean Baptiste Bernaz.
“Foi uma conquista e tanto para começar o ano. Em 2014 não consegui os resultados que gostaria e apesar de não ter feito uma temporada ruim estava precisando de um título como esse para ganhar ainda mais confiança. Vencer um evento contra alguns dos melhores do mundo eleva o moral e mostra que estamos no caminho certo dentro do ciclo olímpico. Além disso, vencer na Baía de Guanabara, onde acontecerão os Jogos de 2016 é bastante motivador”, disse Bruno Fontes.
Com um terceiro lugar na penúltima regata, Fontes conseguiu tirar a vantagem para os adversários e com o descarte na última disputa da competição acabou comemorando seu sexto título brasileiro. Após o título, Bruno Fontes não teve muito tempo para comemorar, pois já nessa sexta-feira embarcou para Miami, onde entre os dias 26 e 31 acontece a etapa da Copa do Mundo de Vela.

“Foi tudo muito rápido. Mais foi muito bom ter ganho esse título. Sair do Brasil como campeão dá uma motivação a mais para Miami. Quero manter o bom rendimento que venho tendo por lá ao longo dos últimos anos”, explica Bruno Fontes, que nas últimas edições têm sempre ocupado um lugar entre os top-5 na etapa.

Classificação após dez regatas com dois descartes:
1º Bruno Fontes (BRA) – 17pp
2º Tonci Stipanovic (CRO) – 31pp
3º Pavlos Kontides (CYP) – 32pp
4º Kacper Zieminski (POL) – 34pp
5º Filip Jurisic (CRO) – 39pp
6º João Pedro Oliveira (BRA) – 47pp
7º Alex Veeren (BRA) – 52pp
8º Jean Baptiste Bernaz (FRA) – 68pp
9º Gustavo Nascimento (BRA) – 73pp
10º Andreas Perdicaris (GRE) – 76pp

Por Danilo Caboclo

Policial lamenta morte

Responsável por tirar a vida de Ricardo dos Santos, o policial militar Luis Paulo Mota Brentano se manifestou publicamente pela primeira vez desde que cometeu o crime na última segunda-feira (20/1), na Guarda do Embaú (SC). Em nota divulgada pelo advogado Leandro Gornicki Nunes na tarde do último domingo, Brentano lamentou a morte de Ricardinho e desejou força aos familiares. O policial reafirmou que agiu em legítima defesa e que espera que a apuração dos fatos não seja prejudicada pela grande comoção social.
"Por meio desta, venho me manifestar publicamente a respeito da situação que envolveu Ricardo dos Santos, afirmando que lamento sinceramente e profundamente o ocorrido, desejando muita força e serenidade aos familiares e amigos dele e de minha pessoa, pois tenho certeza que estão sofrendo muito.

No entanto, registro que, de fato, agi em legitima defesa própria e de meu irmão menor, cujas provas serão oportunamente produzidas, esperando que a apuração dos fatos não seja prejudicada pela grande comoção social. Esclareço que, desde o primeiro momento, colaborei com a apuração dos fatos, dispondo-me à realização dos exames e esclarecimentos necessários, além de relatar tudo aos meus superiores hierárquicos, prontamente.

Aqueles que me conhecem e já trabalharam comigo sabem que eu jamais iria disparar contra uma pessoa, a não ser em defesa própria ou de terceiros. E àquelas pessoas que não me conhecem, rogo que tenham cautela e prudência ao me PRÉ-julgarem."

Acusado de tortura Poucas horas depois da nota, o programa Fantástico, da Globo, exibiu uma reportagem em que o policial é acusado de ter torturado um rapaz em Joinville, em maio de 2014. O episódio teria acontecido em uma partida de futebol. A vítima estaria gravando a movimentação de torcedores perto do estádio e isso, segundo a denúncia, teria sido o motivo para irritar o policial. A mãe do jovem mostrou imagens de hematomas supostamente provocados pela tortura.

Segundo ela, enquanto o policial estava com o rapaz, ele fez menções ao nazismo: “Agora você vai ver o que acontecia na época do Hittler. Eu vou fazer exatamente o que ele fazia”, teria dito Brentano. Por causa da denúncia de tortura, o Ministério Público recomendou ao 8º Batalhão da Polícia Militar, em Joinville, onde Brentano é lotado, que o policial fosse transferido para serviços administrativos. O comando da PM afirma que seguiu a orientação, transferido o soldado para o setor de inteligência da corporação.

O coronel Paulo Henrique Hemm, comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, disse ao Fantástico que um processo administrativo foi aberto contra Brentano pela morte de Ricardinho. Segundo o coronel, a expulsão do soldado da corporação já está definida. O caso está sendo investigado também pela Polícia Civil. O advogado de Brentano, Gilson Schelbauer, alega que o cliente agiu em legítima defesa.

Fonte Diário Catarinense

Inscrições abertas ao 2º Caraguasup Folia 2015

Prepare a sua fantasia e venha participar do 2º Caraguasup Folia 2015, que se encontra com as inscrições abertas desde o dia 20 de dezembro. O evento acontece no dia 8 de fevereiro e para participar basta pagar uma taxa de R$ 5,00 mais um pacote de fralda geriátrica. Mais informações: produtora2011@uol.com.br - contato: (13) 3878-0390 / (13) 78235818 id 662*1843.
Os organizadores esse ano vão premiar a fantasia mais original e criativa com um Stand Up para cada categoria: feminina e masculina. Vale lembrar que a premiação da prancha será somente para os remadores que participarem do passeio e fantasiados. O 2º Caraguasup Folia 2015 terá sorteio de brindes, mesa de frutas com Beto Arts, além de uma equipe que estará preparada para receber o Projeto praia Acessível. "Nossa intenção quando criamos o Caraguasup foi unir esportistas e turistas para promover a diversão, lazer e difundir ainda mais a prática do SUP", explicou uma das organizadoras a produtora Sayonara

Para outro organizador do 2º Caraguasup Folia 2015, Marcos Karioca, o esporte vai além."Esporte une, gera respeito, disciplina e é reconhecido como formador de cidadãos, além da inclusão social que é uma realidade", finaliza Karioca. Percurso: os remadores partirão da Prainha e seguirão em conjunto ao redor de uma área demarcada pelos organizadores. Ao final irão participar de um banquete com muitas frutas preparadas pelo artista Beto Arts. O final do evento será um Carnaval ao som da Banda Jacaré.

O 2º Caraguasup Folia 2015 tem o apoio da Prefeitura Municipal; Secretária de Turismo e Esportes; Tom Poll Fábrica de Pranchas e Clube Ilha Morena; Som e Locução Marcos Mattos.

Cronograma
8h30 orientações  
9h30 largada/mar  
10h30 entrega de brindes  
11h concurso de fantasias  
12h Entrega de Premiação das 2 melhores fantasias.

Redação InnerSport

25 de janeiro de 2015

Rugby é destaque em Copacabana

Aproximadamente 450 atletas de 32 equipes participam da 10ª edição do torneio nas categorias Adulto Masculino, Adulto Feminino e Juvenil Masculino.

Nos dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro a areia de Copacabana será o palco das disputas do Dove Men+Care Kibon Rio Beach Rugby, uma das principais competições do mundo da modalidade que tem evoluído muito no Brasil, principalmente após ter sido oficializado como esporte olímpico em 2016. A competição teve sua primeira edição em 2006 com as disputas entre equipes da região da Barra da Tijuca. Hoje, em seu décimo ano, o evento esportivo já se consolida como um dos maiores do mundo, recebendo atletas de diversos estados do país, além de times da Argentina e Uruguai.
“Ninguém imaginava que o evento poderia chegar às proporções e demandas atuais. São centenas de jogadores de diversos estados do Brasil e outros países. Se pararmos para pensar, esse crescimento faz sentido, pois o Rugby está crescendo muito no Brasil. Além disso, a Praia de Copacabana é uma das mais belas do mundo e os brasileiros são fascinados por praia, era inevitável que essa modalidade ganhasse popularidade”, explica Justin Thornycroft, organizador do evento. “Como as regras de jogo são mais simples, sobretudo a pontuação, as atividades dentro de campo tem conquistado o interesse do público com mais facilidade”, complementa.

O Dove Men+Care Kibon Rio Beach Rugby promete muitas emoções nos jogos em Copacabana e uma série de ações para o final de semana. Além do torneio, haverá uma área de recreação infantil com infláveis, onde o público em geral poderá praticar rugby, com supervisão dos professores da Federação Fluminense, além de outras atividades infantis com monitores. São esperadas até 600 crianças durante todo o final de semana. Também haverá sorteios e distribuição de brindes exclusivos para os adultos. “Com os novos patrocínios de Dove Men+Care e de Kibon o torneio ganha mais estrutura, recursos e organização, o que será muito bem recebido por todos. Esperamos que este seja o melhor evento de todos”, finaliza Justin.

Por Danilo Caboclo

24 de janeiro de 2015

Barra de São João recebe Estadual de Bodyboard

Pelo 4º ano consecutivo o Praião em Barra de São João vai receber o circuito estadual de bodyboard. O Barra de São João Bodyboarding Pro vai reunir cerca de 140 atletas dividido nas categorias Profissional Masculino, Profissional Feminino, Open Masculino, Open Feminino e Sub 16 vindo das principais cidades do estado do Rio e também de outros estados como Espírito Santo, São Paulo e Paraná. " O circuito estadual do Rio é o maior do país trazendo a cada etapa centenas de atletas de outros estados. A cada ano a procura aumenta o que torna o evento uma referência durante o verão” disse Flavio Brito presidente da FEBBRJ.
A competição será válida como a 2ª etapa do circuito estadual de 2015. A 1ª etapa acontecerá nesse final de semana entre os dias 24 e 25 de janeiro em Grussaí em São João da Barra. Como de costume, na sexta-feira, dia 6 de fevereiro haverá uma seletiva com atletas locais. Os atletas moradores na região poderão competir em duas categorias a Sub 16 anos para atletas nascidos a partir de 1996 e categoria open masculino, para atletas com idade livre.

A inscrição deve ser feita na Secretaria de Turismo de Barra de São João até o dia 5 de fevereiro em troca de 2kg de alimentos não perecível. "A cada ano o número e o nível de atletas participando na seletiva local aumenta. Essa é uma forma de motivar os atletas locais a participarem da etapa do circuito estadual. " conclui Flavio Brito

Por Danilo Caboclo

Vídeo: Jean nas ondas da Indonésia

Durante as suas trips realizadas na Indonésia no ano de 2014, Jean da Silva surfou as ondas perfeitas das ilhas Mentawai na região de Sumatra. Picos como Macaronis, Thunders e Greenbush foram resgistrados por Wesley Valete e João Cabrita.


Fonte Maresias

Maringá com nova pista de skate

A Star Point em parceria com o Seu Joaquim Ecco Bistro e a Recyclo, inova mais uma vez com a ampliação do seu complexo de skate, e acaba de inaugurar a pista de ramp na loja de Maringá, no Paraná.
O ramp construído conta com 8m de extensão por 2,20m de altura, em seu pico. Tanto o bowl quanto o ramp estão abertos ao público de segunda a quinta-feira das 18h30 às 23h. A Star Point Maringá convida todos a conhecerem o ramp, o bowl e o Eco Bistro.

Por Daniela Vinci

23 de janeiro de 2015

Tramandaí Surf Festival com record de inscritos

Estão confirmados 168 atletas divididos em 12 categorias amadoras em disputa junto a Plataforma de Pesca, na Capital das Praias do Rio Grande do Sul, Tramandaí, durante os dias 24 e 25 de janeiro. Cada atletas deverá doar 1 kg de alimento não perecível, que será destinado a uma instituição de caridade. O evento é válido  como a primeira etapa do circuito Gaúcho de Surf Amador 2015.
O presidente da ASTRI, João D`avila, destacou que o recorde de inscritos é uma alegria para todos da Associação. “O número de atletas mostra que estamos no caminho certo e é motivo de muito orgulho. A ASTRI tem tradição em realizar bons eventos neste pico clássico do Surf no Rio Grande do Sul. Este evento será um marco na história do Surf de Tramandaí e do Estado, tenho certeza que será um grande espetáculo dentro e fora d`agua”, finalizou.

O cronograma e a chave de baterias podem ser conferidos no site. Outras informações a respeito das baterias e cronograma podem ser obtidas com o Tour Manager da FGSurf, Jéferson Rabassa, o Pica-pau, através do telefone 51 99685817. Neste site você poderá acompanhar as notas e tudo que está Rolando no Tramandaí Surf Festival.

Por Gabriel de Mello / Foto Cris Mach

Raul Roger encara mundial no Rio de Janeiro

O skatista paulistano Raul Roger, 19 anos, está a caminho do seu primeiro desafio do ano. O Oi Bowl Jam 2015 começa nesta sexta-feira (23) e segue até domingo (25), no Parque de Madureira, Rio de Janeiro. A competição integra o ranking da International Skateboarder’s Union (ISU), com chancela da World Cup Skateboarding (WCS) e terá pontuação dobrada para o mundial de Bowlriding.
Raul Roger 
Nono lugar no ano passado, Raul planeja melhorar seu resultado. “Espero passar para a final, já que é um campeonato mundial de grande importância para a carreira de qualquer atleta”, diz o paulistano, campeão na estreia do skate no Rocky Man, realizado em novembro, no Rio de Janeiro.

O Oi Bowl Jam 2015 reunirá 34 atletas, com 70 mil dólares em premiação na etapa de abertura do Circuito Mundial. As provas começam na sexta-feira (23), com treinos livres e eliminatórias para as semifinais. No sábado (24), às 16h, iniciam as semifinais com transmissão no canal SporTV. A grande final, no domingo (25), terá cobertura ao vivo, às 10h, no Esporte Espetacular, da Rede Globo.

No Sul – Na última quarta-feira (21), Raul Roger viveu uma nova experiência. Patrocinado pela Nicoboco, ele esteve na Fenin Fashion Outono Inverno 2015, no Parque de Exposições de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, para o lançamento da nova coleção da marca. “Foi muito bom, curti bastante a feira de moda da Nicoboco, uma experiência única”, comemorou o atleta que dividiu a atenção ao lado do ator global Felipe Titto.

Por Marcos André e Araújo / Foto Divulgação


         

Pioneiros no Dia do Surfista de Santos

Na cidade onde o surf “nasceu” em Santos, ser um pioneiro e, mais do que isso, homenageado por ter contribuído na “construção” da cultura do esporte é uma grande honraria. Na última quarta-feira, 21 de janeiro, foi comemorado o Dia do Surfista, em Santos, instituído por lei em 2003, houve um evento onde valorizou quatro personagens que participaram ativamente da história do surf na Cidade.
Maurício Tadeu Di Gregório, o “Paulista”, 64 anos, Odmar Fernandes Aguiar Júnior, o “Timó”, 62, Durval Citero Júnior, o “7 Cabeças”, 65, e Hélio Silva de Oliveira, o “Coquinho”, 59 anos, formavam uma turma que pegava ondas no Canal 3. Iniciaram uma nova conduta para a época, uma cultura marginalizada no início dos anos 60. Eram surfistas e até hoje se orgulham de manter a sintonia com as ondas.

Dos homenageados, o caçula Coquinho foi o único que sempre viveu do surf. É shaper, tendo fabricado mais de 40 mil pranchas nesses anos todos, e também juiz de campeonatos.  Os quatro, aplaudidos de pé pela plateia formada por vários companheiros até de gerações anteriores ou de outros “picos”, receberam placas alusivas ao Dia do Surfista. Essa foi a décima primeira edição da homenagem, parte importante do Dia do Surfista, criado pela lei municipal 2172.
O Dia do Surfista também contou com um evento cultural, com oito artistas criando arte em pranchas de surf usadas. Entre as obras, uma delas foi em homenagem à memória do surfista Ricardo dos Santos, assassinado esta semana, que na ocasião recebeu um minuto de silêncio, e também José Roberto Fernandes, o Lacraia, pioneiro de Santos, e o artista Leto, falecidos no ano passado. A artista plástica Mai-Britt Wolthers, esposa e mãe de surfistas, pintou uma prancha com frases relacionadas: “Eu sou Ricardo, queria viver, queria surfar, queria amar”.

As pranchas serão expostas em próprios públicos e, posteriormente, leiloadas com a renda revertida para entidades de Santos e a Associação de Surf. Para este ano, o surf na cidade segue com força. O prefeito prometeu a reconstrução do Museu do Surf, no Parque Municipal Roberto Mario Santini, e também está garantindo o Circuito Municipal, organizado pela Associação Santos de Surf, voltado às categorias de base e exclusivo a surfistas da Cidade, com o intuito de revelar e fortalecer a formação de novos valores.

Por Fábio Maradei / Fotos Divulgação

Irmãos Vaz no Mundial de SUP

Os irmãos Caio e Ian Vaz, dois dos maiores talentos do Stand Up Paddle brasileiro, já se preparam para o primeiro desafio do ano. A dupla embarca esta semana para o Havaí, onde disputará a primeira etapa do circuito mundial de Stand Up Surf, que acontece na praia de Sunset, entre os dias 10 e 18 de fevereiro. Essa será a primeira de seis etapas do circuito.
Ian Vaz / Crédito divulgação / arte in surf
Em 2014, Caio conquistou duas vitórias no tour, nas etapas do Havaí e do Brasil. O mais velho da dupla chegou, mais uma vez, muito perto do seu primeiro título mundial, terminando o ano com o seu segundo vice-campeonato.  “A expectativa para o campeonato é chegar alguns dias antes da competição, surfar bastante a onda de Sunset, entrar no fuso horário do Havaí, me concentrar, relaxar, encontrar meus amigos e me preparar ao máximo. Essa etapa nunca decepcionou, sempre tivemos ondas boas. Para mim, Sunset é a melhor etapa do circuito e gosto muito de surfá-la. Posso dizer que a expectativa é a melhor possível”, finaliza Caio Vaz.

Já Ian conseguiu bons resultados em algumas etapas e terminou o ano na nona colocação. Acumulando cada vez mais experiência em ondas internacionais, Ian vem mostrando evolução no seu surfe. “Essa é a quarta vez seguida que vou para o Havaí. Lembro que na primeira viagem tinha bastante vontade de surfar, mas também tinha muito medo. No voo de ida, fui achando que não iria conseguir encarar os maiores mares, mas quando cheguei lá consegui superar esse receio e surfar ondas bem grandes em Sunset. Sobre o campeonato, é uma oportunidade única. Sempre temos boas ondas e temos a chance de surfar só com quatro pessoas dentro d’água. É uma experiência incrível”, observa Ian Vaz.

Depois de participar do Sunset Beach Pro, os irmãos Vaz partem para a Califórnia, aonde treinam até o dia 28 de fevereiro. A viagem faz parte da preparação para a segunda etapa do circuito mundial, que acontece em abril, no litoral paulista.

Por Rafael Abreu

22 de janeiro de 2015

Cidade Maravilhosa recebe o Oi Bowl Jam

O Oi Bowl Jam acontece no Parque de Madureira, no Rio de Janeiro, entre os dias 22 e 25 deste mês. Integrando o ranking da International Skateboarder’s Union (ISU) e com chancela da World Cup Skateboarding (WCS) o evento terá pontuação dobrada para o Mundial de Bowlriding.
Rony Gomes / Foto André Magrão
Ao todo serão 34 skatistas e uma premiação de 70 mil dólares na etapa de abertura do Circuito Mundial. Do total de atletas, dez estão automaticamente classificados para as semifinais, que acontecem no sábado (24), são seis brasileiros e quatro norte-americanos.

O campeonato começa nesta quinta-feira (22), com a coletiva de imprensa, credenciamento e treinos livres. O evento em si na sexta-feira (23), com eliminatórias para as semifinais, das 16h às 18h15. No sábado (24), as baterias das semis estão previstas para começar às 16h. No domingo (25), a final terá às 10h.

Por Redação InnerSport

Star Point liquida

A Star Point adere às promoções de início de ano. Produtos selecionados de várias marcas e a marca própria Star Point participam dos descontos especiais do mês de janeiro. Os preços valem desde a última sexta-feira, 16/01, com término previsto para o dia 06/02.
Os descontos vão de 20% e chegam a 40% em lojas selecionadas. A promoção acontece da seguinte forma: na compra de duas peças o cliente tem 20% de desconto; três peças 30% de desconto e quatro ou mais peças 40% de desconto.

Por Jéssica Danne

21 de janeiro de 2015

Homenagem à Ricardo dos Santos

O CEO da World Surf League, Paul Speaker, e o gerente geral de eventos, Graham Stapelberg, estão vindo dos Estados Unidos para o Brasil especialmente para prestar condolências à família de Ricardo dos Santos, surfista catarinense de 24 anos de idade que faleceu na terça-feira após ser alvejado por três tiros na última segunda-feira (19) em frente a sua casa na Guarda do Embaú, em Palhoça.
Os dirigentes da World Surf League não chegarão a tempo de acompanhar o sepultamento na tarde da quarta-feira no cemitério de Paulo Lopes, pois desembarcam no Aeroporto de Florianópolis por volta das 15 horas, mas participarão da homenagem organizada pela Federação Catarinense de Surf e pela Associação de Surf da Guarda do Embaú, que será realizada às 18 horas na praia onde Ricardinho aprendeu a surfar. Antes, eles desejam visitar a família representando a entidade que lamentou bastante a perda de um grande talento do esporte que brilhantemente defendeu o Brasil nas ondas mais perigosas do World Championship Tour, como Banzai Pipeline no Havaí e principalmente em Teahupoo, no Taiti.

O dirigente da WSL South America, Roberto Perdigão, que conhecia seus avós há muitos anos e chegou a pegar até a mãe de Ricardo dos Santos no colo quando era criança, já estava representando a World Surf League desde o velório na Casa Paroquial da Guarda do Embaú, bem como na missa que aconteceu às 10 horas e também estará presente na cerimônia de sepultamento no Cemitério de Paulo Lopes, cidade vizinha à Palhoça, onde fica a praia da Guarda do Embaú.

O autor do homicídio é um policial militar, Luiz Paulo Mota Brentano, 25, que estava de folga e atirou no surfista após Ricardinho e seu avô, Nicolau dos Santos, pedirem para ele retirar seu carro que estava estacionado sobre um cano que eles precisavam fazer uma obra. O assassino foi preso em flagrante e está detido no Batalhão da Polícia Militar.

Por João Carvalho

Felipe Titto e Raul Roger na festa da Nicoboco

O ator Felipe Titto e o skatista profissional Raul Roger vão participar na quarta-feira (21), a partir das 19h, do happy hour promovido pela Nicoboco, no Deck, em Caxias do Sul (RS). O espaço conhecido por reunir esporte, música e gastronomia vem ao encontro da filosofia da Nicoboco. “A nossa expectativa é reunir os fãs e clientes da marca, bem como formadores de opinião da região, em uma noite de descontração”, diz Marcelo Meira, gerente de marketing do grupo nacional de vestuário Global Co., detentor das grifes Nicoboco, Occy e Blunt.
Além do garoto-propaganda Felipe Titto e do atleta Raul Roger, que recentemente venceu o desafio Rocky Man, no Rio de Janeiro, a festa terá a presença da Banda Jorgetown e o DJ Ki Fornari. Outras informações e reservas são solicitadas pelo telefone (54) 9921-0403. A festa acontece em a Fenin Fashion, organizada na cidade de Bento Gonçalves, a cerca de 45 minutos de Caxias do Sul.

Por Emanuelle Oliveira

Conheça a nova coleção da Chilli Beans

 Eduardo Kobra, Bruno 9LI, Tikka e Doze Green são os nomes que assinam e colorem a nova coleção da Chilli Beans, a Arte Urbana. Uma vasta opção de peças que trazem o que o grafite e a marca da pimenta têm em comum: ousadia, intervenção e diálogo com o mundo e as pessoas de todos os tipos, todos os dias. Os modelos aparecem em shapes variados, dos mais tradicionais aos mais modernos, alguns com uma pegada esportiva, mas com características específicas de cada grafiteiro. Os óculos da Tikka, por exemplo, trazem a menina dos olhos gigantes e expressão marcante que virou marca registrada da artista. Todos os modelos do Kobra aparecem com o colorido e o paisagismo de seus paredões espalhados por São Paulo, e mundo.
A parceria internacional fica com Doze Green, que diretamente de Nova Iorque, traz um pouco de suas pinturas nos trens e ruas de Manhattan para as hastes da Chilli Beans. Além desses grandes nomes, os designers da marca também participaram da coleção e desenvolveram alguns produtos. O destaque fica com o relógio mecânico. No dial aparece a imagem de um monumento “sujo” de piche em protesto pela liberdade de expressão e intervenção. Um dos diferenciais da peça é que para manter o funcionamento, é preciso dar corda. Além disso, sua pulseira é banhada com uma tinta que, com o passar do tempo, assim como o grafite, começa a sair.
Os cases dos produtos também trazem um pouco do que é a coleção. Personalizadas por cada artista que assina, as latas que protegem os óculos e relógios prometem agradar e fechar com muito estilo o kit. “Com esta coleção, vamos na contramão do varejo tradicional, que de modo geral, em janeiro, está trabalhando saldões”, explica Caito Maia, criador da marca. A primeira coleção de 2015 da Chilli Beans invade as prateleiras de todas as lojas da rede, Brasil e mundo simultaneamente, em janeiro. Para saber qual Chilli Beans está mais próxima a você, acesse www.chillibeans.com.br

Por Gabriela Schwartz

20 de janeiro de 2015

O surfe está de luto

Infelizmente, o catarinense Ricardo dos Santos, 24 anos, não resistiu aos ferimentos dos três tiros que levou do policial militar Luiz Paulo Mota Brentano, 25 anos, do 8º Batalhão de Joinville, que estava de folga e assassinou nosso surfista em frente a casa dele na Guarda do Embaú, em Palhoça, na manhã da última segunda-feira. Ricardinho foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado de helicóptero para o Hospital Regional de São José, mas perdeu muito sangue e não suportou a parada cardíaca sofrida durante a quarta cirurgia a que foi submetido na manhã de terça-feira, 20 de janeiro de 2015, para tentar interromper a hemorragia interna causada pelas perfurações entre o tórax e abdômen.
Ricardinho em Teahupoo em 2012 / Steve Robertson/ASP
O assassino foi preso em flagrante e depois de ouvido na Delegacia da Palhoça acabou transferido para o Batalhão da Polícia Militar de Florianópolis, onde está detido. O assassinato aconteceu por volta das 8h30 da manhã da segunda-feira, após uma discussão que já parecia encerrada para o meliante tirar o seu carro da frente da casa de Ricardinho, para que ele, o seu avô, Nicolau dos Santos, e o seu tio, Mauro da Silva, pudessem realizar uma obra de encanamento desde a rua. Segundo informações do seu tio, Ricardinho viu o policial fazer uso de droga (cocaína) e pedido para ele não fazer isso ali naquela hora da manhã, em frente a casa de famílias, além de precisar fazer a obra no cano que o carro estava impedindo.

"Ele (Ricardo dos Santos) pediu mesmo para eles fazerem isso em outro lugar e eles logo disseram que já iam vazar. Então a gente subiu até a caixa d´água pra pegar as ferramentas pra fazer a obra, aí quando o Ricardo passou na frente do carro o cara simplesmente atirou sem falar mais nada. Ele tava tão doido que atirou até no próprio retrovisor do carro", contou Mauro da Silva, que também comentou sobre o início da discussão. "Ele meio que falou uma gracinha pro Seu Nicolau (avô do Ricardinho). Eu não vi o que foi, mas ele falou uma palavra e ficou meio que rindo, aí o Ricardo perguntou o que estava havendo, o que que foi, aí o cara disse para deixar eles curtirem a onda deles. Na verdade, foi pouca conversa, não teve muita discussão não, aí na hora que o Ricardo passou, já estava de costas, uma distância de uns 4 metros, deu pra ver o cara sacar a arma e ele atirou assim sem discutir sem nada".
Teahupoo em 2011 / Por Kirstin Scholtz / ASP
"Eu cheguei a pegar o Ricardinho nos braços e ele falou para eu correr atrás dos caras, fazer alguma coisa, anotar a placa, então saí correndo atrás deles e consegui gravar o número da placa", continuou o tio de Ricardinho. "Eles estavam bem alterados, o motorista (autor dos disparos) não conseguia nem falar direito. Na real, na hora que eu olhei pra ele, senti que ele era um policial, porque eles têm uma fisionomia diferente mesmo e quando ele sacou a arma me deu mais certeza ainda, mas na hora a gente não sabia, foi tudo muito rápido. O Ricardo que chegou mais perto dele no carro, viu que ele tava cheirando (cocaína), aí disse pra ele que ali não era lugar pra isso, que eram 8 horas da manhã, em frente a casa de famílias, aí ele disse que ia vazar. Até viramos as costas pra voltar pra casa e nem acreditei quando ele sacou a arma e atirou. Não teve briga ou discussão pra chegar naquele motivo de sacar a arma e atirar, foi totalmente sem sentido".

Um policial do Corpo de Bombeiros da Guarda do Embaú foi o primeiro a socorrer Ricardinho e chamar o helicóptero que o levou até o Hospital Regional de São José, cidade localizada entre a Palhoça e Florianópolis. Na segunda-feira mesmo, ele foi submetido a três cirurgias para a retirada das balas e conter as várias hemorragias internas que duraram cerca de 7 horas. Depois foi encaminhado para a UTI, onde passou a noite e voltou para a sala de cirurgia na manhã da terça-feira para os médicos tentarem mais uma vez interromper as hemorragias causadas pelas perfurações. Ele perdeu muito sangue e não resistiu, sofrendo uma parada cardíaca fatal durante esta quarta cirurgia.
Pipeline em 2012 / Por Kirstin Scholtz / ASP
A mãe e a namorada do surfista foram chamadas para dentro do hospital e depois de alguns minutos voltaram chorando muito para a frente da emergência, onde desde segunda-feira amigos e familiares faziam uma corrente para o restabelecimento de Ricardo dos Santos. "É mentira, é mentira. Eu quero o meu filho de volta. Traz ele de volta, traz, por favor", gritava a mãe Luciene dos Santos, que chegou a cair no chão e precisou ser socorrida pelos familiares.

Ninguém conseguia acreditar que Ricardinho havia realmente falecido e vários surfistas e fãs do esporte postaram mensagens de apoio nas redes sociais, como o atual campeão mundial Gabriel Medina, que lamentou: "Ricardinho, você não merecia isso! Não mesmo, nunca! Porque isso acontece com gente do bem? Não entendo isso! Mlk gente boa, sempre ajudando o próximo, sorriso de orelha a orelha todos os dias, exemplo de pessoa. Família dos Santos, que Deus conforte sua família".
Barra da Tijuca em 2012 / Por Daniel Smorigo/ASP
Ricardo dos Santos nasceu em 23 de maio de 1990 e sempre morou na paradisíaca e antes pacata Guarda do Embaú, onde começou a surfar com 7 anos de idade. Logo começou a participar das competições, disputando os circuitos amadores de Santa Catarina e muito jovem ainda escolheu se profissionalizar, mas logo preferiu surfar ondas maiores e mais perfeitas do que as encontradas na maioria dos campeonatos. Ganhou fama internacional nos grandes tubos do Havaí e do Taiti, onde se tornou o primeiro surfista da história a vencer as triagens para a etapa do WCT da Polinésia Francesa na temida bancada de Teahupoo por dois anos consecutivos, em 2011 e 2012. No Billabong Pro Tahiti chegou a eliminar até o maior fenômeno do esporte em todos os tempos, Kelly Slater.

Por João Carvalho

O Dia do Surfista em Santos

Comemorado sempre no dia 21 de janeiro, o Dia do Surfista em Santos terá uma programação dupla este ano. Junto à tradicional homenagem na Prefeitura, com a entrega de placas a pioneiros que ajudaram a “construir” a cultura do esporte, será realizada uma ação especial na Secretaria de Cultura de Santos, no Teatro Municipal Braz Cubas, com artistas transformando pranchas de surf em obras de arte. Criado pela lei municipal 2172, em 19 de dezembro de 2003, o Dia do Surfista tem como objetivo valorizar a história do esporte na Cidade. Foi em Santos que o surf “nasceu”, com os primeiros registros nos fim dos anos 30 com os irmãos Thomas e Margot Rittscher e os amigos Osmar Gonçalves e Juá Hafers pegando as primeiras ondas na Praia do Gonzaga. Neste ano, serão quatro homenageados: Maurício Tadeu Di Gregório, o “Paulista”, Odmar Fernandes Aguiar Júnior, o “Timó”, Durval Citero Júnior, o “7 Cabeças” e Hélio Silva de Oliveira, o “Coquinho”. Eles receberão as placas do prefeito, em cerimônia oficial às 17 horas no Salão Nobre do Paço Municipal.
Na foto Thomas Rittscher nas ondas de Santos, nos anos 30 / Foto Divulgação
Antes, às 10 horas, o evento que tem a proposta de atrair a atenção do público pela beleza do esporte e sua cultura apresentará trabalhos de dez artistas locais em arte de rua. Pinturas artísticas e design farão das pranchas de surf suas telas, com as técnicas de grafite e pincel. “Depois, as novas obras de arte serão expostas em galerias e próprios públicos para a divulgação do Dia do Surfista e, posteriormente, serão leiloadas, com renda revertida para entidades de Santos”, afirma o presidente da Associação Santos de Surf (ASS), Marcos Andrade. “Para o surf, é importante esta data, porque mostra a importância do esporte junto à comunidade. O surf está em alta com o título mundial conquistado pelo Gabriel Medina e Santos tem sua parcela importante com os pioneiros, que abriram caminho para esta trajetória de sucesso do Brasil”, comenta Marcos.

O presidente da Santos Surf destaca que em 2014 a modalidade garantiu avanços na Cidade. “Realizamos um circuito em parceria com a Prefeitura, totalmente gratuito aos atletas, valorizando as categorias de base e que já rendeu resultado rapidamente, com a conquista do título paulista petit com Yuri Beltrão, e o quarto lugar por equipes no ranking estadual”, ressalta. Ele também lembra o evento Associação Comercial de Santos abre suas portas para o surf, realizado com sucesso na tradicional entidade. “Foi um encontro pioneiro, com o objetivo de oferecer orientação e planejamento e fomentar alternativas para o mercado, com o apoio total do presidente da entidade, Roberto Clemente Santini, um apaixonado pelo surf”, acrescenta. “Queremos continuar evoluindo em 2015 e, para isso, já temos aprovados três projetos pelo Promifae, o programa de incentivo fiscal da Prefeitura, garantindo a sequência dos trabalhos. Nesta Dia do Surfista também ficamos felizes com a realização desta ação na Secretaria de Cultura, porque o Fabião sempre batalhou pelo esporte, criando a lei que instituiu a data”, completa Marcos Andrade.

Promifae garante estrutura para as categorias de base do surf santista em 2015: a estrutura para as categorias de base já está garantida para este ano. A Associação Santos de Surf garantiu a aprovação e captação de recursos no Promifae, o Programa Municipal de Incentivo Fiscal e Apoio ao Esporte, criado pela Prefeitura de Santos. Os projetos garantem o Circuito Santos Surf 2015, voltado às categorias de base, da petit até a júnior; a participação da equipe santista no Hang Loose Surf Attack, o Circuito Paulista, com inscrições, transporte, alimentação e hospedagem aos atletas e comissão técnica; e o treinamento dos competidores e fornecimento de uniformes para competições.

Três empresas do ramo de logística em Santos já firmaram parceria: a Atlantis Terminais, a Mavimar e a Embraport. “São empresas que querem investir na comunidade e conseguiram enxergar na Associação uma entidade séria, com responsabilidade social, ambiental e cultural. Fechamos um ciclo de estratégia para conseguir que Santos melhore ainda mais os seus resultados no Paulista”, diz o presidente da ASS, Marcos Andrade, agradecendo as importantes parcerias em 2014 da Sthill, TV Tribuna, Okumura Temakeria, FMA Notícias e Federação Paulista de Surf.

Fonte FMA Notícias

Bruno Fontes começa bem o Brasileiro

Começou na última segunda-feira, 19, o Campeonato Brasileiro de Laser Standard, no Rio de Janeiro. A Baía de Guanabara recebe os melhores atletas do país e diversos estrangeiros de renome no cenário internacional no palco dos Jogos Olímpicos de 2016. Melhor brasileiro na competição neste primeiro dia, Bruno Fontes abriu muito bem as disputas com dois segundos lugares. Com quatro pontos perdidos, Fontes está atrás apenas do francês Jean Baptiste Bernaz, líder com duas vitórias.
Foto Fred Hoffmann
“Esse primeiro dia foi muito bom. As regatas começaram com ventos fracos e ao longo do dia a intensidade foi aumentando. A espera entre uma regata e outra foi muita longa, mas foi um dia muito bom para início. Fiz duas boas regatas com o francês e o croata (Tonci Stipanovic). Na segunda disputa o Jean Bernaz montou melhor a última boia e levou vantagem, mas está tudo em aberto”, disse Bruno.

Com mais oito regatas pela frente, Bruno terá um campeonato duro pela frente. Além do francês, Fontes tem como adversários o croata Tonci Stipanovic, campeão europeu em 2014, e o cipriota Pavlos Kontides, medalhista de bronze nos Jogos de Londres em 2012. “O primeiro dia foi bom, mas ainda não corremos nem metade das regatas, então tem muita coisa pela frente. O nível da flotilha aqui é de competição internacional e para manter-se entre os líderes tem que velejar com a máxima intensidade todos os dias”, enfatizou Bruno.

Por Danilo Caboclo

Morre o surfista Ricardo dos Santos

O surfista Ricardo dos Santos morreu nesta terça-feira, um dia depois de levar três tiros em frente à sua casa, na Guarda do Embaú, em Palhoça, Santa Catarina. O atleta passou por quatro cirurgias no Hospital Regional de São José, mas perdeu muito sangue e não resistiu aos múltiplos ferimentos que atingiram pulmão e tórax. Familiares e amigos se desesperaram na entrada do hospital após a notícia.A mãe, Luciene dos Santos, chorava muito e gritava: "É mentira, é mentira, eu quero o meu filho de volta. Traz ele de volta, traz, por favor". Ela caiu no chão e precisou ser socorrida por familiares.
Na manhã da última segunda-feira, Ricardinho e o avô, Nicolau dos Santos, faziam uma obra em casa, na Guarda do Embaú. O carro do PM Luiz Brentano, que é de Joinville e estava de folga, teria parado em cima de um cano em frente à casa do surfista. O avô pediu para que os dois homens retirassem o carro do local para que o reparo no cano pudesse continuar sendo feito. O policial teria se negado, e Ricardinho foi tirar satisfações, levando três tiros no tórax e abdômen.

O surfista foi levado ao hospital pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros e deu entrada consciente. Ele sofreu com as hemorragias, passou por quatro cirurgias, ficou na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas não conseguiu reagir ao tratamento.

O quarto procedimento cirúrgico de Ricardinho foi encerrado no final da manhã desta terça. O corpo médico conseguiu conter nova hemorragia, que havia surgido de manhã, e o surfista foi encaminhado novamente para a UTI. No entanto, mais uma vez, ele voltou a sofrer com as hemorragias e sofreu uma parada cardíaca. A mãe Luciene dos Santos, e a namorada, Karoline Esser, foram chamadas para o interior do hospital e voltaram chorando muito.

Fonte G1

SBC teve leitura do livro Amigo Skate

A literatura dominou a imaginação das crianças que compareceram ao evento "Leitura do Livro Infantil Amigo Skate, que ocorreu durante os dias 17 e 18 de janeiro. A história contada foi lida pela pedagoga Leira Vieira, da ONG Social Skate e por Alessandro Carvalho "McGregor", o próprio Alex (personagem do livro Amigo Skate).
O momento lúdico chamou muita a atenção das crianças e dos pais que interagiam com o momento da leitura. E, na ocasião, enquanto os filhos se divertiam com a leitura do livro e a oficina de desenho os pais aproveitavam para tirar dúvidas sobre temas do skate voltados aos pequeninos.

Para quem não conhece o trabalho o livro ele conta a historia de Alex, uma criança com problemas de relacionamento que encontra no skate um amigo, fazendo do "brinquedo" uma ferramenta de inserção social, influenciando no seu crescimento educacional e profissional. É escrito pelo skatista e editor de conteúdo Alessandro McGregor e ilustrado pelo artista Kleber Moraes.
Os contadores de histórias, Alex e Leila, continuam sua jornada, por meio da leitura e a próxima parada será na Ong Social Skate, em Poá/SP, no dia 31 de janeiro de 2015, das 9h30 às 12hs. Rua Rosa 439, Calmon Viana.

Redação InnerSport / Fotos André Dantas