15 de setembro de 2014

Pedro Oliveira e Thiago Meneses já estão na barca para o Peru

Saíram da praia consagrados Pedro Oliveira, que durante o ano acumulou três vitórias na Master, e Thiago Meneses, também invicto na Júnior. Com isso, ambos já garantiram vaga na barca completa para o Peru, prêmio destinado aos melhores colocados no ranking de cada categoria (e que inclui passagem, alimentação, estadia, além de fotógrafos e videomaker disponíveis para registrar a viagem). Nas outras cinco categorias, a briga segue acirrada.
Pedro Oliveira
Para faturar o bicampeonato Master, Oliveira somou 10.75 pontos e superou Oswaldo Domingues (2º), Sávio Carneiro (terceiro colocado após cometer uma interferência) e Alex Miranda (4º). “Tive que me superar para estar aqui. Cheguei quase a não competir, pois fiquei muito resfriado no fim da semana e na sexta-feira estava com a imunidade lá embaixo. Mas, consegui me recuperar a tempo, graças a ajuda do Claudio Chain. O nível do evento só tem aumentado e conseguir vencer meus adversários, incluindo um cara que foi Top do circuito brasileiro profissional por muitos anos é muito gratificante e só faz com que eu aumente meu limite”, reconhece Oliveira.

Já Thiago Meneses, durante todo ano travou uma batalha com Fernando Bernardinello. Ao término da prova de Maresias, Thiago fechou a conta com três mil pontos no ranking, enquanto Fernando acumulou 2.700 pontos. Valendo os três melhores resultados do ano na pontuação geral, saiu da praia como bicampeão do circuito em grande estilo.  “Estou muito feliz por esta conquista e ainda mais porque meu pai (Paulo Meneses) venceu a categoria Grand Master e fizemos esta dobradinha.  Ter nós dois no pódio é muito especial, pois o acompanho no campeonato desde os oito anos (está com 16). Agora é encarar a última etapa e me preparar para a viagem ao Peru”, comenta ele.
Roger Marques
Na Grand Master, Paulo Meneses tirou o doce da boca de Freddy Jacob, que vinha na liderança do ranking com duas vitórias (Guarujá e Ubatuba) e acabou como vice-campeão ao ser surpreendido pela virada de Meneses.  No total, Jacob possui 2.900 pontos e segue líder. Mas, com o resultado, Meneses pulou para a segunda posição com 2.556 pontos. Logo atrás vem Du Kutica com 2.520. “Consegui virar o resultado e agora é ir para o Guarujá para definir. Vamos ver no que vai dar”, diz Meneses.

Embalado após uma excelente performance no sábado, com direito a duas ondas high score (10 e 8,50), Sávio Carneiro não deixou barato e faturou o título Open. Logo atrás ficou Freddy Jacob, vice-líder do circuito com 2.187 pontos. Campeão da primeira etapa, Gregório Mota foi o terceiro colocado, mas mantém-se na liderança com 2.620 pontos.

Fabio Bacalhau 
Entre os longboarders, Alex Miranda dominou boa parte da disputa e estava muito perto de botar a mão na taça, mas no finalzinho Bruno Romano surpreendeu e faturou a etapa, deixando o bicampeão do circuito em segundo e adiando a briga para o Guarujá. Miranda segue líder com 2.800 pontos, enquanto Romano e Fabio Bacalhau (terceiro na etapa) estão empatados com 2.466 pontos na vice-liderança. “Comecei a surfar de longboard neste circuito e chegar à vice-liderança, com chances de ser campeão é motivo de grande alegria pra mim.  Agora é ver no que vai dar na final”, explica Romano, de apenas 20 anos.

Pelo segundo ano no circuito, a categoria Stand Up firma-se como uma das mais disputadas.  Roger Marques levou mais uma e segue liderando o ranking, seguido de perto por Claudio Chain: 2.656 x 2.529 pontos. No Feminino, Luara Diamante venceu a competição e leva vantagem sobre Luna Rebello, terceira colocada na prova, na pontuação geral.  A líder acumula 2.900 pontos, enquanto Luna chega junto com 2.710.  Em segundo ficou Yohanna Sarandini. A quarta e última rola na praia do Tombo, no Guarujá, entre os dias 22 e 23 de novembro.

Por Nancy Geringer / Fotos Munir El Hage

Nenhum comentário:

Postar um comentário