24 de agosto de 2014

Paulinho Tomboys ansioso com o Rip Curl Guarujaense de Surf

O nome é Paulo Gonçalves. Mas pouquíssimas pessoas o conhecem ou chamam assim. Agora, se falar Paulinho Tomboys ou Lobisomem, para os mais chegados, a história é outra. O presidente da Associação de Surf do Guarujá vem comandando a entidade muito bem, com a realização de um dos principais circuitos regionais do Estado, o Rip Curl Guarujaense de Surf, fomentando a modalidade em nove categorias, desde a estreante até a master, passando pela longboard e o Sup.
Paulinho e Roley / Foto Silvia Winik
Nos próximos dias 30 e 31, o evento tem a terceira e última etapa, para definir os novos campeões municipais e, a grande atração, o supercampeão, valendo uma viagem para a Indonésia, com passagens aéreas e hospedagem durante dez dias na ilha de Bali. Diretamente ligado ao Rip Curl Guarujaense, está a formação da equipe nas categorias de base para o Circuito Paulista. Paulinho ressalta a revelação de grandes talentos, para manter sempre o elevado nível técnico da cidade, que é conhecida como uma das capitais do surf.

“É um campeonato forte, tradicional, onde conseguimos realmente revelar e formar novos valores, que competem junto com os mais velhos, servindo para ganhar experiência”, fala o presidente da ASG, Tomboys, que tem a importante colaboração em sua administração de Ricardo Simonian, o Rolley, hoje diretor executivo e ex-presidente da entidade. “É uma dupla que deu certo. Ele é essencial no Circuito”, elogia.

Aos 49 anos, Paulinho Tomboys começou a surfar aos seis anos. “Na época com prancha de isopor e também tinha umas de madeira”, lembra. Em 1977, decidiram fazer um evento na Praia Tombo e daí surgiu o famoso nome Tomboys. Na época, uma galera conhecia frequentava o pico e a turma, como Paulo Rabello, os irmãos Neno, Paulo e Amaro Matos, entre outros.

“Naquela época, a Praia do Tombo era linda. Uma vila de caiçaras. Tudo mato, muito verde, tudo natural. E com altas ondas. Em meados de 77, chegou ao Brasil o Jhonny Rice com a sua família e ele foi fazer pranchas na minha casa. Foi o início do surf. Explodiu no Guarujá com suas pranchas”, recorda o sempre bem-humorado Paulinho.

A etapa final do Rip Curl Guarujaense de Surf segue com as inscrições abertas. Os atletas podem garantir vaga no Palanque Fixo Paulo Tendas, na Praia do Tombo, de segunda a sexta-feira, das 14 às 17h30. A taxa é de R$ 80,00 e cada atleta deverá colaborar com um quilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar) para doação a instituição beneficente da Cidade.

O local das disputas será definido dias antes das disputas, conforme a previsão das ondas, para beneficiar os surfistas. “A grande atração será a disputa do Supercampeão, como fazemos todos os anos, para garantir emoção até o final. Os campeões voltam para o mar e juntos disputam uma bateria valendo o prêmio especial, a viagem para a Indonésia”, destaca Rolley.

Fonte FMA Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário