30 de junho de 2012

Vamos atravessar o Rio Araguaia!

Realizada há 28 anos consecutivos no Rio Araguaia, o evento consiste em percorrer 33km do Rio e não é apenas uma competição desportiva, mas também uma forma legítima de entrar em contato com a singularidade e beleza desse que se soma à lista dos mais impressionantes rios brasileiros.
A 29ª Travessia do Rio Araguaia,  reconhecida pela Confederação Brasileira de Canoagem como  Campeonato Brasileiro de Maratona de Eco-turismo e pela Federação Goiana de Canoagem como Campeonato Goiano de Maratona de canoagem, a prova mais antiga da canoagem no Brasil, será realizada nos dias 07 e 08 de Julho de 2012, em Aruanã (GO). Inscrições: www.fgcanoagem.com.br

Fonte FGCanoagem Comunicação

29 de junho de 2012

Guarapiranga recebe aulas de esportes aquáticos

Este ano a represa receberá no sábado e domingo as Clínicas e Campeonato Participativo de Wakeboard⁄Wakeskate, de Stand Up Paddle e Canoa Havaiana


O Guarapiranga Radical é uma das principais atrações de esportes aquáticos que acontece durante a Virada Esportiva. Este ano a represa receberá no sábado e domingo as Clínicas e campeonato participativo de Wakeboard, Wakeskate, Stand Up Paddle e Canoa Havaiana. 
A Represa de Guarapiranga fica a 25 km do centro da cidade de São Paulo e possui 28 quilômetros de margens, mas poucos paulistanos conhecem ou aproveitam desta grande opção de lazer e esporte que a cidade oferece. E a Virada Esportiva é a grande oportunidade da população de curtir melhor essa região, entre as atrações estão:

Clínicas e campeonato participativo de Wakeboard/Wakeskate
O barco realizará um circuito dentro da represa, ensinando às pessoas a prática do wakeboard e wakeskate. Desde ficar em pé na prancha até realizar manobras.

Clínica e campeonato participativo de Stand Up Paddle
O Stand Up Paddle é praticado com um remo de carbono para remar e se deslocar por onde quiser em pé em uma prancha maior e com mais flutuação do que as de surfe. Ela também é leve o bastante para ter um bom desempenho na remada. Existem mais duas maneiras de r emar: de joelhos e deitado. O SUP pode ser praticado nas ondas com as mesmas manobras do surfe e em lagos ou rios, competições de longa distância chamada de Race e revezamento. 
Clínicas e campeonato participativo de Canoa Havaiana
São seis pessoas remando, concentradas, cada com sua função dentro da equipe e, ao grito de “hip holl”, tudo muda. Projetadas para o mar aberto, para enfrentarem grandes ondas, foram às embarcações usadas por polinésios para a conquista das diversas ilhas do Pacífico. As canoas havaianas estão sendo utilizadas como turismo de aventura e esporte de natureza no Canadá, Nova Zelândia, Itália, Austrália, Costa Rica, Indonésia, China, Inglaterra, Japão e, claro, no Havaí. Os canoístas e responsáveis pela divulgação do esporte estão trabalhando para que seja um dos esportes de demonstração nas próximas Olimpíadas.

Por Alline Juscelino

Snowboard experience no CEU Cidade Tiradentes

Atração é a oportunidade para os paulistanos conhecerem e praticarem esportes de neve, neste fim de semana,na Zona Leste


Sucesso na última edição da Virada Esportiva, o Snowboard Experience traz mais uma vez para o evento a oportunidade dos paulistanos conhecerem e praticarem esportes de neve. Essa atração será diversão garantida para toda a família e uma opção de lazer para o domingo com aulas de Snowboard. Além disso, estarão disponíveis para o público uma pista e um simulador de Snowboard e ainda uma á rea Vip Wii Fit.
SnowBoard
O público poderá escolher diversas atividades para fazer nessa atração, entre elas:
Pista de Snowboard
Montada com placas de polietileno, a pista é indicada aos que já estão preparados tecnicamente. Nela, esquis e snowboards deslizam facilmente dando a perfeita sensação de se esquiar na neve.

Simulador de SnowBoard
O simulador de snowboard tem o objetivo de acumular o maior número de pontos fazendo manobras radicais na neve. Este simulador é todo controlado pelo teclado e o personagem se move sozinho, cabendo apenas estruturar as manobras. A trilha sonora é muito divertida conforme o usuário faz as manobras pode-se ouvir os efeitos que simulam a derrapagem na neve.
Área Vip Wii Fit SnowBoard
Uma área disponível com 4 wii fit simulando a prática de snowboard.

A Virada Esportiva 2012 ainda terá outras atrações radicais como: Arena Radical com dezenas de atividades para o público no Vale do Anhangabaú; Arena Duas Rodas no Vale do Anhangabaú com diversas apresentações de motociclistas e um circuito de ruas; Skate no Museu com competições e clínicas para o público no Parque da Independência no Pátio do Museu do Ipiranga; Air Show Festival com esportes aéreos eletrizantes e na represa acontece o Guarapiranga Radical com competições náuticas e aquáticas.

Serviço: 
Sábado (30/06)
Local: CEU – Cidade Tiradentes
Horário: das 10 às 17 horas

Por Alline Juscelino

Fim de semana tem XTerra em Santa Bárbara

Cidade mineira de grande importância histórica no ciclo do ouro brasileiro receberá mais de 1500 atletas. Destaque será MTB Cup, com presença de Érika Gramiscelli. Provas acontecem dias 30 de junho e 1º de julho 

Depois de passar por Natal (RN), Ilhabela (SP), Teresópolis (RJ) e Manaus (AM), o principal evento cross country nacional chega em Santa Bárbara (MG) para o XTerra Entre Serras e Trilhas. Serão dois dias - 30 de junho e 1 de julho - de muito esporte outdoor, com provas de duathlon, mountain bike e corridas noturna e infantil. Um dos maiores atrativos é a MTB Cup, que vale pontos no ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).
Disputada no estilo maratona cross country de mountain bike - serão intensos e exaustivos 62.5 km por um terreno acidentado, com valas, buracos e pedras soltas - a MTB Cup é desejada por grandes bikers. Um dos destaques é Érika Gramiscelli uma das principais ciclistas brasileiras da atualidade. Érika é, simplesmente, a atual tetracampeã brasileira de mountain bike cross country e única ciclista verde-amarela a participar dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011. "Participo das provas de mountain bike do XTerra desde que elas entraram no Circuito, ainda nos anos 90, e, por isso, elas são muito importantes para mim", disse a experiente biker, há 15 anos pedalando em alto nível, para, em seguida, contar o que espera do percurso: "Por mais que o atleta esteja preparado, as provas do XTerra são de matar. Lembro-me de uma etapa em Pedra Azul (ES) que parecia interminável".

Pela primeira vez parte de uma etapa do XTerra Brazil Tour, o Duathlon contará com nomes brasileiros e internacionais do mais elevado quilate, como Sabrina Gobbo, Luzia Bello, Suzanne Snyder, Mateus Ferraz, Cid Barbosa, Will Kesay e Felipe Moletta (Campeão do Triathlon na última etapa do XTerra, na Amazônia), além de marcar o retorno do vitorioso e renomado Alexandre Manzan, apelidado, simplesmente, de Mr. XTerra. O prova terá 3 km de corrida, 35 km de mountain bike e mais 9 km de corrida, a serem percorridos nesta ordem.

A Night Run, corrida noturna por trilhas com um trajeto de 6 km, aterrissa em Santa Bárbara com um cartaz e tanto. Além de estar presente em todas as etapas do XTerra Brazil Tour 2012, a Night Run contou com nada menos do que 4 mil corredores na sua última edição, realizada em Manaus. E como esporte não escolhe idade, o XTerra Entre Serras e Trilhas também terá a Kids Mini Corrida, para crianças até 12 anos de idade, com distâncias que variam entre 50 m e 1 km.
Provas:
Duathlon
Pela primeira vez presente em uma etapa do XTerra Brazil Tour, o Duathlon promete uma acirrada disputa com grandes nomes do esporte cross country brasileiro e internacional. O percurso contará com 3 km de corrida, 35 km de mountain bike e mais 9 km de corrida, nesta ordem. A prova está marcada para 30 de junho, com largada às 10h.

MTB CUP
Uma competição de mountain bike no formato maratona cross country com um percurso de 62.5 km. Bikers brasileiros de alto nível estarão presentes para participar de uma prova que vale pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). A MTB Cup ocorrerá no dia 1 de julho e os atletas começarão suas pedaladas às 9h.

Night Run
Presente em todo o circuito XTerra Brazil Tour 2012, a Night Run é puro sucesso - na etapa realizada em Manaus foram nada menos do que 4 mil inscritos. Em Santa Bárbara, a corrida noturna por trilhas terá um percurso de 6 km e será 30 de junho, com início às 19h.

Kids Mini Corrida
Aqui a criançada pede passagem. Meninos e meninas até 12 anos de idade começam a viver o mundo do esporte outdoor com diversas corridas infantis - as baterias variam com a idade dos participantes e vão de 50 m até 1 km. A Kids Mini Corrida será no dia 1 de julho, e os pequenos começam a gastar a sola do tênis às 10:30h.

Por Fernanda Villas / Fotos XTerra

Arena Duas Rodas será no Vale do Anhangabaú

Atração radical terá explosões cinematográficas, moto lança−chamas, efeitos especiais e pirotécnicos

A Arena Duas Rodas é sempre um dos grandes destaques da Virada Esportiva. Essa atração mais que radical será realizada em dois locais diferentes. No Vale do Anhangabaú o público acompanhará o show de moto “Wheeling”, demonstrações de Free Style Motocross e o Bike Dirt. Já o 1º Downhill Urbano sairá da Praça do Ciclista. Cerca de 20 mil pessoas são esperadas para acompanhar as melhores manobras sobre duas rodas, entre elas:
Show de Moto “Wheeling”
O Wheeling é uma modalidade que chegou ao Brasil nos anos de 1980, após ter sido trazida da Europa. Na época, era conhecida como “speed wheeling”, um tipo de prova de arrancada que os pilotos vinham com a moto empinada, apoiados em uma roda e em alta velocidade. Wheeling é uma das modalidades que mais exigem sincronismo do p iloto e motocicleta, já que um erro pode causar uma bela queda. Serão realizadas explosões cinematográficas, moto lança-chamas, efeitos especiais e pirotécnicos. O show terá duração de 01 hora onde são apresentadas mais de 50 manobras diferentes.

Free Style Motocross
Modalidade que mais cresce no cenário da paixão sobre duas rodas. Atletas farão manobras saltando de uma rampa de lançamento até uma rampa de pouso.

Bike Dirt
O Bike Dirt é a modalidade mais radical sobre uma bicicleta. Atletas realizam back flips, superman entre outras ousadas manobras com o auxilio de rampas.

1º Downhill Urbano
Será realizado um passeio voltado à prática do ciclismo extremo na modalidade Downhill & Freeride, que passará por diversos lugares da cidade saindo da Praça do Ciclista (PaulistaXConsolação). Diversos atletas vão demonstrar uma forma de ciclismo que consiste em descer o mais rápido possível um determinado percurso com obstáculos urbanos como, por exemplo, escadarias e ladeiras.
Percurso: 1º ponto - Rua Frei Caneca (Final) X Rua Caio Prado; 2º ponto - Escadaria da Av. 9 de julho com acesso a Rua Álvaro de Carvalho; 3º ponto - Largo da memória; 4° ponto - Praça da Sé; E o 5º ponto - Anhangabaú.

Serviço:
Sábado (30/06)
Show de Moto “WHEELING”, Motocross free style e Bike Dirt
Local: Vale do Anhangabaú
Horário: a partir das 21h00
Domingo (01/07)
1º Downhill Urbano
Local: Concentração na Praça do Ciclista (PaulistaXConsolação)
Horário: das 09h00 às 16h00

Por Alline Juscelino

Danilo de Souza é destaque na Nova Geração

A Primeira Etapa do Circuito ASN Cyclone Nova Geração de Surf 2012 foi realizada da melhor forma possível. As previsões se confirmaram e no último dia 24 de junho amanheceu com sol e clima agradável para um domingo familiar na praia de Itacoatiara. As disputas aconteceram em ondas de meio metro com ótima formação, próximo a pedra do Costão. Perfeito para a garotada de até 14 anos, que a cada competição demonstra estar mais amadurecida. O evento em Niterói contou com a presença de atletas de Saquarema, Arraial do Cabo, Rio de Janeiro e São Francisco do Sul, em Santa Catarina.
Danilo de Souza
O grande destaque foi Danilo de Souza, que é atleta da Cyclone. Danilinho surfou com muita habilidade, segurança e frieza para virar resultados desfavoráveis nos últimos instantes das baterias. Autor de notas altas ao longo do campeonato, ele faturou a Infantil e ficou em segundo na Iniciante. A ASN fechou uma nova parceria. Foi montada uma tenda onde atletas, comissão técnica e os presentes na praia puderam degustar o suco de Açaí Amazoo. O apoio foi confirmado para o decorrer deste ano, o que elevará a estrutura dos próximos eventos, com o oferecimento de um alimento saudável para todos os atletas, agregando valor ao circuito.

A final da categoria Pré-petit (sub-8) foi formada por quatro surfistas de cidades diferentes. Yan Söndahl de São Francisco do Sul, Santa Catarina, participou do estadual fluminense na semana anterior. Permaneceu no Rio para correr mais um campeonato, e saiu de Itacoatiara com o título da primeira etapa da ASN. Com uma diferença de menos de um ponto, Raphael Castro, do Rio de Janeiro, ficou em segundo. O saquaremense Diego Templar, caçula da competição, foi o terceiro, e o local Yan Maia o quarto.
Na Petit (sub-10), o niteroiense Valentino Belga, campeão da primeira etapa do estadual na mesma categoria, fez valer o conhecimento das ondas de Itacoá para derrotar três visitantes, faturando o segundo caneco em duas semanas. Daniel Templar de Saquarema defendia o título, mas desta vez foi o vice. Kauai Pinheiro de Arraial do Cabo ficou em terceiro, e seu xará Kauai Marinho, de Saquá, finalizou em quarto.

Danilo de Souza fez uma campanha impecável na Infantil (sub-12), e passou todas as baterias em primeiro. Na decisão ele conseguiu a maior nota e venceu com folga. Paulo Renato, que divide os treinos entre Niterói e Recreio dos Bandeirantes, voltou às competições neste ano e garantiu o segundo. Daniel Templar, campeão do ranking Infantil em 2011, exibiu boas batidas, mas só foi suficiente para deixá-lo em terceiro. Vitor Ferreira, que também participou da final Iniciante, foi o quarto.
Danilo de Souza
Antes da decisão da principal categoria da nova geração, entrou na água uma bateria de exibição com surfistas profissionais, que deram um verdadeiro show de surf. Simão Romão, atual vice-campeão brasileiro e local do Arpoador, prestigiou o evento para acompanhar Anderson “Picachu” e Douglas “DDD”, atletas do Favela Surf Clube. Aplicou suas famosas patadas de backside, mas não foram suficientes para barrar o experiente Guilherme Herdy, que estava inspirado e apresentou um repertório variado, com direito a tubo e aéreo, demonstrando que ainda tem muita lenha para queimar. Marcelo Maia, que representou Niterói nas competições estaduais e nacionais na década de 80, continua com o surf afiado e foi o terceiro. Guilherme Sodré não encontrou ondas de potencial para executar manobras modernas, terminando no quarto posto.

A Iniciante foi muito equilibrada, com todos os finalistas deixando a impressão que o futuro do estado do Rio de Janeiro está garantido. Em uma batalha “Rio X Niterói”, o carioca João Jacques virou o resultado em seu favor nos instantes finais, pulando do terceiro para o primeiro lugar. Danilo de Souza, em sua última tentativa, pegou a segunda melhor onda da decisão e terminou com o vice. Luca Nolasco, campeão da primeira etapa do estadual, conseguiu o maior somatório do evento na semi-final e era o grande favorito. Liderou a bateria até a entrada da última série de ondas, quando foi ultrapassado por dois oponentes. Vitor Ferreira do Recreio repetiu a colocação da Infantil, e completou o pódio em quarto.
Guilherme Herdy e amigos
No término da competição todos ficaram muito satisfeitos. Os finalistas levaram para casa uma ótima premiação oferecida pela Cyclone, Pro-Lite e TSN. Mas os mais felizes eram os pais orgulhosos de seus filhos, que vem recebendo total suporte da FESERJ e da ASN nesse início de carreira. Essa garotada tem recebido apoio, estrutura, treinamento e oportunidades, que as anteriores não tiveram. Muito em breve os nomes dessa novíssima geração estarão despontando no cenário nacional e até mesmo internacional. A segunda etapa do Circuito Nova Geração está agendada para acontecer nos dias 29 e 30 de setembro.

Por João José Macedo / Fotos Beg Rosemberg

Atenção surfistas na hora de embarcar

Uma situação muito constrangedora atingiu a equipe de surfistas do Rio que partiram para competir no Brasileiro de Surf. Os atletas foram, mas as pranchas ficaram, por causa de uma burocracia da empresa Aérea Avianca. Segundo informações obtidas, eles (a empresa) só permitem o transporte de 4 pranchas por aeronave e essa informação não consta no comprovante de vendas do cliente, com os procedimentos para o embarque. No comprovante de vendas, fala apenas em 23 Kg por pessoa. não especificando a forma das bagagens e sim o peso.
Hoje em dia a maioria das companhias aéreas que cobravam taxa extra para embarcar pranchas , não cobram mais, pois após várias causas perdidas na justiça por cobrança indevida, acabaram por acatar as  normas da Anac e Infraero. A Equipe de Surfe da Feserj, foi surpreendida com esse procedimento da Avianca, ao tentar embarcar as pranchas dos atletas com destino ao aeroporto de Ilhéus BA, para competirem na 2ª Etapa do Brasileiro Amador.


Mesmo sabendo, que não se cobra mais por transporte de pranchas nas aeronaves, ligamos para o atendimento da Avianca, nos identificamos como Federação de Surf do Rio de Janeiro para confirmar se eles cobravam taxa extra e a atendente nos informou que não, mas, não nos informou do limite de pranchas por aeronave, mesmo sabendo que se tratava de um grupo para compra de 10 passagens.

Acabamos embarcando, sem a maioria das pranchas, o que nos causou um imenso constrangimento e preocupação, pois sem as pranchas, que tiveram que ser despachadas por carga e somente chegarão a Ilheus na quinta feira a tarde, irá prejudicar o trabalho de preparação de nossos atletas para competição que terá início nesta sexta feira, dia 29/6 às 8 horas, sem falar no stress emocional e prejuízo financeiro de todos.

Por Simone Fernandes

Circuito bodyboarding com novo patrocínio

O Matte Leão vai investir no bodyboarding. O Circuito deste ano contará com 4 etapas passando pelas principais praias do Rio, como Ipanema, Copacabana, Barra da Tijuca e Itacoatiara. A entrada do Matte Leão no bodyboarding carioca vem para somar com o ótimo momento que o esporte atravessa na cidade. O circuito voltou a ser organizado em 2011 com quatro etapas e voltou a colocar o bodyboarding nas praias mais tradicionais do país, valorizando o circuito, o esporte e os atletas.

Chico Garritano, head judge do circuito brasileiro e mundial, comemora a entrada da empresa no circuito carioca “O Rio de Janeiro vem mostrando de maneira geral um progresso muito grande em termos de eventos e organização bem claras, com realizações concretas e expressivas, seguindo os passos do Circuito Brasileiro e Mundial. O anúncio da realização do circuito carioca com uma das marcas que é simplesmente a cara do Rio, o Mate Leão, é fantástico, pois representa o estilo de vida do carioca. Parabéns à FEBBERJ e a toda a equipe que compõem a entidade por mais essa conquista extremamente importante para o nosso esporte.”
O Circuito contará com 4 etapas passando pelas praias de Ipanema (Posto 9), Copacabana (Posto 5), Barra da Tijuca e Itacoatiara, em Niterói. Um total de R$ 7 mil vai ser distribuído nas categorias profissionais, sendo R$ 5 mil para os homens e R$ 2 mil para as mulheres. Das quatro etapas, duas farão parte também do Circuito Estadual de 2012: as de Itacoatiara e Barra da Tijuca, a qual encerrará o circuito. Serão realizadas disputas nas categorias Profissional masculino e feminino, Open masculino, Open feminino e Sub 16 anos. "Em 2011 retornamos com o circuito carioca e viabilizamos a premiação em dinheiro para os profissionais. Para 2012 nós aumentamos a premiação e incluímos o feminino profissional e melhoramos a infraestrutura e os benefícios para todos. Tenho certeza de que o Circuito Matte Leão vai ser um dos melhores do país.", disse Flavio.

Francirley Ferreira, atual campeão carioca profissional, comemora o fortalecimento do circuito: "Nunca competi aqui na capital com a infraestrutura que teremos no circuito. A vontade é ainda maior em defender meu título. O Circuito Carioca vai ser um dos mais difíceis, pois os eventos vão acontecer em praias com altas ondas e a premiação está excelente. Com isso, tenho certeza de que atletas de São Paulo, Espírito Santo e de outros estados virão para o Rio, elevando ainda mais o nível do circuito.",conclui o campeão.
Além da competição, o Circuito oferecerá uma tenda de massagem e uma tenda bem-estar, onde cadeiras e barracas de praia serão disponibilizadas gratuitamente para uso dos atletas e do público presente. Para usar o material, basta apresentar uma carteira de identificação com foto.

Através da parceria com o curso de inglês Brasas todos os campeões do circuito carioca ganharão uma bolsa de estudos gratuita para aprenderem/aprimorarem seu inglês. O inglês, além de ser imprescindível para o crescimento pessoal e profissional, é a língua oficial do circuito mundial de bodyboard.

Facilidades para o público presente e atletas e bolsa de estudos:
A primeira etapa será a da ABBI - Associação de Bodyboarding de Ipanema, nos dias 21 e 22 de julho, no posto 9 de Ipanema. Depois o circuito seguirá para Itacoatiara, em Niterói; Posto 5 de Copacabana e encerrará o circuito na praia da Barra da Tijuca ou Recreio. Mais informações:  www.febbrj.com.br 

Calendário Circuito Carioca 2012:
1ª etapa –21 e 22 de julho - Posto 9, Ipanema
2ª etapa – 11 e 12 de agosto – Itacoatiara, Niterói
3ª etapa – 13 e 14 de outubro – Posto 5, Copacabana
4ª etapa – 10 e 11 de novembro – Barra da Tijuca ou recreio

Por Danilo Caboclo 

Começa o Billabong Brasileiro de Surf

Depois da primeira em Maracaípe (cidade no município de Ipojuca em Pernambuco) a competição chega hoje, pela primeira vez, em Ilhéus (Bahia) e terá também as categorias: Iniciantes (Sub-14), Mirim (Sub-16), Júnior (Sub-18) e Open (sem limite de idade), essas duas últimas com baterias masculinas e femininas.  A etapa baiana estreará o novo formato da disputa entre seleções, definido em assembléia realizada durante a etapa pernambucana realizada em março.
O circuito nacional entre as seleções estaduais da Confederação Brasileira de Surf (CBS) possui também seis confrontos individuais: Iniciante (Sub 14), Mirim (Sub 16), e duas outras nas quais há divisões masculina e feminina, a Júnior (Sub 18) e a Open (Aberta). Com as filiadas tendo a última chance de reforçar sua representação  na temporada nacional (a qual é liderada pelo Ceará e tem a Bahia como anfitria) restam poucas vagas em todas as categorias,

Uma das virtudes do novo formato é o fato de todos os atletas terem a identificação de seu estado de origem e seus oito melhores surfistas em seis divisões, sendo que na Mirim e na Júnior os dois  melhores definirão a colocação final de cada selecionado, que pontuará já com a presença uniformizada e com bandeira do estado na cerimônia de abertura nesta sexta-feira, dia 29, às 8h na Praia da Batuba, no distrito ilhense de Olivença.

Como permanece o descarte do menor resultado, todos os atletas - inclusive os que estrearem no Brasileiro em Ilhéus - ainda podem finalizar 2012 com os máximos 3000 pontos que se acumula com três vitórias no ano. Para tanto existem vagas remanescentes disponíveis e informações quanto a inscrição no www.cbsurf.com.br.

A pontuação máxima está mais próxima de ser alcançada por quem largou na frente, o trio potiguar Marinho Lima, na Open, Gilvanilta Ferreira, na feminina, e Gabriel Bruno, na Iniciante, além de outros que por três estados já contabilizam vitória este ano: o paraibano Elivelton Santos entre Mirins, a capixaba Bárbara Segatto, em busca de retomar o título Júnior Feminino, e Michael Rodrigues, primeiro da Júnior e do Ceará.

Por Chico Padilha

28 de junho de 2012

Manzan está de volta no XTerra.


Um dos mais vitoriosos atletas do XTerra, Alexandre Manzan retorna à principal competição do esporte cross country brasileiro em prova que contará com grandes nomes do Brasil e do exterior. O palco não poderia ser mais adequado. Santa Bárbara, cidade mineira de grande relevância no período do ciclo do ouro nacional, sediará, nos dias 30 de junho e 1 de julho, o XTerra Entre Serras e Trilhas. A competição marcará o retorno de um esportista mais do que acostumado a colocar medalhas douradas no peito.

Alexandre Manzan é o que se pode chamar de superatleta. Amante das mais diversas atividades a céu aberto, como triathlon cross country, montanhismo, canoagem e trekking. O competidor é detentor de incontáveis medalhas conquistadas nos mais de 20 anos de experiência em esportes outdoor. Entre elas estão vitórias em etapas da Copa do Mundo de Triathlon da ITU (International Triathlon Union). O brasiliense de 38 anos passou pouco mais de um ano fora do Circuito XTERRA por questão de tempo. Ele estava focado em alguns outros projetos esportivos, além de questões pessoais e profissionais - acabou de completar uma pós-graduação em Gestão Ambiental e é formado em Geografia e Educação Física.
Alexandre Manzan
A sede interminável por novas experiências e o inédito percurso da prova de duathlon em Santa Bárbara se juntaram para proporcionar o retorno do "Mr. XTerra" ao evento. "Sempre que houver desafios inéditos quero estar presente, e Santa Bárbara contará com um percurso novo. Sou a favor da modificação constante dos trajetos, até para os atletas não se acostumarem. Uma vez quebrei a mão em uma etapa do XTERRA em Pedra Azul (ES) e consegui terminar em 1º lugar. Poucas semanas depois seria realizada a primeira edição do XTerra na Amazônia e mesmo assim não deixei de competir" explica Manzan.

Além de Manzan, outro "Mr. Xterra" promete grandes emoções na etapa mineira. O americano Will Kelsay, triatleta profissional desde 2005 e grande conhecedor de XTerra, está ansioso para disputar sua primeira competição na América do Sul. Pelo jeito o trabalho não será tão árduo para Will, que já participou de provas no México, República Tcheca, Alemanha, Japão e Filipinas. O encontro promete fortes emoções.

A prova de duathlon também contará com outras feras brasileiras e internacionais como Sabrina Gobbo, Luzia Bello, Suzanne Snyder, Mateus Ferraz, Cid Barbosa e Felipe Moletta (Campeão do triathlon na última etapa do XTerra, na Amazônia). Santa Bárbara também receberá a Night Run, corrida noturna por trilhas que faz parte de todas as etapas do Circuito XTerra, a Kids Mini Corrida, para crianças até 12 anos, e a MTB Cup, uma competição de mountain bike no formato de maratona cross country - o percurso terá 62.5 km - que vale pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

O XTerra Entre Serras e Trilhas é apresentado pela Fiemg e Sesi iniciativa CNI. Patrocínio American Airlines, Maçãs e peras turma da Mônica e Epic Sports. Realização: Instituto XTerra. As inscrições para o XTerra Entre Serras e Trilhas ainda estão abertas e podem ser realizadas pelo site www.xterrabrasil.com.br 

Duathlon
Pela primeira vez presente em uma etapa do XTERRA BRAZIL TOUR, o Duathlon promete uma acirrada disputa com grandes nomes do esporte cross country brasileiro e internacional. O percurso contará com 3 km de corrida, 35 km de mountain bike e mais 9 km de corrida, nesta ordem. A prova está marcada para 30 de junho, com largada às 10h.

MTB CUP
Uma competição de mountain bike no formato maratona cross country com um percurso de 62.5 km. Bikers brasileiros de alto nível estarão presentes para participar de uma prova que vale pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). A MTB Cup ocorrerá no dia 1 de julho e os atletas começarão suas pedaladas às 9h.

Night Run
Presente em todo o circuito XTERRA BRAZIL TOR 2012, a Night Run é puro sucesso - na etapa realizada em Manaus foram nada menos do que 4 mil inscritos. Em Santa Bárbara, a corrida noturna por trilhas terá um percurso de 6 km e será realizada 30 de junho, com início às 19h.

Kids Mini Corrida
Aqui a criançada pede passagem. Meninos e meninas até 12 anos de idade começam a viver o mundo do esporte outdoor com diversas corridas infantis - as baterias variam com a idade dos participantes e vão de 50 m até 1 km. A Kids Mini Corrida será no dia 1 de julho, e os pequenos começam a gastar a sola do tênis às 10:30h.

Por Fernanda Villas

Como treinam os australianos?

O Hurley Surfing Australia High Performance Centro é um investimento de 4 milhões de dólares para continuar foramando campeões. Hoje em dia o Surf é muito mais do que estar na água. Para formar campeões é preciso todo o trabalho de academia, coordenação, resistência, concentração, motivação, entre outras, por isso a importância dos centros de alto rendimento é cada vez maior.
O Centro / Foto divulgação
A Austrália está claramente mais avançada nesse sentido, visto que, tem uma cultura do surf muito mais antiga do que vários países. Barton Lynch, campeão do mundo em 1988, apresenta o Hurley Surfing Australia High Performance Centro, um investimento de 4 milhões de dólares do governo australiano, que pretende desta forma, continuar a formar campeões e, claro, colocar a bandeira australiana bem alta em todo o mundo do surf.

Os equipamentos e o pessoal estão na vanguarda do que se faz de novo no surf como esporte de competição e daquilo que é cada vez mais necessário. Além disso, este centro é um espaço agradável, sempre tendo o surf como o coração de tudo, com academia, cantina, acomodação, salas de entretenimento e convívio, entre outros.
 
Entra nesta visita guiada e vê como seria treinar no Hurley Surfing Australia High Performance Centro.

Fonte Surfingaustralia

Museu do Ipiranga sedia o 3º Independência ao Longboard

No próximo dia 30 de junho, a Associação de Skatistas Quintal do Ipiranga vai realizar o 3º campeonato de skate longboard downhill slide “Independência ao Longboard”, evento que atrai skatistas de todas as partes do país e vale 4 estrelas no Circuito Brasileiro de Downhill da Confederação Brasileira de Skate (CBSK).
O campeonato integra o ranking onde os três primeiros colocados das modalidades Longboard Iniciante, Longboard Feminino e Longboard Amador podem se inscrever para disputarem os benefícios do programa Federal Bolsa Atleta do Ministério do Esporte. A competição acontece uma vez por ano dentro do Parque da Independência, símbolo nacional que atrai milhares de turistas todos os anos e um dos cartões postais mais atraentes do bairro do Ipiranga, em São Paulo.

O “Independência ao Longboard” nasceu de pequenos encontros realizados pelos próprios skatistas que frequentam a ladeira da Independência e de algumas conquistas obtidas pelo “Quintal do Ipiranga”, que em 2010 garantiu que o Skate continuasse a ser praticado dentro do Museu do Ipiranga, como é chamado o complexo histórico. Hoje a categoria Longboard (skates que têm mais de 40 polegadas de comprimento) ganhou adeptos por todo país e garantiu que muitos parceiros investissem no evento, como a Prefeitura Municipal de São Paulo, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação, tornando-o  um evento oficial na Virada Esportiva de São Paulo.

A competição será dividida em cinco categorias:
Longboard Iniciante: 9 horas;
Longboard Amador: 10h30;
Longboard Feminino: 12 horas;
Longboard Classic: 13 horas;
Longboard Máster: 15 horas.

Neste ano há mais uma modalidade, o Slalom, com duas categorias, sendo válido como etapa do Circuito Mundial de Skate Slalom 2012: Amador e Profissional - Tight e Híbrido - das 10 às 15 horas / Giant - das 16h30 às 19h30. Cada modalidade terá de aquecimento quinze minutos antes do início da respectiva bateria. As inscrições terão valor de R$ 30,00* para todos os competidores. *Valor correspondente a uma cesta básica que poderá ser adquirida no local, no próprio dia, até às 8h30, e estas serão doadas após o evento.

Fonte Associação de Skatistas Quintal do Ipiranga

27 de junho de 2012

Pegadas Salgadas

“O Surfista Internacional sonha em conhecer o Havai, o surfista Brasileiro sonha em conhecer Florianópolis”. O jornalista carioca Luciano Burin, autor do documentário “Pegadas Salgadas”. Atualmente morando em Florianópolis, retrata a história de como a cultura do surf se faz sentir no estilo de vida da ilha.
O documentário retrata a entrevista de 25 personagens emblemáticos da cultura do surf e as atividades econômicas relacionadas com o esporte na cidade de Florianópolis – Estado de Santa Catarina.
Não se trata apenas de um filme com imagens de surf e surfistas, mas mostra também a natureza e as praias de referência mundial deste esporte, como a praia Mole e Joaquina. Aborda temas significativos para Florianópolis, como a preservação do meio ambiente, os conflitos de identidade cultural gerados pela rápida imigração, o crescimento desordenado da cidade, os reflexos disso na prática do surf na região, assim como a influência do esporte no turismo da ilha.

Luciano Burin, nasceu no Rio de Janeiro e assina a direção, produção, montagem e edição do filme. É autor do blog Surf & Cult e escreve para revistas e sites especializados em surf. Já produziu filmes como o documentário “Indelével” (2004) e o videoclipe “Redoma” (2009).  A sua primeira experiência oficial como diretor, foi no documentário “Roots Time – Reciclando uma Prancha” (2010), ao lado de Felipe Siebert. “É o primeiro documentário oficial da história do surf em Florianópolis, visto a ilha ser uma das maiores referências de surf no Brasil", diz Fernando Moniz “Marreco” (surfista e shaper)
"Pegadas Salgadas faz-nos viajar no tempo. Principalmente por mostrar a essência dos fatos, nos sentimentos de cada personagem, retratados nas transformações que a cidade de Florianópolis sofreu nestas últimas décadas", diz Maurio Borges (jornalista de surf e promotor de eventos). Premiado pelo Edital Catarinense de Cinema FCC/2009, este documentário foi exibido no Surf At Lisbon Film Fest, em Lisboa, Portugal, no último domingo, 17 de junho.

Fonte Scult.TV



Bob Burnquist se acidenta em treino

O skatista brasileiro Bob Burnquist se acidentou na última terça-feira nos EUA. O atleta que sempre mostrou domínio com a megarrampa preocupou seus fãs ao chocar as costas no cooping, cano de metal instalado na borda da rampa, após ele despencar de uma altura de pelo menos dois metros, enquanto treinava para o skate big air dos X Games. (vídeo da queda).
Bob foi levado de ambulância para o Califórnia Hospital Medical Center, no centro de Los Angeles. No local, o skatista passou por uma bateria de raios x que não constataram nenhuma fratura.

Segundo Bruno Passos, câmera man de Bob, o skatista está bem. Mas muito dolorido e com o tornozelo e costas machucadas. Ainda no ar Bob teve tempo de perceber que algo tinha dado errado. Foi tudo muito rápido, mas ao mesmo tempo parecido a uma eternidade: O voo, a queda, o impacto.
Bob Burnquist se descontrolou no ar durante os treinos
Nos próximos dias Bob Burnquist terá uma batalha pela frente. Segundo Bruno sua vontade é de competir na sexta-feira, mas agora resta saber se seu corpo estará apto para enfrentar a megarrampa. “Se alguém tem condições de superar este desafio, esta pessoa é Bob Burnquist.”

Fonte ESPN / Fotos Aguinaldo Melo

Dia Internacional do Surf

Em todo o canto do mundo, onde há água salgada e surfista, no dia 24 de Junho, foi celebrado o Dia Internacional do Surf e por todo o lado houve comemorações diferentes, mas todas com o mesmo objetivo: comemorar o esporte e o mar que tantas alegrias nos dá.
Foto Osirus Torres
Em portugal realizaram diversos eventos de Norte a Sul do país marcados por uma fatalidade do destino: não houve ondas no dia Internacional do Surf! Contudo, as atividades foram realizadas com muita alegria e boa disposição. O sol, o público e o calor não faltaram.

Limpezas de praias pela Surfrider Foundation, batismos de surf / bodyboard, churrascos, concertos e festas foram algumas das atividades que abrilhantaram este dia. Já por todo o mundo, fotografias inundaram as redes sociais sobre as mais diversas formas de homenagear o surf. Músicos, surfistas, todos deram a sua contribuição.
 
A Reef e o cantor Xavier Rudd lançaram uma música especialmente feita para este dia, que pode ser ouvida no vídeo.

Fonte Surftotal


Bruno Fontes com foco em Londres

Velejador passa por período de adaptação no local da Olimpíada a um mês da abertura dos Jogos
O velejador Bruno Fontes viajou na noite da última segunda-feira (25/6), para Weymouth (ING), local das provas de Vela dos Jogos Olímpicos de Londres. O atleta ficará por quase dez dias na Raia Olímpica, treinando para os Jogos com a Equipe Brasileira de Vela.
Delta Lloyd Regatta 2011 / Foto divulgação
A ida neste período é fundamental para a preparação do atleta catarinense, uma vez que os Jogos acontecerão neste mesmo período em Londres, só que no mês de julho. “É importante irmos agora, pois vamos na mesma fase de lua dos Jogos. É bom para saber como serão as condições e já ir se acostumando mais com o local que será sede das disputas da Vela”, ressalta Bruno.

O período de adaptação é fundamental para o atleta, que viaja ao lado de seu treinador, Bruno di Bernardi. O velejador esteve em Weymouth no começo de junho, para as disputas do Skandia Sail for Gold, etapa da Copa do Mundo de Vela. Porém, agora é a hora de fazer os últimos ajustes, nessa que será a última viagem de Bruno antes da competição mais importante do ano.

Passando por uma fase intensa de treinamentos, tanto físico quanto técnico, Bruno recebeu atletas de outros países nestas últimas semanas em Floripa. O objetivo do catarinense era treinar ao lado dos velejadores que competem contra ele na Raia Olímpica, no mês de junho.

Durante o período em Weymouth, o velejador terá a oportunidade de ajustar seu barco, ao lado do técnico, além de simular regatas. Além de Bruno, viajaram para Weymouth mais cinco atletas do Brasil: Fernanda Oliveira/Ana Barbachan (470), Ricardo Winicki ´Bimba´(RS:x) e Robert Scheidt/Bruno Prada (Star).

Por Danilo Caboclo

26 de junho de 2012

Camboriú sedia a 4ª etapa do Catarinense de surf

A bela e badalada cidade de Balneário Camboriú, no litoral norte catarinense, recebe nos dias 07 e 08 de Julho, na Praia Central, os principais surfistas amadores do estado para mais uma grande disputa pelo título da temporada 2012, na quarta etapa do Circuito Catarinense Oceano de surf Amador da Fecasurf.

Já estamos passando da metade do circuito, que este ano é de seis etapas, e as disputas pela liderança do ranking estão bem acirradas em todas as categorias, principalmente na categoria Open onde a liderança é do surfista de Balneário Camboriú André Mói com 5.600 pontos, mas o surfista de Bombinhas Ygor Arakaki vem logo atrás buscando a liderança com 5.258 pontos.
Ygor venceu a primeira etapa em São Francisco do Sul e André ficou em segundo. Na segunda etapa na Praia do Santinho em Florianópolis, André Mói venceu e Ygor ficou em segundo, ficando empatados no ranking.  E na terceira etapa na Praia do Rincão no sul do estado André assumiu a ponta terminando a competição na segunda colocação com Ygor na quarta colocação.  Com certeza o bicho via pegar em Balneário Camboriú e estão todos convidados a acompanhar a molecada em ação nas ondas da Praia Central.

Inscrições
Faltam poucas vagas e as inscrições para esta quarta etapa ainda estão abertas, e podem ser feitas pelo fone (48) 3025-1880 com o Léco até o dia 27 de Junho, quarta feria, para atletas filiados e para não-filiados, somente se houver vagas.

Campanha Onda Solidária
A Fecasurf, mais uma vez, vem solicitar o apoio e a solidariedade de toda comunidade do surf catarinense para a Campanha do Agasalho 2012.    Os atletas, staff, organizadores, patrocinadores e todos que quiserem contribuir, devem trazer no mínimo 1 peça de roupa quente para doação, para que assim possamos ajudar aquecer as pessoas mais necessitadas neste inverno.

A Fecasurf juntamente com o Hemosc também está engajada por uma causa muito importante e vital. No próximo dia 04 de julho a entidade estará reunindo um time de personalidades e destaques do surfe catarinense no Hemosc de Florianópolis, para um gesto simples e nobre que salva muitas vidas.  Aqueles que têm surfe nas veias também estão convidados a participar. O que doamos é pouco, mas significa muito pra quem recebe este grandioso gesto de amor para com o próximo.
André Moi, Circuito Catarinense Oceano, Praia do Rincão / Foto Angelo Possenti
A Fecasurf participa do "Projeto Empresa Solidária", que prioriza a participação de empresas e instituições no processo de conscientização e educação para a doação de sangue, e para obter mais informações sobre as doações, acesse o site do Hemosc.

Líderes do Ranking Catarinense Fecasurf 2012 - após 3 etapas
Open - André Mói - 5600 pontos
Júnior - Fernando Paulino - 5112 pontos
Mirim - Luan Wood - 5062 pontos
Iniciantes - Luan Garcia - 5258 pontos
Infantil - Lucas Vicente - 5420 pontos
Feminino - Aloha Maciel - 5800 pontos
Máster - Roni Ronaldo - 4118 pontos

Por Norton Evaldt

XTerra chega em Santa Bárbara

Depois do sucesso na Amazônia, principal competição do cross country brasileiro terá histórica cidade mineira como sede

Circuito XTerra no Circuito do Ouro. No fim de semana dos dias 30 de junho e 1 de julho, Santa Bárbara, cidade mineira de grande relevância na época do ciclo do ouro brasileiro, receberá o XTerra Entre Serras e Trilhas. Com a bela Serra do Caraça como pano de fundo, amantes do esporte outdoor participarão das mais diversas competições do mundo cross country. O evento, quinta etapa do XTERRA BRAZIL TOUR 2012 - que já passou por Natal (RN), Ilhabela (SP), Teresópolis (RJ) e Manaus (AM) - contará com Duathlon (3 km de corrida + 35 km de mountain bike + 9 km de corrida), Night Run (6 km de corrida noturna), Kids Mini Corrida (infantil) e a MTB CUP, prova de 62.5 km de mountain bike que vale pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo.
Foto divulgação - XTerra
Alguns superatletas que estiveram presentes na Selva Amazônica para o XTerra Brazil, realizado no último dia 23 de junho, não querem saber de pernas para o ar e já garantiram a presença no XTerra Entre Serras e Trilhas. Um deles é o renomado corredor de aventura Mateus Ferraz, para quem uma semana de descanso é quase férias e participará não só da dura prova de Duathlon, mas também da exaustiva MTB Cup.

"Venho das competições de endurance e já estou acostumado com corridas longas, de até 120 horas. O XTerra, porém, é mais intenso, as provas são mais explosivas", disse o estreante no Circuito XTerra, que completou: "Estou gostando muito da nova experiência, participei de todas as etapas até o momento e tenho o objetivo de terminar o circuito entre os cinco primeiros ranqueados".

As inscrições para o XTerra Entre Serras e Trilhas ainda estão abertas e podem ser realizadas pelo site www.xterrabrasil.com.br
Provas:


Duathlon
Pela primeira vez presente em uma etapa do XTERRA BRAZIL TOUR, o Duathlon promete uma acirrada disputa com grandes nomes do esporte cross country brasileiro e internacional. O percurso contará com 3 km de corrida, 35 km de mountain bike e mais 9 km de corrida, nesta ordem. A prova está marcada para 30 de junho, com largada às 10h.
MTB CUP
Uma competição de mountain bike no formato maratona cross country com um percurso de 62.5 km. Bikers brasileiros de alto nível estarão presentes para participar de uma prova que vale pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). A MTB Cup ocorrerá no dia 1 de julho e os atletas começarão suas pedaladas às 9h.
Night Run 
Presente em todo o circuito XTERRA BRAZIL TOR 2012, a Night Run é puro sucesso – na etapa realizada em Manaus foram nada menos do que 4 mil inscritos. Em Santa Bárbara, a corrida noturna por trilhas terá um percurso de 6 km e será realizada 30 de junho, com início às 19h.
Kids Mini Corrida
Aqui a criançada pede passagem. Meninos e meninas até 12 anos de idade começam a viver o mundo do esporte outdoor com diversas corridas infantis – as baterias variam com a idade dos participantes e vão de 50 m até 1 km. A Kids Mini Corrida será no dia 1 de julho, e os pequenos começam a gastar a sola do tênis às 10h30.

Por Fernanda Villas

Premiação em dose dupla no Mormaii Pro Junior

Etapa que abre o ASP South America Pro Junior Series 2012 em julho passa a ter nível 2 estrelas e valer 500 pontos no ranking sul-americano Sub-20

O Mormaii Pro Junior dobrou a premiação da categoria masculina na etapa que vai abrir o ASP South America Pro Junior Series 2012 nos dias 13 a 15 de julho em Imbituba, no litoral sul de Santa Catarina. Com o aumento para 10.000 dólares, o nível do evento subiu para 2 estrelas e a vitória na Praia da Vila passa a valer 500 pontos no ranking que define o campeão sul-americano Sub-20 da temporada e quatro vagas para o Circuito Mundial Pro Junior da ASP.
Vicente Romero (SC)
A nova premiação foi confirmada no fim da tarde da sexta-feira por Luiz Borges, responsável pela organização do Mormaii Pro Junior, em troca de e-mails com Roberto Perdigão, diretor da ASP South America. Já para as meninas, continuam o valor de 2.000 dólares e o nível 1 estrela, valendo 250 pontos no ranking que vai classificar para o ASP World Junior Championship 2012, as duas melhores nas quatro etapas da temporada.

O Mormaii Pro Junior agora igualou os 12.000 dólares oferecidos na outra seletiva sul-americana para surfistas com até 20 anos de idade em Santa Catarina. O Hurley Pro Junior permanece na Prainha de São Francisco do Sul e nos dias 17 a 19 de agosto dá a largada na reta final do ASP South America Pro Junior Series 2012. Nas duas últimas etapas, a premiação total é de 18.000 dólares, sendo 15.000 dólares para ter nível 3 estrelas no masculino e 3.000 dólares para 2 estrelas no feminino.
Caio Ibelli (SP)
Na semana seguinte, dias 24 a 26, o Quiksilver Pro Junior e Roxy Pro Junior promovem o penúltimo desafio na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ). E no domingo mesmo, todos viajam da capital carioca para a da Bahia. Isto porque na segunda-feira já começa a batalha final pelos títulos sul-americanos Pro Junior em Salvador, bem como pelas vagas no time que vai representar o continente no ASP World Junior Championships 2012.

O Surf Eco Festival organizado pela Dendê Produções, programou a decisão do Sul-Americano Pro Junior para os dias 27 a 29 de agosto, de segunda a quarta-feira mesmo. O restante da semana fica para a etapa do ASP World Star masculina que também será realizada na Praia de Jaguaribe, em frente ao clube do SESC em Salvador.
João Paulo Abreu (SC)
O ASP South America Pro Junior Series classifica os quatro primeiros colocados no ranking das quatro etapas deste ano, além da campeã e vice do feminino, para o ASP World Junior Championship, circuito que decide os campeões mundiais da categoria. O time masculino é composto por seis atletas e a ASP South America reserva duas vagas para os surfistas do continente mais bem colocados no ranking mundial unificado da ASP. No momento, seriam Gabriel Medina (4.o lugar) e Miguel Pupo (16.o). 

Calendário do ASP South America Pro Junior Series 2012:
1ª: Jul 13-15 - Mormaii Pro Junior na Praia da Vila, Imbituba (SC) - 2 Star masculino e 1 feminino - US$ 12.000
2ª: Ago 17-19 - Hurley Pro Junior na Prainha, São Francisco do Sul (SC) - 2 Star masculino e 1 Star feminino - US$ 12.000
3ª: Ago 24-26 - Quiksilver & Roxy Pro Junior na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ) - 3 Star masculino e 2 Star feminino - US$ 18.000
4ª: Ago 27-29 - Surf Eco Festival na Praia de Jaguaribe, Salvador (BA) - 3 Star masculino e 2 Star feminino - US$ 18.000
Italo Ferreira (RN)
Campeões Sul-Americanos do ASP South America Pro Junior Series:
2011: Filipe Toledo (SP) e Gabriela Leite (SC)
2010: Miguel Pupo (SP) e Diana Cristina (PB)
2009: Alejo Muniz (SC) e Diana Cristina (PB)
2008: Alex Ribeiro (SP) e Diana Cristina (PB)
2007: Wiggolly Dantas (SP) e Marina Werneck (SC)
2006: Heitor Pereira (SP) e Anali Gomez (PER)
2005: Thiago Camarão (SP) e Taís de Almeida (RJ)
2004: Pablo Paulino (CE)

Campeões Mundiais Pro Junior da ASP:
2011 - Caio Ibelli (BRA) e Leila Hurst (HAV) - etapas na Indonésia, Brasil e Austrália
2010 - Jack Freestone (AUS) e Alizee Arnaud (FRA) na Indonésia e na Austrália
2009 - Maxime Huscenot (FRA) e Laura Enever (AUS) na Austrália
2008 - Kai Barger (HAV) e Pauline Ado (FRA) na Austrália
2007 - Pablo Paulino (BRA) e Sally Fitzgibbons (AUS) na Austrália
2006 - Jordy Smith (AFR) e Nicola Atherton (AUS) na Austrália
2005 - Kekoa Bacalso (HAV) e Jessi Miley-Dyer (AUS) na Austrália
2004 - Pablo Paulino (BRA) na Austrália
2003 - Adriano de Souza (BRA) na Austrália
2002 - não realizado por falta de datas
2001- Joel Parkinson (AUS) na Austrália
2000 - Pedro Henrique (BRA) no Havaí
1999 - Joel Parkinson (AUS) no Havaí
1998 - Andy Irons (HAV) no Havaí

Por João Carvalho / Foto Basilio Ruy

DC Skate no Recreio faz a 3ª Parada

Confira as fotos da ação no Colégio Glória em Porto Alegre

A DC Shoes Brasil em parceria da revista Colegial e Matriz Skateshop realizaram no dia 20 de junho, a terceira parada do "DC Skate no Recreio", agora no Colégio Glória em Porto Alegre, fechando o primeiro semestre das atividades com chave de ouro.
Em recreios estendidos com uma hora de duração, a equipe de skatistas DC Shoes, o piloto de BMX Leandro "Overall" e a galera da Revista Colegial contaram um pouco da história do skateboard, ministraram clínicas, distribuiram brindes e realizaram demonstrações.
Confira abaixo o link para o video e anexo as imagens do que rolou por lá: http://youtu.be/lHDWRpvSKCo


Por Daniela Vinci / Fotos Daniel Souza

25 de junho de 2012

Star Point comemora aniversário

A Star Point comemora seus 30 anos durante o mês de junho. A marca que acaba de ganhar o Prêmio Lojista Alshop MasterCard, como a melhor loja do segmento de Surf, pelo segundo ano consecutivo, inaugurou sua primeira loja no bairro de Moema em 1982, reformulada e reinaugurada em 2011, após três meses de reforma, com nova instalação de 300 m2, divididos em dois andares, para ser a flagship store da marca.
Foto evolução primeira loja Star Point , localizada no bairro de Moema - SP. (1982 / 1989 / 1997 / 2012)
Hoje, a rede de franquias possui 29 unidades espalhadas por 5 estados brasileiros e apresenta em suas lojas mix de produtos das melhores marcas do mercado, entre elas estão: Billabong, Hurley, Element, RVCA, Bintang, Nike, New Era, MCD, Lost, Globe, Ogio, Vans, Rip Curl, além da marca própria lançada em 2011.

A contínua busca por inovações e tendências, acompanhadas de um atendimento com excelência, tornam a Star Point referência quando o assunto é moda praia, surf e skate.  “A Star Point mantém há 30 anos seu foco no praticante do esporte, tanto no surf quanto no skate, que se materializa através das lojas físicas, imprimindo a cultura de varejo que possui neste segmento”, ressalta o sócio-fundador da marca Dimitrius Nassyrios, o Tucano.

Por Daniela Vinci  

Um ubatubense no Grower!

O ubatubense Cleyton Nunes mostra neste vídeo seu potencial em ondas gringas. As imagens foram captadas no Grower, bancada mais rasa de Desert Point, na sua última temporada na Indonésia.  Aperte o play e confira.

Redação InnerSport

Eduardo Sousa vence a 1ª etapa do Cearense de Street 2012

No último final de semana (23 e 24 de junho) foi dada a largada ao Circuito Cearense de Skate 2012, na Pista Pública do Conjunto Nova Metrópole, em Caucaia. Com 98 atletas inscritos vindos de vários municípiose de outros estados a etapa foi um sucesso, demonstrando porque o Ceará está seconsolidando como a Meca do skate nordestino. "No ano passado fizemos oito etapas em oito municípios diferentes desde Fortaleza ao Crato, de Maracanaú a Sobral, movimentando nada menos que 680 atletas, configurando o circuito estadual homologado pela CBSK com mais etapas do Brasil. E este ano já começamos a colher os frutos deste trabalho, pois, o nível de nossos atletas não deve nada aos dos grandes centros", declarou Elizeu Barros, Presidente da Fesk.
Eduardo Sousa
A primeira categoria a entrar na pista foi a Mirim e o destaque ficou por conta do atleta local do Conjunto Nova Metrópole, Carlos Henrique "Moskito” que voou alto para ficar com a primeira colocação e sair na frente da corrida pelo título de 2012. Na sequência mais uma “prata da casa” fez a festa dagalera local, a Caucaiense Rayana Lopes campeãcearense de 2011 radicalizou com consciência e segurança para levar mais umcampeonato na categoria Feminino II.

No femininoI a supremacia da Sobralense Edilândiade Souza a “ Pepetah” foi marcante, commanobras de alto nível técnico mostrou a todos presentes porque tem ganhado eventos tanto aqui noCeara como nos grandes centros do Brasil. Na categoria Iniciantes, outro favorito que tambémabriu o circuito em grande estilo foi o ultrarradical Lucas Rabelo campeãocearense 2011 na categoria Mirim que aos 13 anos já é apontado por muitos comoa maior revelação cearense dos últimos anos.

A ultima categoria do sábadoa ir para a pista foi Amador II, onde o nível técnico foi muito alto com fifthies transfers varando a funbox, Smith grinds no corrimãoentre outras manobras de alto nível eteve como grande campeão o Paraense Rafael Portal. O domingo começou com altas manobras da galera das antigas com a categoria Grand Masters, atletas do calibre de Alexandre Freitas, Michelvaca loca, Thiago mancha, tukano, entre outros mostraram que ainda tem muitoskate para mostrar.

Na sequência entrou a categoria Legends para atletas com idade acima de 40 anos, com apresença do homem pororoca Marcelo Bibita (48), mostrando que também manda bem sobre as quatro rodinhas. Mas as grandes estrelas da categoria e eternos mestres do skate cearense Alexandre Gato (50) e Tio Dog (47) mostraram a arte do skate dos velhos tempos com diversas manobras da Old School.
Rayana Lopes / Foto Hermani
A principal categoria do evento entrou na pista às 18h30, e valeu cada minuto de espera do público, pois, o show foi irretocável. A cada manobra a galera ia ao delírio e ninguém se arriscava a apontar o vencedor, demonstrando a alta performance do skate cearense. No entanto, quem fez as mais espetaculares manobras e merecidamente levou o troféu e importantíssimos pontos rumo ao título cearense foi o fortalezense Eduardo Souza.

Resultados
Amador I
1- EduardoSousa 2- Anderson Resende 3- Suênio Campos
Legends
1 – Alexandre Gato 2 – Marcelo Bibita 3 – Tio Dog
Amador II
1- Rafael Portal2- Tony Anderson 3- Rayanderson Andrade
Grand Master
1- Ronaldo Tucano 2- Alexandre Freitas 3- ThiagoMancha
Mirim
1- Carlos Henrique “Moskito” 2- Vinicius Costa 3-Anderson Guilherme
FemininoI
1- Edilândia “Pepetah” 2- Tatiane Almeida 3 -ThaísNarcíso
Feminino II
1- RayanaLopes 2- Amanda Arruda 3- Mirelle Sampaio
Iniciantes
1 - Lucas Rabelo 2- Ítalo David 3 -Yago Juan

Por Marcelo Bibita

Torres Open de Surf Amador

Competição reunirá os melhores surfistas amadores do sul em Torres

A terceira etapa do circuito de Surf Amador da Associação dos Surfistas de Torres (AST), o Torres Open de Surf Amador, será realizada nos dias 07 e 08 de julho na Prainha, em Torres. São esperados 144 atletas, divididos em 10 categorias, buscando os 1.000 pontos para o ranking do certame, além da grande premiação.
Como participar:
Para participar os surfistas precisam se inscrever através de um depósito bancário na conta da Associação dos Surfistas de Torres, no Banco do Brasil - Agência 0778-1 Conta Corrente 15991-3, no valor de R$ 60,00 (sessenta reais) para os integrantes da categoria Open. Quem for participar das categorias Mirim, Júnior, Sênior, Máster, Feminino, Universitário, Longboard e Surdos pagará R$ 50,00 (cinquenta reais). Já para os atletas da categoria Iniciantes o valor é de R$ 30,00 (trinta reais). Os Grommets terão inscrições gratuitas. Mas lembre-se, após realizar o depósito é preciso enviar o comprovante identificado com o nome do atleta e a categoria para o e-mail do Tour Manager da Federação Gaúcha de Surf (FGSurf), Jéferson Rabassa,  no endereço lab.rs2@daruma.com.br. As inscrições seguem abertas até o dia 05 de julho, ou enquanto durarem as vagas. Só poderá se inscrever o surfista que não possui nenhum débito junto a Associação (etapas anteriores que pediu reserva de vagas e não compareceu). Também poderá ser solicitado o documento de identidade (documento oficial com foto) para comprovação de idade.

Confira abaixo as categorias por data de nascimento:
Open - Sem limite de idade;
Júnior - Para nascidos a partir de 01/01/1994;
Mirim - Para nascidos a partir de 01/01/1996;
Iniciantes - Para nascidos a partir de 01/01/1998;
Grommets - Para nascidos a partir de 01/01/2000;
Máster - Para nascidos até 31/12/1976;
Sênior - Para nascidos até 31/12/1984;
Longboard, Feminino e Surdos - Sem limites de idade.
Universitário - Para atletas comprovadamente estudantes.

O presidente da AST, Renan Borba, ressaltou que a equipe trabalhará para proporcionar um grande evento a todos. “Trabalharemos diuturnamente para que os participantes e o público possam aproveitar ao máximo este final de semana de muito surf aqui em Torres. Esperamos que esta seja a melhor das três etapas. Queremos buscar parceiros para realizar mais duas ainda, e assim teremos o maior circuito do Rio Grande do Sul na atualidade”, comentou.

Festa oficial
Ainda no sábado, será realizada um grande festa na casa noturna Bora-Bora. Os melhores Dj e bandas agitarão a noite, promovendo muita integração entre os atletas e o público. Vale conferir mais em http://www.boraboratorres.com.br.

Por Gabriel de Mello

24 de junho de 2012

As carangas do surf?

Há muitos anos tinha vontade de escrever sobre o mercado de automóveis e nunca havia aparecido algum assunto que me levasse ao interesse, ou mesmo algo relevante que merecesse a atenção. Digo isto porque o mercado de carros chamados Adventure de aventura mesmo, só tem o nome e o preço. O mercado do surf brasileiro é a terceira potência mundial. Hoje contamos com milhões de praticantes por todo o país, e até nos estados do interior o surf é muito popular. Milhares de surfistas viajam muitos km para deslizar sobre as ondas e, com certeza, dentro deste contexto, a tribo é de grande interesse para qualquer montadora de veículos. A indústria automobilística certamente teria um número muito maior de vendas se conseguisse enxergar e atender as necessidades do segmento.
Hoje seguramente o surf está entre os três esportes mais praticados no Brasil, e nossa indústria gera mais de R$ 8 bilhões, somente no Brasil. Há alguns anos atrás, as montadoras visando abocanhar este mercado em alto crescimento, resolveram desenvolver a linha Adventure / Surf para algumas linhas de veículos e para a surpresa total, os carros tinham de “aventura” apenas um estribo e faróis de milhas, e alguns modelos ditos “surf” nem racks para levar as pranchas tinham!

Em 1993, a Volkswagen Brasil lançou a Parati GLS 1.8, carro que em minha opinião de “garotão” no final da década de 80, tinha tudo a ver com o surf. A caranga era irada! Tinha bancos de couro de série, vidros elétricos e dois itens que até hoje acho indispensáveis para as barcas do surf: os racks e os bancos bipartidos. E vale ressaltar que naquela época o mercado do surf ainda engatinhava se comparado aos tempos de hoje. Aposto que nenhuma montadora ainda enxergava o BOOM que o mercado do surf viria a sofrer nos anos seguintes.
Coloquei o exemplo da Parati, pois naquela época éramos nós, os surfistas, que nomeávamos o “carro do surf”. Com certeza, muitas barcas foram feitas em Fuscas e Brasílias nos anos 70, Belinas no início dos anos 80, e foi a Parati que dominou a cena de no final da década de 80 e 90, sendo até hoje um dos carros mais concorridos por toda a tribo do surf.

Na trilha evolutiva da tecnologia, muitos acessórios foram introduzidos na lista de opcionais dos veículos, como o air bag, piloto automático e muitos outros itens que fazem o preço do carro “subir a serra” e chegar até a praia mesmo estando parado na concessionária. O que mais me chama atenção em toda esta evolução é que o surf foi introduzido neste contexto, mas pelo que se vê nos carros que levam o nome do esporte, nada mudou.
É a Parati Surf, que de surf tem os mesmos itens da PARATI GLS 1.8 de 1989, é a Saveiro SuperSurf que de surf mesmo só tem o nome, o Peugeot Quiksilver que de surf só tem a logo da famosa marca australiana em sua lataria... Enfim, todos carregam nosso “escudo” e de utilidades reais para nós, nada! Desculpe a franqueza, mas destes veículos qual realmente tem um linha de acessórios de série que atenda nossas necessidades? Pelo menos existe alguma chance de você escolher um acessório opcional, do tipo compartimento para roupa molhada, porta parafina ou mesmo um GPS com os picos de surf para incrementar sua caranga? A resposta é não! Sinceramente, nem um rack para carregar as pranchas alguns destes modelos têm, e o que é pior, em alguns modelos este acessório é opcional!


Se tratando de carro para surfistas deveria ser item de série.
Será que as mondadoras não enxergam que o nosso mercado é altamente lucrativo e que se eles realmente ouvissem opiniões para implementar melhor os acessórios destes veículos venderiam mais e deixariam muito mais satisfeitos seus clientes?
Rodei por muitos anos a maioria dos eventos de surf no Brasil e no mundo, e sempre observei várias marcas de veículos fazendo promoções e divulgando seus novos modelos, mas nenhuma saiu atrás de informação do que realmente precisaria uma barca para surfistas.

Será que as montadoras vão aos eventos, divulgam seus carros e não fazem nenhum tipo de pesquisa no mercado em que vão atuar? Fiz uma pesquisa na maioria dos carros que se dizem de aventura e sinceramente não observei muita diferença em seus modelos convencionais, salvo o modelo Palio Weekend Adventure que possui o sistema locker que melhora a sua performance em trechos de terra acidentados, mas não é indicado para grandes aventuras. O que mais chamou a atenção neste veículo é que como o asfalto de algumas cidades brasileiras é péssimo, ele leva vantagem em cima dos outros modelos, pois não podemos esquecer que andar em algumas ruas e estradas da malha rodoviária brasileira é uma grande aventura.
Será que estamos precisando de um Kelly Slater no setor de engenharia das grandes montadoras? Não sou engenheiro, todavia tenho absoluta certeza que a introdução de alguns itens de série deve ter um custo muito alto nas linhas de montagens, okay, contudo, levando em consideração o número de praticantes e simpatizantes do esporte no Brasil e em todo mundo, tenho certeza que cada centavo valerá a pena.

Por Alex Araújo / Fonte ParafinaMag

Ubatuba recebe final da Garota Roxy Universitária 2012

Que tal passar um final de semana com tudo pago na praia de Itamambuca em Ubatuba (SP), e ainda participar de várias atividades durante o Quiksilver Universitário de Surf? Se você é universitária, curte praia e natureza, você não pode ficar fora dessa. Participe do Concurso da Garota Roxy Universitária 2012, envie sua foto, divulgue a sua participação e peça para teus amigos votarem. As 10 mais votadas pelo site vão curtir, com tudo pago, a segunda etapa do Quiksilver Universitário de Surf, nos dia 01 e 02 de setembro.
Para participar, as interessadas devem preencher a ficha de inscrição e anexar três fotos em boa resolução (uma de rosto, uma de corpo e uma a escolha da candidata), junto com RG e comprovante de matrícula. Aproveite, pois as vagas são limitadas!

O Quiksilver Universitário de Surf 2012 conta com uma estrutura de ponta, com Dj, massagem, Slack Line, Surf Art, aulas de surf, Show na praia além do tradicional campeonato de surf entre as principais faculdades de São Paulo. O desfile Garota Roxy Universitária acontece na praia e classifica as cinco finalistas que irão disputar a grande final na Festa de Encerramento do Circuito, que acontece no dia 13 de setembro no Estúdio Emme em São Paulo.

A campeã é coroada a Garota Roxy Universitária 2012, além de receber R$ 1.000 em dinheiro + kit ROXY + book fotográfico. As outras quatro finalistas são premiadas com kits recheados de roupas e acessórios da Roxy. “Adorei participar! Conheci muita gente e estou colhendo vários frutos do Concurso que eu venci no ano passado. Consegui muitos trabalhos e realizei vários sonhos”, comentou Francine Aita, aluna da PUC eleita a Garota Roxy Universitária 2011.

Sobre a Roxy
Criada em 1990 como segmento feminino da marca Quiksilver e presente desde 1991 no Brasil, a Roxy representa o estilo de vida jovem e bem humorado das garotas alegres, ousadas e confiantes, que adoram curtir a vida e a natureza. A marca possui uma extensa cartela de produtos que além das roupas inclui cintos, óculos de sol, relógios, calçados, mochilas, chapéu, e, claro, pranchas.

Por Ticiana Deiab