25 de novembro de 2014

E se der empate na decisão do título mundial de surf 2014?

A corrida aos títulos masculino e feminino do World Championship Tour da ASP está mais disputada do que nunca. Com tamanho equilíbrio, o cenário de um empate no primeiro lugar do ranking não é impossível. Se no final do Billabong Pipe Masters (para os homens) e do Target Maui Pro (para as mulheres), dois atletas terminarem com os mesmos pontos no primeiro lugar do ranking, a forma de desempate será, nada mais, nada menos, do que um duelo. Este formato de desempate foi usado apenas uma vez, em toda a história da ASP. Aconteceu no ano de 2011, quando o brasileiro Caio Ibelli e o australiano Garret Parkes tiveram que decidir qual seria o campeão do mundo na categoria júnior.
Gabriel Medina em Teahupoo / Foto Kirstin Scholtz
Este ano, para que isso se repetisse, na prova masculina, Gabriel Medina teria de ser eliminado na round 2 ou 3, e Mick Fanning terminar em 5º lugar. No lado das mulheres, o empate pode acontecer de duas formas: se Sally Fitzgibbons vencer o evento e Stephanie Gilmore terminar em 3º; e se Tyler Wright vencer o evento e Stephanie Gilmore terminar em 5º.

E como funcionam as regras deste desempate, segundo a ASP? De acordo com o organismo que controla o surf mundial, se dois surfistas terminarem empatados na disputa pelo titulo mundial, haverá lugar ao ‘surf-off’ depois de terminado o evento final. O formato, esse, será determinado pelo Tour Manager, Renato Hickel. Para esta eventualidade, os organizadores da ASP, Kieren Perrow (no lado masculino) e Jessi Miley-Dyer (no lado feminino), juntamente com Renato Hickel, criaram o seguinte protocolo:
A primeira opção passa por ter três baterias, com 30 minutos cada, num duelo à melhor de três. Estão determinados intervalos de 20 minutos entre as baterias, para um total de 2 horas e 10 minutos - caso seja necessário realizar os três. Uma segunda opção surge na eventualidade de não existir tempo para realizar a primeira hipótese: uma única baterias, com 35 minutos.
Serão as mulheres as primeiras a decidir o título mundial, com o Target Maui Pro agendado já para dia 22 de novembro. Já o Billabong Pipe Masters, prova masculina, tem data de início marcada para 8 de dezembro.

Fonte SurfTotal

Nenhum comentário:

Postar um comentário