13 de novembro de 2014

Parkson acredita que o título será do Medina

O australiano Joel Parkinson está fora da corrida pelo título mundial de surf e mantem-se na 6ª posição do ranking da ASP. Em entrevista ao site australiano news.com o ex-campeão mundial falou sobre o título de 2014, e comentou sobre o atual líder do circuíto Gabriel Medina. Falou também do Fenning, Kelly Staler e sobre a própria campanha no tour. Sua meta é terminar entre os 5 primeiros, pelo menos.
Joel não se deu bem nem na França e nem em Portugal, o que o deixou mais distante de lutar pelo título munidal, mas ainda mantém um foco que é ficar entre os 5 melhores. "O Taj Burrow está no Tour há 17 anos, faltou apenas em um evento e ficou fora do Top 5 por quatro vezes. Quando ouvi isso pensei ‘uau’, é algo que enche de orgulho”, afirmou.

Em relação ao futuro campeão do mundo, Parkinson não tem dúvidas que Medina ganhará o título. Só não afirma em que ano. “O Gabriel vai ganhar. É uma questão de tempo até ser campeão do mundo, provavelmente até mais de uma vez. É o surfista mais talentoso e completo do Tour. Vê-lo no free surf é incrível”. Mas Joel deixa um alerta: “No entanto, se eu estivesse no lugar do Gabriel detestaria estar sendo perseguido pelo Fanning. Ele já esteve nesta posição de perseguir alguém até ao fim, e sabe como fazer”.

Sobre o Kelly Slater, Parkinson não dá importância aos dedos quebrado do 11 vezes campeão do mundo. “Já vi o Kelly ganhar em Teahupoo com o pé quebrado, e acredito que pode vencer em Pipe só com uma perna”, garantiu. Questionado se ao longo dos anos qual surfista irá ter mais títulos entre Gabriel e Jhon Jhon ele foi direto: "O Gabriel”.

Aos 33 anos, com três filhos, Joel Parkinson não pensa em retirar-se do surf de alta competição. “As vezes me belisco quando penso que faço do surf o meu ganha pão, porém, tenho uma família jovem e não quero ficar no Tour para sempre, mas ainda fico por alguns anos, definitivamente”.

Redação InnerSport

Nenhum comentário:

Postar um comentário