10 de dezembro de 2014

Ítalo Ferreira é campeão brasileiro de surf profissional 2014

Com a pontuação da terceira colocação na Prainha, o Potiguar Ítalo Ferreira garantiu com antecipação o título brasileiro de surf profissional 2014 da Abrasp.  Ítalo é representante da nova geração do surfe brasileiro e está em ótima fase, além de conquistar a sonhada vaga para a elite do surfe mundial também foi vice campeão mundial Pro Junior em 2014, confirmando a excelente performance. “Estou muito feliz,  este ano deu tudo certo e consegui conquistar quase todos os meus objetivos, graças a Deus. Agora é descansar um pouco e focar na próxima temporada, declarou o Campeão Brasileiro de Surf Profissional 2014 da Abrasp.
Potiguar Ítalo Ferreira sagrou-se campeão brasileiro de Surf 2014
O evento terminou na quarta-feira (10), na Prainha de São Francisco do Sul (SC), que valeu pela segunda etapa do Oakley Pro14, e também pelo Circuito Catarinense de Surf Profissional da Fecasurf, e pela penúltima etapa do Circuito Brasileiro de Surf Profissional da Abrasp, que distribuiu R$ 30.000,00 de premiação, além de 1.500 pontos para o ranking da Fecasurf, e 1.500 pontos para o ranking da Abrasp, e contou com a participação de 92 atletas de dez estados.

O vencedor desta segunda etapa foi o pernambucano Luel Felipe que encontrou as melhores ondas na final, somando 16,06 pontos, contra 16,03 pontos do catarinense Alcides Lopes Neto, local da Prainha, que bateu na trave e ficou com a segunda colocação no Oakley Pro14, deixando o potiguar Ítalo Ferreira na terceira colocação somando 15,57 pontos, e o paulista Odirlei Coutinho na quarta colocação somando 12,17 pontos.

Pódio
Essa seria á última etapa do circuito, mas, a Fecasurf, através do seu Presidente Fred Leite, anunciou na Prainha a possibilidade de mais uma etapa nos dias 20 e 21 de dezembro, na Praia Central de Balneário Camboriú, em parceria com a Prefeitura da cidade, e a decisão do título catarinense de surf profissional de 2014 fica para a próxima etapa.

Os recordes desta última etapa do Oakley Pro14 foram do paranaense Peterson Crisanto que marcou a maior nota de 9,17 pontos na oitava bateria do primeiro round, e do potiguar Ítalo Ferreira que fez a maior somatória com 17,27 pontos nas suas duas melhores ondas da primeira bateria das quartas de finais.

Por Norton Evaldt / Fotos Basílio Ruy

Nenhum comentário:

Postar um comentário