14 de novembro de 2014

Lesões atrapalham John John e Adriano de Souza

Depois de Taj Burrow ter anunciado que não competiria mais este ano, para se sujeitar a uma intervenção cirúrgica no ombro, de Kelly Slater ter quebrado dois dedos do pé em Cloudbreak, e do grave corte de CJ Hobgood em Peniche… chegam agora notícias de mais atletas de elite com problemas físicos.
Adriano já tinha competido em Peniche de forma condicionada. ASP
Adriano de Souza anunciou ontem, via Facebook, que não vai marcar presença no Havaí, e por isso faltará na última etapa do Tour em 2014. “Fala Galera, infelizmente não deu. Não irei competir no Hawaii. Uma tristeza pois participei de todos os tríplice coroa desde 2006. Me reuni com a equipe médica e minha família e foi decidido que não terei condições de competir na última etapa do ano. Ficarei em tratamento intensivo, fisioterapia e repouso para que esteja 120% em 2015. O Sonho não acabou, foi somente adiado para o ano que vem. Boa sorte a todos do Brazilian Storm que estarão competindo no Hawaii esse ano. Sucesso aos que estão tentando se classificar e à aqueles que estão tentando se manter no WCT. Aos que ja estão garantidos, fica minha certeza de que irão dar um show, e por fim, muito boa sorte ao Gabriel Medina, que se Deus quiser trará esse titulo para o Brasil”, escreveu Minerinho, ontem.

Para o havaiano John John a situação é ligeiramente diferente. O atual detentor da Triple Crown havaiana foi aconselhado pelos médicos a ficar fora do Reef Hawaiian Pro, por culpa de uma lesão na face posterior da coxa. Todavia, os adversários de JJ não podem respirar de alívio, pois tudo indica que a lesão não será suficiente para afastar o ‘wonder kid’ do Billabong Pipe Masters.

Fonte SurfTotal

Nenhum comentário:

Postar um comentário