20 de julho de 2013

Várias modalidades marcam o Mahalo Pernambuco Winter Festival

O saquaremense Rodrigo Sphaier deu mais um importante passo para a conquista do título brasileiro de Longboard Profissional neste sábado, pois seus principais adversários já foram eliminados da competição. Ele ganhou um duelo eletrizante contra o capixaba Felipe Lacerda e vai disputar a primeira semifinal do Mahalo Pernambuco Winter Festival com o campeão mundial Phil Rajzman. Já a briga pela segunda vaga na grande final será os paulistas Carlos Bahia e Amaro Matos. No domingo, serão decididos os títulos das seis categorias da terceira etapa do Circuito Brasileiro de Longboard e da primeira do Stand Up Wave masculino e feminino, além das eliminatórias do Slackline, uma das novidades entre as dez modalidades esportivas que serão apresentadas até o dia 28 de julho no maior festival de esportes de aventura do Norte/Nordeste pelas praias de Ipojuca.
Felipe Lacerda (ES)
O atual campeão sul-americano Rodrigo Sphaier nem precisou competir na bateria que abriu as oitavas de final na manhã do sábado ensolarado e de boas ondas de 2-3 pés na Praia do Cupe. Seu adversário era o vice-líder do ranking, Halley Batista, que está no Rio de Janeiro participando de uma etapa do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional em Macaé e perdeu por w.o. Depois Sphaier enfrentou um dos melhores surfistas nas ondas da Praia do Cupe no sábado, o capixaba Felipe Lacerda. Ele teve que surfar muito bem para superar o maior talento da nova geração do Longboard.

O saquaremense não desperdiçou nenhuma chance nas ondas que escolheu e foi construindo uma sólida vantagem a cada apresentação, sempre combinando as manobras clássicas do pranchão com as mais radicais. Começou com nota 7,5, depois ganhou 8,47 e 7,83 para fazer o maior placar do dia, 16,23 pontos. Felipe Lacerda ainda arrancou a maior nota - 9,0 - do Mahalo Pernambuco Winter Festival, mas só conseguiu totalizar 15,03 pontos e terminou em quinto lugar, empatado com o paulista Danilo Rodrigo, o cearense Geraldo Lemos e o carioca Rodrigo de Sousa.
Carlos Bahia - SUP
Sphaier ainda foi beneficiado pela eliminação dos seus principais concorrentes, além da ausência do vice-líder, Halley Batista. Os dois paulistas que dividiam a terceira posição no ranking, Alex Leco e Jefson Silva, foram barrados nas oitavas de final por Rodrigo de Souza e Danilo Rodrigo, respectivamente. E o cearense Geraldo Lemos, que ocupava a quinta colocação, perdeu nas quartas de final para o paulista Amaro Matos. Com isso, Rodrigo Sphaier deve aumentar bastante a vantagem na corrida pelo título de campeão brasileiro de Longboard de 2013 na Praia do Cupe.

"Competição é assim mesmo, uns conseguem passar, outros não e a gente vai trabalhando para sempre tentar conquistar bons resultados, então é isso que estou fazendo", disse Rodrigo Sphaier. "O negócio é manter o foco e ter tranquilidade pra continuar em busca dos objetivos. Tive um adversário difícil agora, mas consegui achar boas ondas para me manter sempre na frente. O Felipe (Lacerda) tirou um 9,0 e vem mostrando a força da nova geração, mas a gente continua aí resistindo e dando trabalho pra eles também".
Atalanta Batista
Seu próximo adversário no Mahalo Pernambuco Winter Festival é o igualmente experiente Phil Rajzman, que desta vez ganhou a reedição da final do Mundial de Longboard de 2007 na França contra o paulista Danilo Rodrigo. O carioca foi o campeão mundial naquele ano e havia perdido para ele na etapa passada do Brasileiro de Longboard na Praia de Itapuama, semana passada em Cabo de Santo Agostinho, também no litoral sul de Pernambuco. Na Praia do Cupe, a vitória foi definida por apenas 7 centésimos de diferença no placar de 15,07 a 15,00 pontos. Phil Rajzman também destacou a participação da nova geração em Ipojuca.

"Eu gosto muito dessa onda do Cupe, é parecida com a de onde eu moro e estou feliz por estar de volta aqui, onde já fui vice-campeão de uma etapa e onde conquistei meu primeiro título brasileiro no ano passado", destacou Phil Rajzman. "Estou feliz em continuar competindo e vendo essa nova geração que está vindo com tudo aí, como o Felipinho (Felipe Lacerda) que está arrebentando. Ele já está dando o maior trabalho e fico contente em ver que nosso esporte continua revelando valores para representar nosso país nos próximos anos".
Rodrigo Sphaier (RJ)
A outra semifinal também será um verdadeiro clássico do Longboard, entre os paulistas Carlos Bahia e Amaro Matos que já têm títulos de campeão brasileiro no currículo como os dois que vão disputar a primeira vaga na grande final do Mahalo Pernambuco Winter Festival. Bahia também compete no Stand Up Wave e se classificou para a grande final desta modalidade que será encerrada neste domingo na Praia do Cupe.

"Finalmente tirei uma zica aqui porque estava empacado no quinto lugar, sem conseguir passar das quartas de final. Mas, deu tudo certo agora e estou focado em conquistar um bom resultado nesta etapa", disse Carlos Bahia. "Também estou no Stand Up, mas meu foco principal é o Longboard, que garante meu sustento. Só que gosto de pegar onda de Stand Up também e participo das competições, mas se houver um choque de datas entre uma modalidade e outra, como já aconteceu, minha preferência é o Longboard sempre".
Carlos Bahia (SP)
Mais duas categorias do Longboard foram iniciadas no primeiro sábado do Mahalo Pernambuco Winter Festival. Na profissional feminina, a pernambucana Atalanta Batista segue firme na busca pelo tetracampeonato brasileiro e estreou com vitória na Praia do Cupe, onde ela defende o título desta etapa também. Na grande final que será realizada neste domingo, ela quer buscar mais uma vitória em Ipojuca na final contra a carioca Mainá Thompson, a paranaense Thiara Mandelli e a potiguar Eliane Andrade. "Estou bem confortável aqui, pois é do lado da minha casa, sempre treino aqui no Cupe e o mar está bem legal hoje (sábado), sem vento, boas ondas, então foi só fazer o que eu sei e estou feliz por fazer mais uma final", falou Atalanta Batista. "Deu tudo certo e agora é descansar para dar o gás amanhã (domingo) e tentar mais uma vitória aqui".

Na categoria Master, o baiano Rogerio Vasconcelos segue imbatível e vai defender a liderança invicta no ranking 2013 da Associação Brasileira de Longboard (ABL). Ele venceu a primeira etapa disputada em Fernando de Noronha e também a encerrada no último domingo em Cabo de Santo Agostinho. Seus adversários na decisão do Mahalo Pernambucano Winter Festival são o pernambucano Nascimento Rocam e os paulistas Paulo Giachetti e Carlos Pereira. "Pois é, já estava na final da Amador Open que eu também lidero o ranking, agora passei pra final Master que eu estou invicto esse ano e estou amarradão, muito feliz mesmo", vibrou Rogerio Vasconcelos, que parece não cansar nunca. Além destas duas categorias, ele também participa da Profissional e ainda se aventurou no Stand Up Wave, mas foi barrado pelo paulista Carlos Bahia e pelo cearense Geraldo Lemos na primeira bateria da modalidade praticada com remo nos pranchões.
Phil Rajzman (RJ)
O Mahalo Pernambuco Winter Festival fecha o Longboard e o Stand Up Wave neste domingo e na próxima semana a Praia do Cupe continua com o Slackline e será palco de uma das três etapas do Brasil Tour com maior premiação do circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) este ano, que são decisivas na corrida pelo título brasileiro por serem as únicas a valerem 3.000 pontos. Grandes estrelas do surfe nacional estarão se apresentando nas ondas do Cupe a partir da quinta-feira e no sábado tem Lual na praia com show da banda Black Zion. Em Maracaípe, as competições de Kite Surf e Bodyboard começam na sexta-feira, dia 26, enquanto em Porto de Galinhas acontecem os campeonatos de Skate, Volei de Areia, Futevolei e a Corrida de Jangadas entre os pescadores locais.

Por João CarvalhoFabriciano Jr. / ABL

Nenhum comentário:

Postar um comentário