22 de julho de 2013

Brasil sedia Wakeboard e Wakeskate em Cable Parks

O wakeboard é o esporte aquático que mais cresce no mundo, não é por acaso que está na disputa para ser inserido nas Olimpíadas de 2020. Antes disso, o esporte no Brasil terá um novo marco, já que o Naga Cable Park receberá no dia 03 de agosto o 1º Campeonato que irá inaugurar o Ranking Brasileiro de Wakeboard e Wakeskate em Cable Parks. O inédito evento e homologado pela ABW (Associação Brasileira de Wakeboard).
Pedrinho Caldas, de apenas 13 anos já é profissional de wakebord
A presença dos principais wakeboarders do país já está garantida. Entre os atletas profissionais de wakeboard destaque para: Marcelo Giardi, Luciano Rondi, Pedro Caldas e Vitor Cordeiro. Entre as mulheres, Camila Ortenblad e Gabriela Rondi. Os riders locais Lucas Bombarda, Igor Boito e Bruno Ulotte, também estão confirmados. O evento terá cinco categorias em disputa na categoria wakeboard: feminino, iniciantes, intermediários, avançados e pro; e duas na categoria wakeskate: open e pro.

O organizador do evento, Igor Boito, acredita que o evento será um marco para o esporte. “Os campeonatos de wakeboard puxados por barco acontecem no Brasil desde 1995. Com a chegada dos Cable Parks no país, desde 2009, já estava na hora de um evento profissional em Cable, já que a maioria dos grandes nomes do esporte treina tanto no barco como nos Cable Parks”, afirma.
O 1º Campeonato Brasileiro de wakeboard e wakeskate em Cable Park tem apresentação da Oakley. Os patrocinadores são: Naga Cable Park, Cronic, Slingshot e Revista Wake Brasil, responsável também pela organização. Os apoios são: wakebrasil.com, Red Bull, Hotel Matiz, Project Wakeskate e Fogos Paraty.

Por Alline Juscelino

Nenhum comentário:

Postar um comentário