3 de setembro de 2014

Gank Filmes apresenta Eduardo Motta surfando no Peru

Cada vez mais presentes nas vidas dos surfistas, os vídeos mostrando viagens a locais com ondas perfeitas vem ganhando espaço. E a produtora Gank Filmes, criada há cerca de um ano e meio, aposta nesse nicho. Depois de uma ótima repercussão com o seu primeiro vídeo, “Na trilha das ondas”, apresentando o talento da nova geração, Eduardo Motta, o surfista é novamente protagonista de uma nova produção, agora surfando nas ondas do Peru. O novo trabalho mostra o atleta de 11 anos em sua primeira viagem internacional, com imagens em dois picos famosos, Lobitos e Piscinas.
Dudu ganhou a viagem de seu patrocinador, a Gangster, como premiação pelos bons resultados conquistados, e com o seu pai, Valclei, embarcou em busca de ondas perfeitas. Fizeram de três a quatro quedas diárias, desde de manhã cedinho, driblando o crowd, até o sol se por. "A viagem foi muito boa para meu surf. Pude aperfeiçoar meu back side e pegar boas ondas. Eu e meu pai só pensávamos em surfar. Acordava bem cedo e caia na água. Foi minha primeira viagem para fora do Brasil e agora quero ir cada vez mais. Meu sonho é ir para o Havaí e Indonésia", contou Dudu. Vitor Nastari, da Gank Filmes, explica que a produtora tem total identidade com o surf e incentiva todos os tipos de esportes radicais. “Somos apaixonados pela adrenalina e encaramos qualquer situação para realizar o trabalho com a melhor qualidade e técnica aprimoradas”, afirma Vitor, responsável pelo atendimento, produção, marketing e divulgação da Gank.
Ele e três amigos montaram a produtora e já contam com vários “Jobs”, envolvendo esportes radicais, músicas e outros segmentos. Junto com Vitor, atuam Carlos Henrique Arnoni (produção, marketing e redes sociais), Luiz Eduardo Saldanha (diretor de cena) e João Paulo Amato (coordenador de pós- produção). "A Gank Filmes foi formada por um grupo de amigos. Todos já trabalhavam na área e resolvemos unir nossa força e conhecimento. Hoje já temos bons trabalhos, resultados e queremos mais", afirma Vitor Nastari.

Por Fábio Maradei

Nenhum comentário:

Postar um comentário