5 de abril de 2013

O dia 1º de abril ficará marcado na história do surf brasileiro

Mineiro foi o primeiro brasileiro a tocar o sino no tradicional evento, ele derrotou o norte-americano Nat Young na final para embolsar US$ 75 mil e agora entrou na briga pelo título de campeão mundial. Para chegar à final, Mineirinho precisou passar por mais dois confrontos emocionantes. Primeiro foi a vez de o brasileiro derrubar o australiano Mick Fanning, campeão do Rip Curl Pro em 2012.
Adriano de Souza apresenta seu novo patrocínio ao mundo / Foto divulgação
O duelo foi muito tenso e contou com poucas ondas. Adriano largou na frente com 7.33, mas Mick reagiu com 7.93 e virou nos minutos finais com 5.83. A onda salvadora veio no último minuto e Adriano não desperdiçou a oportunidade. Ele buscava 6.44 e conseguiu 7.00 pontos.

Na semi, Mineirinho travou uma batalha eletrizante com o sul-africano Jordy Smith. Os dois arrepiaram as ondas de Bell's e deixaram o público em êxtase do início ao fim. Jordy saiu na frente com 9.53 e ampliou o placar com 8.00. Pouco tempo depois, Mineirinho respondeu com 9.27 e não demorou muito tempo para tomar a liderança com 8.77, deixando Jordy a 8.51 da vitória.

O sul-africano chegou perto com 8.10, mas viu Adriano aumentar o placar no minutos finais. O brazuca obteve 8.27 na primeira tentativa, mas finalmente trocou sua segunda maior nota (8.77) por 9.17. Nesta terça-feira o surf brasileiro está em festa e a empresa Pena em nome de todos os seus Diretores, funcionários, representantes, lojistas, clientes, amigos e familiares parabenizam Adriano de Sousa pela vitória inédita no Circuito mundial, o aniversário foi da Pena e o presente dado por Mineirinho não poderia ter sido melhor.

Por Lima Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário