8 de novembro de 2014

ASP mexe no formato do WQS 2015

Em comunicado de imprensa, a ASP anunciou algumas mudanças tendo em vista já o próximo ano de 2015. As primeiras medidas visam a Qualifying Series, com o intuito de simplificar a competição para os fãs , mídia, atletas e todos os agentes envolvidos na indústria. Em termos práticos vamos passar a ter cinco tipos de eventos QS, em vez dos atuais sete. Estão assim definidas as mudanças:
 “1 - Estrela” passa a “QS1000”
“2 - Estrelas” e “3 Estrelas” fundem-se e passam a ser “QS1500”
“4 - Estrelas” e “5 Estrelas” fundem-se e passam a ser “QS3000”
“6 - Estrelas” passa a “QS6000”
“Prime” passa a “QS10000”
Os eventos são assim simplificados, mas continuam a manter um diferencial de pontos entre os Prime e os Star semelhante ao que se verifica atualmente. Kieren Perrow, Comissário da ASP, explica: “A nossa meta com a Qualifying Series é garantir que são os melhores surfistas que a avançam para o nível mais alto de competição, o Championship Tour. As mudanças para o próximo ano foram concebidos para melhorar a experiência aos atletas, fãs e parceiros.” Previsto está também um maior enfoque nos sete circuitos regionais: África, Austrália, Europa, Havai, Japão, América do Norte e América do Sul. Os vencedores de cada região vão passar a ter prioridade no seeding em eventos do QS.

Também o circuito júnior tem alterações previstas. A maior mudança está prevista para 2016, altura em que a divisão júnior passará a ser Sub 18, e não Sub 20 como atualmente. “O ASP World Junior Championship é o evento júnior com mais prestígio em todo planeta e o nível de antigos campeões não tem paralelo”. Andy Irons, Joel Parkinson, Adriano de Souza, Gabriel Medina e recentemente Vasco Ribeiro, são alguns dos nomes que já venceram o título. “Temos analisado as tendências do mundo do surf, das performances dos atletas e rumos de carreiras e determinamos que as mudanças do ASP Junior Program para os próximos dois anos pode beneficiar o esporte”, garante Perrow.

Vale lembrar que já no próximo ano a ASP vai tornar a World Surf League (WSL), e englobará o Championship Tour masculino, feminino, Big Wave World Tour, Qualifying Series, World Junior Championships e World Longboard Championships.

Fonte ASP

Nenhum comentário:

Postar um comentário