10 de setembro de 2014

Santos Surf 2014 com inscrições abertas para a 2ª etapa

A segunda etapa do Circuito Santos Surf 2014 será realizada entre 15 e 21 deste mês, no dia que o mar oferecer as melhores condições para as disputas, conforme a previsão. As inscrições, gratuitas e exclusivas a surfistas que moram na Cidade, abriram na última quarta-feira (3), na Sthill Beach Club, à Avenida Presidente Wilson, 101, na Praia do José Menino.
Vinicius Parra
Em ação, apenas as categorias de base, visando a formação da equipe santista: petit (no máximo 10 anos), iniciante (até 12 anos), mirim (sub16), júnior e feminina (ambas com limite de 18 anos). “Novamente, teremos um evento só com santistas. A ideia é formar novos valores e fortalecer o surf na cidade, que tem tanta tradição no esporte. Firmamos uma parceria espetacular com a Prefeitura, através da Secretaria de Esportes, e o nosso foco é esse trabalho com a Base”, afirma o presidente da Associação Santos de Surf, Marcos Andrade. “Na primeira etapa, o resultado foi fantástico. Conseguimos reunir mais de 40 atletas e a meta é crescermos com novas adesões”, ressalta Andrade, informando que os atletas filiados à entidade terão prioridade nas inscrições e todos devem comprovar residência em Santos.

O Circuito terá três etapas, com a final, entre 29 de novembro e 7 de dezembro, desta vez com dois dias de competição e incluindo as categorias open, master, gran master, longboard e Stand Up Paddle (SUP). Na final da primeira etapa, realizada no último dia 6, no Quebra-Mar, o foco do Circuito foi seguido totalmente à risca, com a valorização dos novos talentos. Com duas vitórias e um segundo lugar, Vinicius Parra foi o grande nome do evento. O surfista de apenas 11 anos faturou as categoria estreante, iniciante e ainda foi o segundo colocado da mirim.

Além disso, a sua irmã mais velha, Isadora Parra, foi a primeira colocada da feminina, garantindo à família 50% das vitórias no evento. Outra grande atuação foi de Matheus Dutra, com a maior somatória na júnior, 16,06 pontos de 20 possíveis, abrindo caminho para o tricampeonato. Também comemoram as vitórias Vitor Luiz, na mirim, e Roberto Alves Neto, na petit.

Outros nomes que mereceram atenção: Yuri Beltrão, também chegando a três finais; Thomas Mariano, finalista em duas categorias; Jonas Wolthers, dono da maior nota do evento, um 9,17 na júnior; e Nicolas Chafick, o caçula, com apenas sete anos e que se aventurou nas ondas.

Fonte FMA Notícias / Fotos Vinícius Parra / Rodrigo Baida

Nenhum comentário:

Postar um comentário