11 de dezembro de 2012

Muito mais que uma corrida!

Através do Processo de Pacificação a geografia do Rio de Janeiro está sendo mudada. Devido ao fim domínio do tráfico de drogas, locais antes impossíveis de serem acessados agora podem ser descobertos e, inclusive, podem se transformar em palco de eventos esportivos. Esta nova realidade viabiliza, o projeto Manguinhos e Jacarezinho de Braços Abertos, que acontece no próximo dia 16 de dezembro. As corridas (10 km  e 5km) serão parte do projeto que visa integrar as comunidades recém-pacificadas. As inscrições podem ser feitas até terça-feira, (11/12), pelo site do evento: www.projetodebracosabertos.com.br, em Manguinhos, na Associação João Goulart (Estrada de Manguinhos, s/n – 10h às 16h) e na Academia Pratique Fitness (Rua Amaro Rangel, 18 – Jacaré, 3o andar – 10h às 16h).
O percurso promete apresentar lugares do Rio de Janeiro quase desconhecidos para cariocas e turistas. Mais do que isso, socializar, através do esporte, uma parcela da população da cidade, que jamais imaginou uma prova deste tipo dentro da comunidade. O projeto será um marco na história destes locais. A primeira de muitas competições que farão parte na nova realidade, longe do controle do tráfico e da ausência do poder público.

Ambas as distâncias largarão na Rua Av. Dom Helder Câmara, 1184, Manguinhos (Praça do PAC – Atrás da Escola Estadual Compositor Luiz Carlos da Villa), ao lado da UPA de Manguinhos. O percurso segue pela Rua Leopoldo Bulhões e os atletas entrarão a esquerda, logo após o prédio dos Correios.  Neste trecho, os corredores entrarão por várias vielas da comunidade, passando por locais conhecidos como Mandela de Pedra, Curva do Rio e Beco do Gato. Pela Via Um, a prova chegará a uma ponte que dá acesso a Rua Beira Rio, no km 2 da disputa. Na sequência, a competição volta para a Leopoldo Bulhões, entrando pelas Ruas Sizenando Nabuco, Rosa da Fonseca e Castro Tavares. Os percursos de 10 km e 5 km se dividem neste trecho.

Quem optou pela menor distância retorna pela Rua Leopoldo Bulhões até o local da largada. Já os que escolheram o desafio maior, seguem para a comunidade do Jacarezinho para mais alguns quilômetros por vilas e becos da comunidade. Os pontos de referência para os atletas serão a estação de Trem Jacarezinho e a base do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

Repetindo o feito das edições anteriores nas comunidades da Zona Sul, o “Manguinhos e Jacarezinho de Braços Abertos” promoverá ainda o concurso cultural “Grafite Seu Esporte”, com curadoria do grafiteiro profissional Marcelo Lamarca, que auxiliará artistas locais e convidados na produção de seus painéis. Já para os fotógrafos interessados no projeto, o “Fotografe Essa Ideia” premiará as três melhores captações para Amadores e Profissionais através de uma votação popular online. Serão distribuídos R$500, R$200 e R$100, respectivamente para os primeiros, segundos e terceiros colocados em ambas as ações.

Além do grafite e da fotografia, a Capacitação Profissional de jovens moradores de Manguinhos e Jacarezinho para atuação como staff em eventos esportivos também será uma ferramenta de inclusão homologada pela organização do projeto. As inscrições serão gratuitas para 300 jovens. Eles serão coordenados pela ONG Gente Brasil, além de pedagogos e oficiais do BOPE, durante o período de realização do curso.

Por Rafael Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário