20 de julho de 2013

Altas na abertura do Macaé Eco Surf 2013

O Macaé Eco Surf 2013 teve inicio na manhã deste sábado (20.07), com ondas de meio metro na Praia do Pecado, em Macaé, no Rio de Janeiro. A competição, que é válida pela segunda etapa do Circuito Brasileiro de Surf, o ABRASP Pro Tour 2013, teve como destaques o baiano Alanderson Martins e o paulista David do Carmo. Foram realizados 26 confrontos, faltando apenas duas baterias para o término da terceira fase.
David do Carmo
A competição que vale três mil pontos e um cheque do Banco Itaú de R$ 15.000,00 reais começou com boas ondas na laje do Pecado. Logo pela manhã, o líder do circuito, o baiano Franklin Serpa somou 14 pontos e fez a terceira maior média do evento deste sábado de muito sol, após vencer Thiago Bichini, que ficou em segundo lugar. Seu conterrâneo, Marco Fernandez, ficou em quarto e o local João Castano terminou na terceira colocação. Com isso, os dois foram eliminados.

Ainda na segunda fase, o paulista David do Carmo fez o maior somatório. O surfista da Praia Grande totalizou 15,34 pontos de 20 possíveis para vencer o cabo-friense Vitor Ribas, que ficou em segundo lugar e garantiu participação na terceira fase. Nessa bateria, o paraibano Raphael Seixa e o capixaba Lucas Pazzolini deram adeus ao evento. “A organização está de parabéns por ter adiado o evento ontem. Hoje temos uma condição muito melhor. A onda do Pecado é forte e encaixa muito bem com o meu surf, prova disso foram as boas notas que tirei” disse David.
O atleta que fez a maior nota do dia foi o baiano Alanderson Martins, com 8,33, na 14ª bateria da segunda fase, contra Luan Carvalho, que ficou em segundo. Marcelo Bispo, do Rio de Janeiro, foi o terceiro colocado, enquanto Nathan Brandi, de São Paulo, em quarto, e acabaram se despedindo da competição. Alanderson, que mora em Macaé há mais de quatro anos, está correndo o ranking do Rio de Janeiro e tem como objetivo o título estadual. “Esse ano, o meu foco é o carioca. Quero muito competir o WT de 2014, e obter um bom resultado aqui em Macaé seria perfeito” avaliou Alanderson.

Por Roberta Pinto / Fotos Pedro Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário