2 de abril de 2013

Atenção: Roosevelt X Skatistas

Há quase 30 anos a Praça Roosevelt situado no Centro de S. Paulo (SP) é um tradicional local de prática do Skate no Brasil. Popularizada entre os skatistas na Década de 80 pelos ídolos como Beto Or Die e Rui Muleque, ficou conhecida em todo país, atraindo milhares de pessoas para praticar Skate nesta praça. Nos Anos 90 e 2000, mesmo não estando em bom estado, centenas de skatistas sempre fizeram suas 'sessões' na Pç. Roosevelt, inclusive um dos moradores de um prédio bem na frente do local tornou-se um dos melhores skatistas de todos os tempos e com uma brilhante carreira internacional; Rodrigo Teixeira.
Pouco antes da Roosevelt ser fechada para sua reforma, os skatistas eram um dos poucos a continuar frequentando o lugar, zelando para não se tornar de vez espaço abandonado e perigoso. Até alguns eventos memoráveis aconteceram nesta epóca na Roosevelt como o Consbo Skate para Meninas e o DC King of São Paulo trazendo novamente vida à praça. Após quase 02 anos fechada para reforma, em Setembro de 2012 a Praça Roosevelt foi a reinaugurada e milhares de skatistas começaram de novo utilizar o local, seja por ter ficada muito boa para a prática do Skate ou por não haver muitos espaços apropriados no Centro de S. Paulo ou, ainda, porque a maioria das pistas de Skate paulistanas estarem sem condição de uso.

CBSk nas reuniões - Entretanto devido ao grande número de skatistas na praça começaram a existir reclamações dos moradores da região quanto ao barulho e comportamento. Assim no começo de Outubro a Subprefeitura Sé e a Secretaria Municipal de Esportes convidaram a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) para participar de reuniões com representantes do poder público e moradores para regulamentar a utilização da Roosevelt por todos os cidadãos. Sabendo dos problemas acontecidos e de uma possível proibição de Skate num tradicional e histórico 'pico' brasileiro, a CBSk aceitou o convite para defender os interesses dos 20 mil skatistas do Centro paulistano e do mais de 384 mil skatistas da capital de S. Paulo.

Após diversos encontros e debates ficou decidido em consenso que parte da praça seria reformada, adaptada e destinada exclusivamente para o Skate sendo definido o espaço na Roosevelt compreendido entre o Quiosque da GCM no piso superior seguindo pelos lances de escadas maiores até o piso próximo à Rua da Consolação totalizando cerca de 1.500 m². Também foi acordadado nestas reuniões o cumprimento da Lei PSIU por todos usuários, sejam skatistas ou não, onde não é permitido fazer barulho das 22 às 08 horas a fim dos residentes em volta da Roosevelt possam ter o sagrado direito ao descanso.
Sendo deste jeito a CBSk montou uma Comissão de Skatistas formado por renomados profissionais e amadores frequentadores assíduos da Roosevelt como Alexandre Nicolau, Alexandre Zikk Zira, André Hiena, Hélio Greco, Klaus Bohms, Rodrigo Luvizotto entre outros para definir como ficaria o espaço do Skate na praça. De forma democrática a comissão fez uma vistoria na praça em Novembro e definiu transformar o lugar numa verdadeira Skate Plaza de tal maneira onde os obstáculos teriam uma vida útil e conservação maior em relação a atual, aguentando o impacto da presença de cerca de 500 skatistas por dia o que já está danificando corrimãos, bordas e bancos.

Após a apresentação das sugestões da Comissão dos Skatistas e aprovação por parte dos representantes dos moradores e poder público no começo de Dezembro, infelizmente as reuniões cessaram por quase um mês devido à troca de gestão na Prefeitura de S. Paulo e os acordos não foram executadas ainda em 2012.  CBSk acredita que devido a esta paralização nas negociações e não ter colocado em prática o que já havia sido combinado entre as partes, em 04 de Janeiro acabou acontecendo o fato lamentável da agressão de um guarda municipal ao skatista William Bigode.

Inclusive este guarda foi suspenso por 04 meses e está respondendo um processo administrativo que pode levá-lo a explusão da GCM. Devido a este acontecimento infeliz a nova gestão da Subprefeitura Sé convidou novamente a CBSk, representantes dos moradores e da GCM para reiniciar as reuniões para prosseguir os andamentos para regularização da utilização da Praça Roosevelt e criação do seu Conselho de Representantes. Nas conversas a Subprefeitura Sé estabeleceu identificar mais lugares no Centro do município para construção nos próximos meses de Skate Plazas e Skate Parks com objetivo de aumentar as opções de locais para prática de Skate e assim desafogar a grande procura pela Roosevelt.

Um destes encontros aconteceu na SP Urbanismo onde determinou-se um escritório de arquitetura para projetar as mudanças sugeridas pela Comissão dos Skatistas numa planta para que podessem iniciar as obras de reforma da futura Skate Plaza da Roosevelt. Na penúltima reunião do Conselho de Representantes acontecida na Subprefeitura Sé no início de Fevereiro foi apresentada tal planta elaborada pela Borelli & Merigo, mesmo escritório de arquitetura projetista da reforma de toda Pç. Roosevelt, que foi aprovada por todos presentes.
Uma skate plaza na Roosevelt - Conforme sugestão da Comissão de Skatistas aprovada pela Subprefeitura Sé e Conselho de Representantes a futura reforma será da seguinte forma:
- retirar todas grades junto às rampas de acesso para cadeirantes destruindo as pequenas muretas existentes, formando três grandes Gaps
- trocar os atuais oito corrimãos no espaço por corrimãos reforçados sendo quatro tubulares e quatro quadrados
- instalar cantoneiras em formato de U nos bancos de madeira como as jardineiras tanto nas bordas de fora quanto de dentro
- construir uma rampa para wall-rides nas costas da jardineira mais alta no piso intermediário
- instalar uma trave na seção das escadas double set paralelas à Igreja da Rua Consolação - construir uma longa meia pirâmide no piso intermediário junto à rampa de acesso para cadeirantes
- construir uma rampa reta em cima da metade da escadaria do piso superior entre o quarto e décimo degraus
- isolar a nova Skate Plaza com grades a fim de assegurar que skatistas não trombem com algum pedestre desatento ou desavisado

A previsão que a Skate Plaza fique pronta ainda no primeiro semestre.

Regras novas na Roosevelt - Seguindo o que foi acordado, a Prefeitura de São Paulo instalou recentemente placas informativas na Praça Roosevelt dos locais onde a prática esportiva é autorizada.
Conforme o subprefeito da Sé, Marcos Barreto, declarou "Nesse primeiro momento essas placas têm um caráter educativo, que indicam melhor o uso a partir desse acordo que foi feito. O uso obrigatório dessa área vai ser a partir do momento que a reforma do local reservado para o Skate estiver pronta”.
Portanto é preciso respeitar os locais autorizados para a prática de Skate na Praça Roosevelt, principalmente nos finais de semana e feriados quando há muitas pessoas que não andam de Skate no lugar.
Também não andar de Skate após às 22 horas nem antes das 08 horas como tomar cuidados e respeitar os demais usuários da Roosevelt. Estas novas regras de utilização e convivência, visam disseminar a prática de cidadania, convivência, respeito e compartilhamento, resultando em segurança para todos.
Depois da reforma da Praça Roosevelt a cidade de S. Paulo ganhará sua primeira Skate Plaza com tamanho considerável, bem localizada e propícia para a prática do Skate.

Normas:
- Horário: das 08 às 22 horas
- Local reservado para Skate: do Quiosque com janelas de vidro da GCM no piso superior seguindo pelos lances de escadas maiores até o piso próximo à Rua da Consolação
- Respeite os demais usuários sejam animais, cadeirantes, crianças, idosos e adultos, skatistas ou não
- Siga as orientações da GCM e PM
- Não utilize bebidas alcoólicas

Fonte Comunicação CBSk

Nenhum comentário:

Postar um comentário