10 de dezembro de 2014

Billabong Pipe Masters inicia com ondas grandes

Confirmando as previsões, a terça-feira amanheceu com ondas desafiadoras de 6-8 pés nas bancadas de Pipeline e Backdoor na ilha de Oahu, no Havaí. Mas, como as condições iriam se deteriorar durante o dia, só foi realizado o Men´s Pipe Masters Invitational, com 31 havaianos e um australiano brigando pelas duas vagas para completar as baterias dos principais concorrentes ao título mundial de 2014 no Billabong Pipe Masters, o líder Gabriel Medina e o atual campeão do WCT, Mick Fanning. As condições do mar estavam tão difíceis que a bateria final da triagem foi adiada para abrir o próximo dia de boas ondas em Pipeline. A primeira chamada foi marcada para as 7h30 da quarta-feira no Havaí.
Makai McNamara (HAV)
Os adversários dos ponteiros no ranking sairão deste confronto entre Jamie O´Brien, Hank Gaskell, Makai McNamara e Reef McIntosh. O´Brien é o grande favorito para ficar com uma vaga. Ele já ganhou uma coroa de campeão do Pipe Masters e surfou o melhor tubo do dia nas esquerdas de Pipeline. Com a nota 9,57 desta onda, registrou imbatíveis 18,40 pontos logo no segundo confronto da terça-feira na ilha de Oahu. Certamente, O´Brien é um duro adversário para qualquer top-34 do WCT no templo sagrado do esporte. Também na primeira fase, Joel Centeio conseguiu a primeira nota 10, saindo expelido por um spray violento de um tubo incrível nas direitas do Backdoor.

No entanto, o show ficou resumido a estas duas baterias. O swell (ondulação) ainda não alinhou na bancada e as condições estavam complicadas até para os locais havaianos acharem boas ondas para completarem os tubos. O retrato da dificuldade foi o resultado das semifinais. A maior nota nas duas baterias foi 6,33 para Reef McIntosh, que garantiu a primeira vaga na decisão da triagem com o meio ponto da sua última onda. O recordista Jamie O´Brien passou em segundo lugar somando notas 2,43 e 2,17. Na outra semifinal, Makai McNamara venceu por 6,26 pontos com notas 5,83 e 0,43 e Hank Gaskell ficou com a última vaga na final com inacreditáveis 3,27 pontos das notas 2,27 e 1,00.
Jamie O´Brien (HAV)
As condições do mar já estavam tão deterioradas, que a comissão técnica preferiu adiar a batalha final pelas duas vagas para o Billabong Pipe Masters. Esta bateria será disputada antes dos australianos Joel Parkinson e Julian Wilson e o francês Jeremy Flores entrarem no mar para abrir a rodada de apresentação dos melhores surfistas do mundo no maior palco do esporte. A grande expectativa é pela estreia dos concorrentes ao título mundial, com o defensor do título do Billabong Pipe Masters, Kelly Slater, sendo o primeiro a competir na quarta bateria. Na quinta entra o vice-líder do ranking e atual campeão mundial, Mick Fanning, depois é a vez de Gabriel Medina iniciar sua caminhada rumo ao primeiro título do Brasil na história do circuito mundial.

Por João Carvalho  

Nenhum comentário:

Postar um comentário