.

.

31 de março de 2012

O campeão vai para a Indonésia

A Associação de Surfe de Niterói informa à todos os atletas e simpatizantes do esporte que neste ano de 2012 será oferecida uma passagem aérea para a Indonésia ao campeão do ranking da categoria Pro-Am. Após o retorno desta categoria nas competições da entidade, a AIT Surf Operadora de Turismo intermediou a negociação com um novo patrocinador para a ASN, a Qatar Airways. A empresa elevou significativamente o nível da premiação, doando uma passagem para Bali.
Guilherme Herdy é o atual campeão / Foto Tony D'Andrea 
A parceria com a AIT Surf Operadora de Turismo, que entra seu quarto ano, tem rendido ótimos frutos para o surf niteroiense, e demonstra estar consolidada. Em 2009 foi premiado com uma passagem ao Peru. Em 2010 foram duas, e em 2011 aumentamos para três. Agora, em 2012, mantem-se três passagens ao Peru, através da Taca Air Lines, e foi adicionada uma quarta passagem aérea, só que para o paraíso do surf no Oceano Índico. Os campeões dos rankings das categorias Open Interno (locais), Senior (acima de 28) e Master (acima de 35) faturarão passagens para o Peru, enquanto que o campeão profissional viajará para a Indonésia.

Os surfistas locais se dedicarão bastante aos treinos, e pretendem fazer valer o conhecimento nas pesadas ondas de Itacoatiara. Guilherme Sodré, último campeão profissional niteroiense, é um dos mais empolgados com a volta da Pro-Am e com a atrativa premiação. “A bastante tempo não participo de campeonatos, e com certeza essa passagem para a Indonésia é um estímulo para eu voltar vestir uma lycra. Acredito que o circuito será prestigiado por grandes nomes do esporte no estado, e até mesmo de outros, tendo em vista a qualidade das ondas de Itacoatiara. Espero que no final do ano, possa comemorar mais um título, e levar o prêmio máximo, que é literalmente uma passagem para o paraíso!”
 
A expectativa entre os atletas e organizadores é muito grande para o início das disputas, que está agendada para acontecer nos dias 26 e 27 de maio na praia de Itacoatiara. Este ano promete ser um dos mais badalados entre os competidores que prestigiarão os eventos da ASN.

Por João José Macedo

Skate Saúde promove Leilão para a pequena Íris

Todos nós já conhecemos a pequena Íris, filha do skatista profissional Ricardo “Porva” e que ficou ainda mais famosa após participar do programa “Caldeirão do Huck” acompanhando o skatista Ítalo “Romano” que encarou o desafio de descer a Mega Rampa na casa de Bob Burnquist.
Íris e ítalo Romano / Foto divulgação
Recentemente ela foi contemplada com um tratamento intensivo na cidade de Curitiba, o que trará grandes benefícios para a sua saúde e bem estar, e precisa de nossa ajuda para custear sua viagem.

Pensando nisso a Xtrax Brasil gentilmente disponibilizou uma câmera filmadora/fotográfica SD20, top de linha da marca. A câmera foi desenvolvida para capturar imagens de esportes radicais, grava em Full HD (1920 X 1080), tira fotos de 8.0 megapixel, possui lente de 170° (olho de peixe) e cartão de memória de 8 GB, perfeita para se usar no skate e que será leiloada para ajudar a custear a viagem de tratamento.
Para participar do leilão é fácil, basta acessar e seguir a Fã Page da Iris no Facebook e dar o seu lance no link do leilão, sendo que o lance mínimo é de R$ 700,00. O leilão vai até o dia 09 de Abril às 14 horas, quando será divulgado o ganhador. Após isso o pai da Iris, Ricardo “Porva” vai entrar em contato com o vencedor para passar os dados bancários e pegar o endereço para o envio do prêmio.

Se você tem vontade de guardar seus grandes momentos com o skate para sempre e ainda colaborar com uma causa nobre, participe, e ajude a Íris a continuar vivendo os grandes momentos dela.

Acesse a FÃ PAGE DA ÍRIS NO FACEBOOK

Por Tiago Pino

Levante a sua bandeira em Bells Beach

Os surfistas profissionais de vários lugares do mundo estarão no Rip Curl Pro Bells Beach no mês de abril. E queremos saber qual bandeira você levantará neste evento que é um dos mais importante da temporada da ASP.
Haverá cerca de 10 nacionalidades diferentes representadas na 51ª edição do Rip Curl Pro Bells Beach (estamos considerando EUA e Havaí em contas separas). A Austrália irá contar com 13 homens e 5 mulheres. Os EUA com 7 homens e 3 mulheres, seguido de perto pelo Brasil com 7 homens e 2 mulheres.

As ilhas havaianas são representadas por 2 homens e 3 mulheres, a França levará 1 homem e 2 mulheres, e a África do Sul vai ser representada por 2 surfistas masculinos. Tahiti e Portugal têm cada um (1) surfista masculino em turnê, e Peru e Nova Zelândia têm cada um (1) surfista feminina.

Pois é isso, agora é só aguardar o dia 3 de abril, data dos primeiros confrontos nas direitas perfeitas de Bells Beach.

Fonte Rip Curl Pro Bells Beach

1ª Etapa do Circuito Jah Light

Acontece em Curitiba/PR no domingo, dia 01º de Abril, a partir das 09h30, a 1ª Etapa do Circuito Jah Light. As categorias convidadas são Mirim R$ 10, Iniciante R$ 15, Feminino R$ 10 e Amador R$ 20. O evento será realizado na Rua Enette Dubard (atrás do Módulo Policial) em Tatuquara, Curitiba/PR.
O circuito terá no total três etapas e é organizado pelo skatista profissional Marcos Matozo Cão.

Serviço:
Circuito Jah Light
1ª Etapa 01º de Abril, Pista Pública de Tatuquara
2ª Etapa 28 de Abril, Pista Pública de Mandirituba
3ª Etapa 20 de Maio, Ginásio de Esportes da Fazenda Rio Grande

Por Marcos Bollmann

30 de março de 2012

Alejo encara Saca e Florence em Bells Beach

Já são conhecidas as baterias da segunda etapa do ASP World Tour, o Rip Curl Pro Bells Beach, que começa na próxima terça-feia (3/4), um dos mais importantes circuito profissional do mundo do Surf, o Rip Curl Pro Bells Beach.

Os 34 melhores surfistas masculinos e as 15 melhores surfistas femininas no mundo são os protagonistas de toda a ação prevista para a semana da Páscoa. Esta é a 51ª edição deste evento, considerado um dos mais importantes do mundo.
Bells Beach, Austrália / Crédito ASP
As baterias já foram definidas e Alejo Muniz enfrenta o havaiano John John Florence, vencedor do WQS 6* Prime Telstra Drug Aware Pro, e ainda o português Tiago Pires. Neste momento, Taj Burrow lidera o ranking do ASP World Tour, após vencer a primeira etapa em Snapper Rocks. Taj vai competir contra o surfista Kolohe Andino (USA) e contra um wildcard que pode ser Davey Cathels (AUS).

Vale lembrar que existem dois wildcards para o evento masculino, um foi dado pela Rip Curl a Davey Cathels e outro virá dos Wingman Men's Trials. 20 surfistas locais competirão por um lugar no Rip Curl Pro, entre eles Nic Muscroft, Jack Perry e Harry Mann. Quanto ao campeão do mundo Kelly Slater ele irá competir também contra um wildcard e com Brett Simpson.

No feminino os heats ainda não são conhecidos. Sally Fitzgibbons (AUS) é a atual campeã em título e espera com certeza defender essa posição, tarefa difícil com as fortes concorrentes, a campeã do mundo Carissa Moore, a vencedora da 1ª etapa Stephanie Gilmore e claro as rookies Malia Manuel, Sage Erickson, entre outras.

Quanto aos trials, quatro surfistas locais vão competir por um lugar junto das melhores do mundo, são elas Kelly Laity, Amy Stewart, Zoe Clarke e Nikki Van Dijk, esta última vencedora dos trials no ano passado.

Fonte Rip Curl Pro Bells Beach

Atletas abrem as agendas

Abril é mês de treino, aulas e competições

Os atletas de surf, motocross e paraquedismo da Nicoboco terão um abril agitado. A agenda de Cauê Wood, Jano Belo, Caio Lopes e Rogério “Ipiranga” Fleury está recheada de treinos técnicos, aulas e provas classificatórias.
Cauê Wood está em San Diego, na Califórnia (EUA) / Foto Basílio Ruy
O catarinense Wood está em San Diego, Califórnia (EUA), onde permanece até o dia 11, testando as quatro novas pranchas e se adaptando aos seus respectivos quivers. Depois, o vice-campeão Brasileiro Pro Junior, volta para casa a fim de competir, entre os dias 17 e 22, a Oakley Pro Jr 2012, na Praia do Campeche, em Florianópolis (SC).

O paraíbano Belo vai aproveitar a pausa das competições para se exercitar na academia de olho na próxima etapa WQS (World Qualifying Series), que acontece entre 1 e 5 de maio, em Lowers Trestles, na Califórnia (EUA).

O pilodo de MX Caio Lopes participa da 1ª e 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross marcadas para os dias 8 e 29, nas cidades de Carlos Barbosa (RS) e Canelinha (SC). Em meio a disputa do título nacional, ele também corre, no dia 22, a 1ª etapa da Copa São Paulo de Motocross, em Capivari.

O paraquedista e instrutor Ipiranga vai ministrar cursos teóricos para iniciantes, treinamentos de freefly e BBF (Basic Body Flight) para atletas com mais de 60 saltos, em Boituva (SP). Aos finais de semana, ele realiza ainda saltos duplos com todos os interessados em conhecer este esporte.

Por Emanuelle Oliveira

Janela fecha para o Mavericks Invitational

O Mavericks Invitational começou com o seu prazo de espera em 1º de janeiro e está próximo de fechar, no próximo dia 31 de Março. O período de espera termina esta semana e ainda existe uma pequena possibilidade de se realizar visto que está previsto a chegada de um swell nos próximos dias.
Foto Don Montgomery
Este Inverno não houve condições para realizar este evento, as montanhas de Mavericks e os surfistas ansiosos pela adrenalina vão ter de esperar. Apesar de não haver competição, vai acontecer no último dia do período de espera o primeiro Mavericks Festival no Oceana Hotel & Spa in Princeton Harbor.

"Existe uma pequena chance de conseguirmos ter swell suficiente com a tempestade que vai abalar a costa, mas falando de uma forma realista não me parece." disse o diretor do evento Jeff Clark. "No entanto, estamos contentes de podermos honrar os melhores surfistas da época em Mavericks no Festival."
Durante o festival não vão faltar concertos e festa, e também a primeira edição dos Mavericks Awards. Estes prêmios têm como objetivo homenagear todos os que surfam Mavericks e com grandes performances durante a época em curso! Os brasileiros que concorrem são Carlos Burle, Alex Martins e Danilo Couto. As categorias são:
- Mavercisk Tubo do ano
- Mavercisk Bomba do ano
- Mavercisk foto do ano
- Melhor performance feminina do ano em Mavercisk
- Melhor performance do ano Mavercisk
- 5150 Award para a mais louca onda do ano em Mavericks.

O painel de juízes inclui: Jeff Clark, Bruce Jenkins, Matt Ambrose, Grant Washburn e Dick Keating que assistiram a horas e horas de vídeos e milhares de fotos da época de 2011-2012 em Maverciks.

Fonte Mavericks Invitational

Davey Cathels é wildcard no Rip Curl Pro 2012


O início do ano não foi fácil para o jovem Davey Cathels, de North Narrabeen, Austrália, que terá sua primeira apresentação num evento do World Tour. Lesionou-se no tornozelo em Janeiro e não pôde participar na terceira e última etapa do Mundial de Júniores da ASP do qual era líder do ranking e também nos WQS e Pro Júniores que abriram a temporada competitiva na Austrália.

Agora, já está de volta à água e ao treino e foi agraciado com o wildcard para competir na segunda etapa do ASP World Tour, o Rip Curl Pro Bells Beach. Esta é uma oportunidade excelente para o jovem surfista. A ASP conversou com Davey Cathels para saber o estado da sua lesão e como estão os seus treinos.
Dave Cathels com o título da primeira etapa do Mundial de Juniores, em Bali / Foto Oakley
Você já está recuperado da lesão em seu tornozelo?
Já está quase que recuperado. Já tenho força nele, mas ás vezes ainda sinto alguma dor quando faço alguns movimentos.
O tempo fora de água foi frustrante?
Foi muito frustrante. Ter de assistir ao título do Mundial de Júniores sem competir, e depois perder toda a "perna" australiana dos WQS, foi difícil. Foi muito difícil também estar sentado no sofá e ver todos aqueles que competem contra mim conquistando bons resultados e ainda pior, não poder ir surfar para esquecer isso.
Como se sente ao faltar da última e decisiva etapa do Mundial de Juniores?
Foi uma desilusão. Ainda por cima isso aconteceu no final do ano passado e no começo deste...Eu só pensava nela (etapa). Fiquei muito desanimado durante algumas semanas.
Venceu a 1ª etapa do Mundial de juniores em Bali mostrando um alto nível de surf, ainda estás longe neste momento desse nível de forma?
Neste momento o meu surf não está sequer perto dessa altura. Só surfei cinco vezes. Sei que vou chegar lá, mas não se pode voltar e achar que está tudo igual como deixámos. Tenho que voltar a habituar o meu tornozelo ao que fazia antes e ganhar novamente confiança em mim.
Como se sentiu ao receber a noticia que ganharia o wildcard?
É incrível! Estou muito honrado porque a Rip Curl me deu esta oportunidade. Será o meu primeiro evento ASP World Tour, preferiria estar surfando como antes, mas estou confiante que em 10 dias estarei bem preparado para dar o meu melhor.
Bali / Foto Robertson - ASP
Provavelmente irá competir contra o Kelly Slater, e ae?
Ter a oportunidade de surfar contra o Slater seria um momento muito especial. Mesmo que ele me esmague eu sei que vou sair daquele heat um melhor surfista. Só quero realizar uma boa performance, isso é mais importante do que qualquer resultado.
Quais são os teus planos para 2012?
Vou-me focar nos WQS 6* e Prime, conseguir chegar à elite do surf mundial é o meu objetivo. Quero mudar algumas coisas que fiz no ano passado com a minha preparação e viagens que acho que vão me ajudar a chegar lá. De resto quero conhecer lugares épicos, surfar boas ondas e, claro, fazer boas pontuações.

Fonte ASP




29 de março de 2012

Vai começar o Red Bull Skate Generation

A cidade de Florianópolis recebe, neste fim de semana (30/03 a 01/04), a segunda edição do Red Bull Skate Generation. A final, no dia 01/04, terá transmissão AO VIVO a partir das 14h00.
Como funciona
No Red Bull Skate Generation, ao invés de competirem individualmente, os atletas se reúnem em equipes de quatro integrantes: um amador, um pro, um master e um legend. Na sexta-feira e no sábado, acontecem as eliminatórias individuais, que definirão os cinco classificados de cada categoria para a grande final, por equipes.

Entre os estrangeiros, já estão confirmados nomes como Christian Hosoi, Omar Hassan, Alex Perelson, Duane Peters, Rune Glifberg, Raven Thershy, Alex Sorgento, Todd Johnson e Benjamin Galloway, além do espanhol Danny Leon e do argentino Milton Martinez.

Recebendo esta turma, uma lista de brasileiros não menos qualificados: Pedro Barros, Sandro Dias, Marcelo Kosake, Rony Gomes, Otavio Netto, Rodolfo Ramos, Carlos Andrade, Allan Mesquita, Leo Kakinho, Vi Kakinho e Gabriel Oliveira já estão entre os nomes confirmados.

Fonte CampeonatosdeSkate

SOS Bells Beach

A poucos dias do início do Rip Curl Pro, etapa do World Tour em Bells Beach (de 3 a 14 de Abril), o site The Inertia noticia uma entrevista com a lenda viva Maurice Cole, que apela para que ajudem a proteger Bells Beach dos interesses econômicos.

Maurice Cole é um surfista e shaper australiano que morou alguns anos na Europa e agora está de volta ao seu país de origem. Cole já fez pranchas para Tom Curren, Taj Burrow, Kelly Slater entre muitos outros surfistas do top mundial. O australiano, de origem aborígene, desabafa sobre os planos do governo local para a zona de Bells Beach e explica como podemos ajudar a preservar este santuário do surf.
Bells Beach
Acompanhe a entrevista que Cole deu para o site The Inertia:
The Inertia - Maurice, recentemente houve algumas mudanças em Bells Beach, explique para o público.
Maurice Cole - O Conselho local acabou de construir um mini-bus com lotação para 550 turistas. Anteriormente, a capacidade do mini-bus era para 200 pessoas, o que significa que agora temos 2 mini-bus para 700 pessoas.
O Conselho também reduziu o estacionamento de automóveisl em 30%, quer emitir mais licenças para operadores turísticos e começou a multar os surfistas nos estacionamentos. Alguns destes surfistas usam os parques há mais de 40 anos. Além de todas estas medidas ainda existe um plano para construir um polo turístico para Winkipop.

The Inertia - Então existem algumas mudanças. Houve alguma alteração a nível político nos últimos tempos em Bells?
Maurice Cole - O estatuto de Bells Beach foi alterado no final dos anos 70 e início dos anos 80, para Reserva de Recreação normal. A legislação inicial não era bem explícita, como tal Bells Beach já não é uma Reserva de Surf. Descobrimos isto há cerca de 6 meses e estamos bastante chocados.

The Inertia - Este é um daqueles casos em que uma área intocada é pressionada pelo desenvolvimento. O que podemos fazer para ajudar a preservar Bells Beach?
 Maurice Cole - Temos de mobilizar as pessoas com a recolha e assinaturas na nossa petição. Devemos também mostrar aos nossos políticos que os surfistas e a cultura do surf são importantes e que Bells Beach foi o local do nascimento da cultura contemporânea do surf na Austrália. É o nosso lugar sagrado e vai precisar da assinatura dos surfistas de todo o mundo.

The Inertia - Você ainda morava na Europa quando foi fundada a Surfrider Foundation Europe e neste momento está na Austrália para trabalhar com a Surfrider Foundation para proteger Bells. Que experiência adquiriu ao longo dos últimos anos?
Maurice Cole - O Tom Curren e eu estavamos voltando de Lacanau, quando nos questionamos sobre o que poderiamos fazer para ajudar a França de alguma forma. Durante os tempos em que vivemos lá aquilo era o paraíso do surf, com boas ondas, muitos tubos e pouca gente na água. Acontece que cada vez que havia uma tempestade, as praias ficavam com imenso lixo. Aí decidimos tentar mostrar aos espanhóis e aos francese que o oceano não é um depósito de lixo. Começamos com a Planet Menakoz a angariar fundos para dar início à Surfrider Europe. Tudo passa por fazer parte da solução e quando isso não acontece, faz parte do problema. É uma questão de agradecimento, estes princípios aplicam-se em Bells Beach e em todos o mundo.
 
Para participar assine a petição

Fonte Site Inertia



ASP confirma etapas em Saquarema, Peru e Chile

ASP South America anuncia as próximas etapas do Circuito Mundial confirmadas na América do Sul

Estão confirmadas da etapa Prime de Saquarema e do ASP 3-Star no Chile, além de duas estreias no Peru, sendo uma do ASP 6-Star feminino e uma válida pelas seletivas sul-americanas para o Circuito Mundial Pro Junior. O evento do Chile será realizado nos dias 12 a 17 de junho nas grandes ondas de Arica e os do Peru de 21 a 28 de julho em Lobitos. Já o Coca-Cola Saquarema Prime vai acontecer antes, de 21 a 27 de maio na Praia de Itaúna, em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, na semana seguinte ao Billabong Rio Pro, a etapa brasileira do ASP World Tour, cuja janela vai de 09 a 20 de maio na capital carioca.
Raoni Monteiro
Com isso, deve contar com grande participação de surfistas da elite mundial, principalmente pelas ondas enormes que rolaram no ano passado na praia conhecida como o “Maracanã” do surfe brasileiro. As fases decisivas tiveram que ser adiadas para a segunda-feira, pois no domingo as condições ficaram fora de controle, com ondas chegando a 4 metros de altura na Praia de Itaúna. Toda a torcida era para o surfista de Saquarema, Raoni Monteiro, mas ele acabou perdendo a decisão do título para o australiano Kai Otton.

“Em recente reunião entre os surfistas no Prime de Margaret River, na Austrália, a notícia da confirmação de Saquarema dada pelo representante dos atletas, Kieren Perrow, teve repercussão imediata na lista de inscritos online para este torneio, que está repleta de nomes famosos”, conta Roberto Perdigão, diretor da ASP South America. “Nas três edições anteriores, a Praia de Itaúna apresentou ondas de qualidade internacional e a Adding Eventos, bem como a Prefeitura Municipal de Saquarema, promotores do evento, estão bastante entusiasmados com a manutenção do Coca-Cola Saquarema Prime no calendário da ASP por mais um ano”.

As etapas com nível Prime só não são mais importantes do que as do Dream Tour no ranking que indica os dez surfistas para completar a elite dos top-34 da ASP. Em eventos com este status, o número de competidores é limitado para 96 atletas, que disputarão a premiação de 250 mil dólares, com a vitória valendo 6.500 pontos no ASP World Ranking. Já no Dream Tour o campeão da etapa marca 10.000 pontos e são distribuídos 425 mil dólares entre os 36 participantes.

O primeiro ASP Prime do ano também foi organizado pela ASP South America em outro palco de ondas com qualidade internacional no Brasil. O Hang Loose Pro Contest terminou com vitória do paulista Miguel Pupo na final verde-amarela com o catarinense Jean da Silva em Fernando de Noronha (PE). Pupo assumiu a liderança do ASP World Ranking com este título, mas agora aparece em terceiro lugar porque não participou das provas da “perna australiana”. Com isso, perdeu a ponta para Taj Burrow, que venceu o Quiksilver Pro Gold Coast e também competiu no ASP 6-Star de Newcastle e no ASP Prime de Margaret River.

Como o ASP Prime de Saquarema, o Arica Pro Challenge também será reeditado neste ano no Chile nos dias 12 a 17 de junho. A praia El Gringo, em Arica, possui uma das ondas mais desafiadoras do continente e foi palco de uma etapa do ASP World Tour vencida pelo ex-tricampeão mundial Andy Irons em 2007. Nos últimos anos vem sediando uma prova do ASP 3-Star e o chileno Guillermo Satt fez a festa em casa no ano passado nos tubos de El Gringo. Em 2010 o evento não aconteceu por causa do terremoto que devastou parte do país naquele ano e em 2009 o campeão do desafio de Arica foi o peruano Gabriel Villaran.

As novas etapas do Peru são a grande novidade do calendário da ASP South America para 2012. Serão oito dias de competições em Lobitos, uma das ondas mais famosas do litoral norte do Peru. Começa pelo Rip Curl Pro Junior, que de 21 a 23 de julho vai reunir os melhores surfistas com até 20 anos de idade da América do Sul. Serão realizadas uma prova masculina nível 3 estrelas com premiação de 15 mil dólares e uma feminina 2 estrelas de 3 mil dólares, ambas válidas pelas seletivas sul-americanas para o ASP World Junior.
Kai Otton
Na sequência, acontece uma do ASP Womens 6-Star nos dias 24 a 28 de julho nas mesmas ondas de Lobitos, em Piura. A Copa Movistar Pro apresentada pela Rip Curl distribuirá 40 mil dólares e 3.500 pontos para o ranking que classifica seis surfistas para a elite das top-16 do Dream Tour feminino. No momento, é a única etapa deste circuito confirmada para a América do Sul, mas outra está prevista também no Peru para 09 a 14 de outubro.

“A empresa Chalac Promocciones, dirigida por Chalo Espejo, ex-campeão nacional peruano e um dos grandes entusiastas do surfe em seu país, juntamente com o seu associado Javier Reateguy, vão promover estes dois grandes eventos em Lobitos”, destacou Roberto Perdigão. “No Rip Curl Pro Junior, a expectativa é de uma maior participação dos jovens talentos de toda a América do Sul. Já a Copa Movistar Pro apresentada pela Rip Curl, por acontecer em um local de ondas “world class” e às vésperas do tradicionalíssimo US Open, em Huntington Beach, Califórnia, deve contar com a presença de grandes estrelas, como as campeãs mundiais Stephanie Gilmore (AUS) e Sofia Mulanovich (PER), além de Sally Fitzgibbons (AUS), Silvana Lima (BRA), Courtney Conlogue (EUA), Jacqueline Silva (BRA), Ornella Pellizzari (ARG), entre tantas outras”.

Calendário 2012 das próximas etapas das ASP South America:
Mai 21-27 – ASP Prime Coca-Cola Saquarema Pro na Praia de Itaúna, Saquarema (RJ) – US$ 250.000 e 6.500 pts
Jun 12-17 – ASP 3-Star Arica Pro Challenge em El Gringo, Arica – CHILE – US$ 55.000 e 750 pts
Jul 24-28 – ASP Womens 6-Star – Copa Movistar Pro apresentada pela Rip Curl em Lobitos – PERU – US$ 40.000 e 3.500 pts
Ago 30-01 – ASP 2-Star Billabong Surf Eco Festival na Praia de Jaguaribe, Salvador (BA) – US$ 30.000 e 500 pts
Out 09-14 – ASP 4-Star “aguardando confirmação” em Mancora – PERU – US$ 95.000 e 1.000 pts
Out 09-14 – ASP Womens 4-Star “aguardando confirmação” em Mancora – PERU – US$ 30.000 e 1.000 pts
Out 16-21 – ASP 6-Star Brasil Open of Surfing no Arpoador, Rio de Janeiro (RJ) – US$ 155.000 e 3.500 pts
Out 23-28 – ASP Prime “aguardando confirmação” na Praia da Vila, Imbituba (SC) – US$ 250.000 e 6.500 pts

Seletivas Sul-Americanas para o Mundial Pro Junior da ASP:
Jul 13-15 – Mormaii Pro Junior na Praia da Ferrugem, Garopaba (SC) – 1 Star masc. (US$ 7.000) e 1 Star fem. ($ 2.000)
Jul 21-23 – Rip Curl Pro Junior em Lobitos, Piura – PERU – 3 Star masc. (US$ 15.000) e 2 Star fem. ($ 3.000)
Ago 17-19 – Hurley Pro Junior em local a ser anunciado – 2 Star masc. (US$ 10.000) e 1 Star fem. ($ 2.000)
Ago 24-26 – Quiksilver Pro Junior em local a ser anunciado – 3 Star masculino (US$ 15.000)
Ago 24-26 – Roxy Pro Junior em local a ser anunciado – 2 Star feminino (US$ 3.000)
Ago 27-29 – Billabong Surf Eco Pro Junior na Praia de Jaguaribe, Salvador (BA) – 3 Star masc. ($ 15.000) e 2 Star fem. ($ 3.000)

Por João Carvalho / Fotos Pedro Monteiro

Karol Ribeiro vence o Rip Curl Grom Search

A surfista de 13 anos irá representar o Brasil na final mundial que acontece na Austrália, em 2013.

A surfista de Cabo Frio Karol Ribeiro, 13, é a nova campeã do Rip Curl Grom Search 2012. Após garantir a segunda posição na etapa final que aconteceu no último domingo ( 25/3), na praia do Tombo, Guarujá (SP). Karol levou o título do circuito e foi convidada para compor a seleção brasileira de surf, que irá representar o Brasil na final mundial no ano que vem.
Karol no pódio / Foto arquivo pessoal
A etapa final irá acontecer em Bells Beach, paralelamente ao Rip Curl Pro, que reúne os melhores surfistas do mundo. "Estou muito feliz com o título, o campeonato foi muito difícil, pois as meninas competiram muito bem, e poder surfar na Austrália é a realização de um sonho, ainda mais estando perto dos meus ídolos", comemorou a atleta.

Além disso, ela foi convidada pela CBS (Confederação Brasileira de Surf) para representar o Brasil no Mundial Amador no  Panamá, mês que vem. De acordo com Karol, a rotina de treinamentos intensa foi fundamental para a conquista: "Treino todos os dias com o meu treinador, Raul Arrabal. Cinco dias por semana na praia, a parte técnica, e duas vezes por semana na piscina a parte física e aeróbica - como apnéia, por exemplo. Faço ainda um treinamento funcional, que  trabalha a parte física e motora" diz a atleta.

A surfista ainda conta que o momento agora é de focar nos treinos para representar bem o país na Austrália e nos campeonatos aqui no Brasil.  "O foco é treinar muito para fazer uma boa representação do país tanto na Austrália quanto nos campeonatos que nós vamos ter pela frente, como os estaduais sub-14 e sub-18 e o brasileiro amador".

Com o título, a atleta garantiu passagem aérea de ida e volta para a Austrália e um intercâmbio cultural com curso de  inglês intensivo no Greenwich College em casa de família.

O Rip Curl Grom Search acontece em vários países do mundo, e cada uma dessas fases leva os campeões das categorias mirim e feminina (sub-16) para a final mundial, que acontece paralelamente ao mundial profissional, o WTC, em  março de 2013.

Por Juliette Barboza

Recorde em 2011 de ataque de tubarão

No ano passado os ataques atingiram números recordes comparados com as duas últimas décadas.

Numa altura em que parece que todos os meses são noticiados ataques de tubarão, foi publicado o resultado de uma pesquisa que afirma que os números aumentaram. Em 2011 houve 75 ataques onde 12 foram mortais. Destes 12, um ocorreu na Costa Rica, dois na África do Sul, um no Quênia, 2 na Ilha Reunião, 2 nas Seychelles, 1 na Nova Caledónia e 3 na Asutrália.
O australiano Glen Folkard exibe a marca da mordida em sua prancha de surf feita por um ataque de tubarão, em Newcastle, 23 de fevereiro de 2012. Ele também sofreu grandes ferimentos na coxa esquerda.
Outros 29 ataques ocorreram nos EUA, onde 11 dos quais foram na Flórida. Na Austrália ocorreram outros 11 ataques, 5 na África do Sul, 4 na Ilha Reunião, 3 no México e na Rússia, e 2 nas Seychelles e 2 no Brasil.

Afinal quem mata quem?
Apesar dos ataques de tubarões normalmente chamarem a atenção do mundo e das mídias, as pessoas são uma ameaça muito maior para os animais. Por ano, o Homem mata entre 30 a 70 milhões de tubarões na pesca, fazendo com que várias espécies estejam atualmente em extinção.

O aumento do número de ataques deve-se também ao aumento do número de surfistas na água. Comparando com outras fatalidades, nos EUA entre 1959-2009, morreram 1951 pessoas atingidas por relâmpagos, enquanto que com ataques de tubarão foram 23. Entre 2001 e 2009 morreram 263 devido a ataques de cães, 10 devido aos ataques de tubarão.

O que se conclui com este estudo é que a probabilidade de ocorrer uma fatalidade é muito maior com relâmpagos e mesmo com outros animais do que com o tubarão.

Vale lembrar que há duas semanas foi registado um ataque na Gold Coast, Austrália e várias capturas no litoral sul de São Paulo.

Fonte SurfTotal

28 de março de 2012

Universtitário invadem Baía Formosa

O 6º Título Brasileiro do Surf Universitário terá início no próximo fim de semana, sexta-feira, 30,  e está previsto para  terminar no dia  1º de abril, nas famosas ondas do Pontal de BF, no município de Baía Formosa-RN. O evento é considerado o maior circuito nacional com público estudante do planeta.  Igualmente ao ano passado, a generosa premiação e a expectativa de boas ondas promete reunir surfistas vindos de todas as partes do litoral brasileiro. 14 Estados já estão confirmados e os últimos pedidos de inscrição estão em fase final de análise.

Lutando para manter a hegemonia na categoria no masculino, os cearenses chegam forte para a competição. Além de seus principais astros como o atual Campeão Brasileiro de Surf Universitário, Phelipe Maia e a revelação de 2011 da categoria, Marcos Otávio, que no ano passado dividiram o pódio da etapa inaugural com a primeira e segunda colocações respectivamente, outros nomes da nova geração prometem contribuir para manter o estado no topo do ranking nacional, que atualmente soma quatro títulos em cinco edições.
Premiação Circuito 2012.
Outro destaque para a delegação catarinense que chega com força total e novos talentos para quebrar esta sequencia cearense vitoriosa. Atletas do Espírito Santo, Rio de Janeiro São Paulo, Paraná, Alagoas completam uma nova lista com novos nomes  que prometem lutar por vaga na seleção brasileira de 2012.

Contudo, essa missão não será tarefa fácil, sobretudo pelo crescente aumento do nível da categoria puxado pela expressiva premiação que, a exemplo do ano passado, continua sendo a maior da história da modalidade oferecendo nada menos que 1 CARRO e 3 MOTOS 0km na bolsa de premiação.

Como é de se esperar, o Rio Grande do Norte, estado anfitrião, se apresenta como favorito nessa etapa que apontará os líderes do ranking 2012 que partirão na frente da corrida pelos títulos do circuito. André Fagundes, que em Baía Formosa ostenta o posto de herói local, mais uma vez promete dar o seu melhor para fazer a alegria da torcida que costuma lotar a arquibancada natural formada pelas pedras que ao mesmo tempo embelezam a praia e possibilitam a formação das famosas direitas do Pontal.

Entre as meninas a maior esperança da torcida estará nas mãos da potiguar Gabriela Silveira, vencedora desta mesma etapa no ano de 2011. Ela, que já sentiu o gostinho de ser campeã brasileira da categoria em 2008, luta para igualar o feito conquistado pela paranaense Ana Ceccarelli, única atleta (tanto no masculino quanto no feminino) na história da competição a colecionar dois títulos, conquistados em 2009 e 2011.

Serão várias ações em todas as etapas: Brasil Tour Surf Universitário, Palestras, Concurso Universitária Brasil, Festa Oficial, Ações Culturais e muito mais, tudo isso rolando na Vila Universitária, uma superestrutura projetada para proporcionar conforto e segurança para os atletas e comissão técnica, com o mesmo nível das maiores competições de surf realizadas no país.

Nada menos que R$ 38.000,00 (Trinta e oito mil reais) estão em jogo. São 3 Motos Okm e 1 CARRO Zerinho, sem falar que todos os finalistas de cada uma das três etapas receberão kit’s, troféus e outros prêmios. A expectativa da organização do evento é receber atletas vindos de 15 estados do Brasil configurando mais um recorde nesta modalidade que cresce em todo o mundo.

Galeria de campeões – ABRASU
Open Feminino Universitário
2007 Tania Luiza (CE)
2008 Gabriela Silva (RN)
2009 Ana Ceccarelli (PR)
2010 Rafaela Bahia (CE)
2011 Ana Ceccarelli (PR)
Open Masculino Universitário
2007 Vinícius Batista (SP)
2008 Gutembergue Silva (CE)
2009 Glauciano Rodrigues (CE)
2010 Artur Silva (CE)
2011 Phelipe Maia (CE)

Por George Noronha

Equipe desembarca na Indonésia

Após 46 dias surfando as melhores ondas do litoral australiano os integrantes da Pena Surf Trip desembarcam na Indonésia para a segunda missão da viagem e ao chegarem ao aeroporto de Bali Alan Jhonis e Messias Félix sentiram a vibe do lugar.
Alan, Messias e André / Foto Lima Jr.
Um país com uma cultura única que apaixona qualquer um a primeira vista, e mesmo cansados da viagem de Margaret perceberam que aqui é um paraíso. Chegaram por volta das 22 horas, e pegaram um táxi direto para a famosa Padang Padang, um pico com vários hotéis e uma excelente comida.
Lee Ann Curren / Foto Lima Jr.
Depois de acordar almoçaram e foram alugar um carro para começar a desbravar este litoral paradisíaco, pois infelizmente Padang não estava funcionando como queriam, então seguiram para Uluwatu, uma esquerda desenhada que quebra em uma bancada de coral proporcionando várias sessões de manobras e tubos extensos. Uma onda de sonho, água quente, cristalina e muito perfeita.
Pôr do Sol / Foto Lima Jr.
Surfaram até escurecer, não ficaram mais tempo na água devido a falta de luz e para finalizar curtiram um pôr do sol de dentro d´água que encantou a todos da trip.
Messias Félix / Foto Lima Jr.
No dia seguinte já na companhia de André Silva, Lee Ann Curren e Charlie Brown partiram em busca de um secret conhecido por André, o lugar era super secreto mesmo. Para chegar ao pico tinham que fazer uma escalada que só vendo para crer, mas após a longa caminhada veio o prêmio, esquerdas transparentes que quebravam em cima de uma bancada rasa de coral, detalhe, só com os amigos.
Depois de 2 horas de surf voltaram para o hotel, mas antes disso foram visitar um templo sagrado de Bali onde vivem uma variedade enorme de macacos, o visual do lugar dispensa comentários, aliás, como tudo aqui neste pedaço mágico do planeta.

Por Lima Jr.

Brasil está no Mundial de Ski Alpino Masters

Os atletas Luci e Stefano Arnhold vão representar o Brasil no Mundial de Ski Alpino Masters que acontece essa semana na Califórnia, nos Estados Unidos. Após realizar excelentes provas na Copa do Mundo de Ski Alpino Masters nessa temporada de inverno no hemisfério Norte e garantir a liderança da competição na categoria que disputa, Luci Arnhold está preparada para esse desafio, que contará com três provas.
Luci Arnhold 2012 / Foto divulgação
Na terça-feira (27), a atleta paulista participou da competição de Super G, na quarta-feira (28) de Slalom Especial e na quinta-feira (30) de Slalom Gigante e nessas provas enfrentará suas maiores adversárias: a italiana Magda Rossi e a suíssa Julia Schaerer.

“Luci está realizando uma temporada excepcional e nesse Mundial tentará subir novamente ao pódio, repetindo a mesma ótima performance da edição de 2011 do Mundial em Andorra, onde conquistou três medalhas”, afirma Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve.

O atleta e presidente da CBDN, Stefano Arnhold, também representará o Brasil nessa edição do Mundial de Ski Alpino Masters em Mammoth Mountain, na Califórnia. As provas masculinas serão realizadas nos mesmos dias e locais das provas femininas.

Além disso, os dois atletas brasileiros participarão de uma prova de Slalom Gigante válida pela etapa da Copa do Mundo Masters, que será realizada na sexta-feira (30) no mesmo local. A última etapa da Copa do Mundo de Ski Alpino Masters será realizada em Abetone, na Itália, entre os dias 13 e 14 de abril.

Por Michele Barcena

27 de março de 2012

Vice-prefeito de São Sebastião na ilegalidade

O vice-prefeito de São Sebastião, município do litoral norte de São Paulo, foi detido na manhã da última sexta-feira (23) por pescar em área de preservação ambiental. Wagner Teixeira foi vereador da cidade por oito anos pelo PV (Partido Verde) e presidente do partido no município.

Ele foi flagrado por fiscais do Ibama e do ICMBio (Instituto Chico Mendes) na lancha dele, avaliada em R$ 40 mil, com 116 quilos de peixe, incluindo espécies ameaçadas de extinção. Teixeira navegava na ilha do Paredão, área localizada dentro da Estação Ecológica Tupinambás, em São Sebastião. No local é proibido pescar e fazer visitação sem autorização do governo federal. Ela fica nos arredores do arquipélago de Alcatrazes, que tem uma das principais biodiversidades do país.
Vice-prefeito de São Sebastião (SP) é flagrado pelo Ibama em lancha fazendo pesca ilegal
A Folha estava na embarcação da fiscalização ambiental para a realização de uma reportagem, quando o barco do vice-prefeito, dirigido por ele, foi avistado pela chefe da estação ecológica, Kelen Luciana Leite por volta de 10h30. Ninguém da fiscalização ambiental sabia, neste momento, de quem era a embarcação e quem a ocupava. A identidade de Teixeira só foi descoberta depois que o barco dele foi conduzido para o porto de São Sebastião.

A embarcação da fiscalização seguiu em direção ao barco de Teixeira, com as sirenes ligadas, mas ele não parou. Após uma perseguição que durou cerca de 20 minutos, a 60 nós (cerca de 100km/hora), os fiscais conseguiram parar o barco do vice-prefeito, que ficou sem óleo no motor. Ele estava acompanhado por outros cinco homens, incluindo um mergulhador que fazia pesca subaquática. Nenhum deles tinha licença para pescar.

Ao ser abordado, Teixeira negou que tivesse pescado na região da área de preservação. Disse que estava desde às 6h perto da ilha de Montão de Trigo (onde é permitida a pesca) e depois seguiu para pescar no Parcel Sudoeste. Neste momento, ele foi esclarecido por Kelen e pelo agente ambiental do Ibama, Ignácio Mattos, que a área do Parcel faz parte da estação ecológica e que, portanto, ele não poderia ter pescado lá.
"Eu não sabia que ali era proibido, que não podia pescar", afirmou o ex-vereador do Partido Verde, que foi criado na região e, durante seu mandato de vereador escreveu uma moção de apelo ao Ministério do Meio Ambiente solicitando a proibição da prática de tiros pela Marinha no arquipélago de Alcatrazes, em função da importância ecológica do local. Ele também negou que estivesse tentando fugir. "Eu juro pela minha filha de sete meses que eu não fiz isso. Não vi o barco e não ouvi a sirene", afirmou.

Ao abrir o compartimento onde os homens guardavam o pescado, a fiscalização encontrou, entre outras espécies, garoupas e anchovas (uma delas ainda viva, o que indica que tinha acabado de ser pescada). Os dois tipos de peixe estão na lista estadual de espécies ameaçadas de extinção.

O barco dele foi apreendido e todos os ocupantes levados para a delegacia da Polícia Federal de São Sebastião. Os homens responderão a um processo criminal e serão multados por falta de licença de pesca amadora, por dificultar a fiscalização (pela fuga) e por pescar em área proibida. Só a multa de Teixeira deverá chegar a R$ 60 mil.

Fonte Folha de São Paulo / Foto Joel Silva/Folhapress

Mundo Universitário 2012 começa com palestra sobre drogas

Palestra de abertura do Mundo Universitário 2012 acontecerá no dia 30/03 próxima sexta-feira agora às 15 horas, no Colégio João Anacleto Filho, em Baía Formosa- RN!

O Mundo Universitário 2012 etapa Baía Formosa, contará com a palestrante  Sra. Tenente Coronel Margarida Brandão que tem como tema da palestra: “Fazendo a Diferença”, abordando o assunto sobre Prevenção e Resgate do Mundo das Drogas. Será uma personalidade ilustre da atualidade que há 10 anos se dedica ao Programa Educacional de Resistência às Drogas no estado do Rio Grande do Norte, falando sobre a importância especifica da prevenção e do resgate de crianças e jovens do mundo das drogas.
A palestra que irá acontecer ás 15hs no Colégio João Anacleto Filho de Baia Formosa contará com a presença de alunos da escola de ensino fundamental do município de Baia Formosa, além de vários universitários. Importante ressaltar que os encontros são gratuitos e haverá distribuição de brindes aos participantes.

Cronograma do Mundo Universitário 2012 – A Onda do Saber!
DIA 30 DE MARÇO (Sexta-feira)
Palestra
Local: Colégio João Anacleto Filho, em Baía Formosa- RN
Horário: 15h
DIA 31 DE MARÇO (Sábado)
Festa Mundo Universitário
Local: Quadra de Esportes
Show: Léo a Fera do Forró e DJ Helton Costa
Horário: 21h
DIAS 31 DE MARÇO E 01 DE ABRIL (Sábado e Domingo)
Brasil Tour Surf Universitário 2012 - 1ª Etapa
Local: Baía Formosa - RN
Horário: 08h
DIA 01 DE ABRIL (Domingo)
Concurso Universitária Brasil
(Eliminatória Potiguar)
Local: Baía Formosa - RN
Horário: 16h

Por George Noronha    

Filipe Toledo vence a Open no STB Festival 2012

Oitenta e nove surfistas de 11 diferentes nacionalidades marcaram presença na praia de Curl Curl, Austrália, nos dias 24 e 25 de março, para a realização do STB Student Surfing Festival 2012. O evento, organizado pelo Ibrasurf e patrocinado pelas principais escolas da região de Sydney, reuniu pelo terceiro ano consecutivo estudantes de todo o planeta num clima de muita amizade, integração, diversão e intercâmbio cultural.
Grandes nomes da nova geração do surf mundial como Filipe Toledo, Billy Bain, Alan Donato e Alysse Cooper participaram das disputas em busca de prêmios incríveis como passagem para Bali, 15 dias no Surfing Village em Pasti (Indonésia), Boat Trip para as Maldivas, pranchas, kits e troféus.
Na categoria International Students quem levou a melhor foi o catarinense Ricardo Ortiz, aluno da APC, que repetiu a dose e conquistou o bicampeonato. Entre os Universitários, vitória do australiano Jordan Widenstrom, da Universidade de New South Wales, vice-campeão em 2011.
A Austrália também subiu ao local mais alto do pódio nas categorias Colegial e Feminina com os atletas Tylah Hutchinson (Mater Maria College) e Sophia Bernard (Stella Maris College). Já o brasileiro Luel Felipe (Navitas) voou alto nas boas ondas de 1 metro para conquistar a Xpression Session.
Um dos principais destaques do final de semana foi o ubatubense Filipe Toledo, que ajudou sua escola (Greenwich College) a conquistar o Tag Team, fez a melhor nota do campeonato (9,50) e ainda venceu a categoria Open (aberta também a não estudantes), onde disputou a primeira bateria ao lado de seu pai Ricardo Toledo, bicampeão brasileiro profissional que aproveitou sua viagem à terra dos cangurus para prestigiar a competição.
"A proposta do Student Surfing Festival na Austrália é reunir estudantes de todo o mundo numa grande festa na praia, valorizando a união do esporte com educação e cultura. Este ano o sol brilhou forte e ficamos todos muito felizes com os resultados”, comentou Ale Zeni, do Ibrasurf.
O STB Student Surfing Festival 2012 é uma realização do Ibrasurf em parceria com a Surfing NSW. Patrocínio das escolas BOND UNIVERSITY, TAFE NSW, KAPLAN, GREENWICH COLLEGE, SELC, ELS, SCE e ILSC. Apoio: MG Surfboards, Surfing Village Pasti, Maldives Boat Trip, Dripping Wet, Secrets of Brazil, Surfrider Foundation, New Brighton Hotel, Monster e Peterpans Adventure Travel.

Ranking
Iinternational Students:
1: Ricardo Ortiz - Brasil - APC
2: Alan Donato - Brasil - NAVITAS
3: Filipe Toledo - Brasil - GREENWICH COLLEGE
4: Luel Felipe - Brasil - NAVITAS
Universitária:
1: Jordan Widenstrom - Austrália - UNSW
2: Johnnie Keith - Austrália - TAFE
3: Ricardo Ortiz - Brasil - APC
4: Billy Bain - Austrália - TAFE
Feminina:
1: Sophia Bernard - Austrália - STELLA MARIS COLLEGE
2: Alysse Cooper - Austrália - MACKELLAR HIGH SCHOOL
3: Holly Wawn - Austrália - NORTHERN BEACHES CHRISTIAN SCHOOL
4: Bella Wilton - Austrália - NORTHERN BEACHES CHRISTIAN SCHOOL
Colegil:
1: Tylah Hutchinson - Austrália - MATER MARIA COLLEGE
2: Riley Cadman - Austrália - MARTHA MARIA COLLEGE
3: Ryan Hunt - Austrália - CAMDEN HAVEN HIGH SCHOOL
4: Harrison Martin - Austrália - CRONULLA HIGH SCHOOL
Ope
1: Filipe Toledo - Brasil
2: Blake Levett - Austrália
3: Shane Campbell - Austrália
4: Billy Bain - Austrália
Expression Session:
Luel Felipe - Brasil - NAVITAS
School Tag Team
1: Greenwich College
2: SCE - Sydney College of English
3: ELS - Universal English College
4: Kaplan International Colleges
Melhor Torcida
ELS - Universal English College
Melhor Onda
9,50 = Filipe Toledo - Brasil - Greenwich College

Fonte Ibrasurf /  Fotos Juliana Baldineti, Lucas Palma, Fernando Fidelis e Tici deiab.

Florianópolis recebe o Red Bull Skate Generation

Quem gosta de skate vai achar que é brincadeira de 1º de abril, mas é a mais pura verdade: nesta data, Cristian Hosoi, Jeff Grosso, Omar Hassan e Tony Trujillo, entre outras grandes estrelas do esporte estarão todas juntas em Florianópolis/SC, para participar da segunda edição do Red Bull Skate Generation, competição que une amadores, profissionais, masters e lendas do esporte em equipes.
Alguns dos maiores nomes do mundo já estão confirmados na competição
Para rivalizar com eles, já confirmaram presença alguns dos maiores nomes do Brasil como o campeão mundial de bowl mais novo da história Pedro Barros e o octacampeão mundial Sandro Dias, entre outros.

A novidade para esta edição é a inserção de mais uma categoria. Assim, as equipes deixam de ter três e passam a ter quatro integrantes. Agora, cada time será composto por um amador (pelo ranking da CBSK), um profissional, um master (profissionais entre 37 e 44 anos) e um lenda, que já tenha ultrapassado os 44.

Entre os atletas, a maior expectativa é pela vinda de Cristian Hosoi. Apaixonado pelo Brasil – tanto que batizou sua manobra mais famosa de Christ Air em homenagem ao Cristo Redentor – ele volta ao país para competir depois de mais de dez anos.

Hosoi é um dos nomes mais talentosos de todos os tempos. Nos anos 80, foi considerado durante muitos anos como um skatista imbatível quando acertava sua volta. E, na época, ele enfrentava a concorrência de nomes como Tony Hawk, Steve Caballero e Mark “Gator” Rogowsky.
Pedro Barros é um dos confirmados para a segunda edição do Red Bull Skate Generation
Mas o americano não terá vida fácil na competição. Falando somente nos estrangeiros, ele terá adversários – ou companheiros – do nível de Alex Perelson, considerado um dos maiores nomes do skate mundial – e Omar Hassan, um dos homens mais novos do mundo a se tornar uma lenda do esporte.

O Red Bull Skate Generation acontece em três dias (30 e 31 de março e 1º de abril). Os dois primeiros dias serão dedicados aos treinamentos e às eliminatórias, sendo que a Grande Final acontece no domingo (1º de abril). A competição tem o patrocínio da Citroën e da Vans, co-patrocínio da Volcom e apoio Evoke e Drop Dead.

Por Ian Sena / Fotos Red Bull Content Pool

26 de março de 2012

Fabiana Beltrame e Luana Bartholo em Londres 2012

Dupla brasileira faz bonito na Argentina e supera pouco tempo de treinamento

No último domingo (25/3), as remadoras brasileiras Fabiana Beltrame e Luana Bartholo se classificaram para a os Jogos Olímpicos de Londres-2012. A dupla, que compete na categoria double skiff peso leve feminino,  conseguiu a segunda colocação no Pré-Olímpico, na cidade argentina de Tigre.
Fabiana Beltrame e Luana Bartholo / Foto Reuters
As brasileiras disputaram a ponta com a dupla argentina María Clara Rohner e Milka Kraljev, que conseguiram cruzar a linha de chegada em primeiro após um belo duelo com Fabi e Luana, que ficaram a menos de um segundo do ouro - (7m49s76 a 7m49s94). As duas remadoras estão treinando juntas há pouco mais de um mês e Beltrame fez questão de enaltecer as qualidades da parceira.

"Foi uma prova dura e emocionante. Mas nós esperávamos isso mesmo, o importante é que conseguimos fazer uma excelente prova e garantimos nossa vaga para Londres. Treinamos por muito pouco tempo e a Luana foi fundamental, senti seu apoio do início até o fim. Fico feliz pois ela me surpreendeu, aguentando toda a pressão. O melhor é que temos pouco mais de um mês de barco e ainda vamos evoluir muito juntas", comemorou Fabi que foi a primeira remadora brasileira a vencer uma etapa da Copa do Mundo e a participar dos Jogos Olímpicos  - Atenas-2004 e Pequim-2008.

Por Priscilla Campos

Chloé Calmon ao redor do mundo

A jovem surfista continua suas viagens ao redor do mundo com mais uma parada na América Central

A longboarder carioca Chloé Calmon segue sua rotina de viagens ao redor do mundo. Neste momento ela se encontra no Panamá, para surfar as ondas locais, conhecer a cultura e produzir material para seus patrocinadores.
No Panamá
Ela embarcou para o país na última sexta feira, 23 de Março. Desde 2011 a atleta já visitou a China (duas vezes), a Califórnia, a França e a Guatemala. No Panamá, ela será acompanhada pelas surfistas locais para conhecer as ondas de Morro Negrito e Bocas Del Toro.
Na China
"Estou muito feliz em poder conhecer outro país com ótimas ondas e uma rica cultura. A oportunidade de fazer novos amigos ajuda a tornar esta experiência fantástica,” afirma Chloé Calmon, de apenas 17 anos e que recentemente foi convidada pela Roxy Brasil para ser colunista de moda de seu site.
Nos EUA
Chloé foi ao Panamá a convite da Roxy Internacional para um work shop com as surfistas locais, onde ela será uma das palestrantes, falando de sua experiência como uma das TOP 10 do Ranking mundial da ASP. Além do work shop, ela fará uma sessão de autógrafos na loja de seu patrocinador em Panamá City. A presença de Chloé no país tem foi destaque nos sites dos principais jornais locais, como o Crítica.

Por Daniel Vianna / Foto divulgação

Contagem regressiva ao Universitário de Surf 2012

Começa no final da próxima semana dias 30, 31/03 e 01/04 de Abril no município de Baía Formosa (RN), a primeira etapa do Brasil Tour Surf Universitário 2012.

Localizado a cerca de 100 km no Litoral Sul do Rio Grande do Norte e famosa pela exuberância de suas belezas naturais, dentre elas a Mata Estrela - um oásis de Mata Atlântica preservada - o município de Baía Formosa também é conhecido nacionalmente pela qualidade de suas ondas, tendo revelado talentos que saíram direto das ondas do Pontal para conquistar títulos por todo o Brasil e pelo mundo. O Mundo Universitário 2012, evento nacional que une ESPORTE e EDUCAÇÃO, irá invadir o estado do Rio Grande do Norte durante três dias com várias ativações.
O formato consagrado continua o mesmo. Serão várias ações: Brasil Tour Surf Universitário, Palestras, Concurso Universitária Brasil, Festa Oficial, Ações Culturais e muito mais, tudo isso rolando na Vila Universitária, uma superestrutura projetada para proporcionar conforto e segurança para os atletas e comissão técnica, compatível com as maiores competições de surf realizadas no país.

Este ano, mais uma vez o Circuito se supera ao anunciar novamente premiação recorde. Nada menos que R$ 38.000,00 (Trinta e oito mil reais) na bolsa de premiação oferecida aos campeões do circuito. Serão 3 Motos Okm e 1 CARRO Zerinho, sem falar que todos os finalistas de cada uma das três etapas receberão kit’s, troféus e outros prêmios.

A expectativa da organização do evento é receber atletas vindos de 15 estados do Brasil configurando mais um recorde nesta modalidade que cresce em todo o mundo.

Inscrições 
A procura pelas vagas, que são limitadas, está grande, e a expectativa da organização é que até o início da próxima semana elas já estejam encerradas. Então não perca tempo e garanta logo a sua participação neste grande evento esportivo e cultural.

As inscrições podem ser realizadas através do site da ABRASU e é muito fácil. Basta preencher a ficha disponibilizada no rodapé do site e nos enviar para análise*.
*Só poderão participar da 5ª Edição do Circuito MUNDO UNIVERSITÁRIO nas categorias OPEN Masculino Universitário, OPEN Feminino Universitário e FREESURF Universitário, alunos que estiverem regularmente matriculados em faculdades reconhecidas pela Federação de Desporto Universitário do seu estado.

Para a categoria MASTER DEGREE é obrigatório que o atleta já tenha concluído Curso de Graduação em Nível Superior. Para a OPEN Estudantil até 18 anos, basta que o atleta esteja regularmente matriculado cursando o Nível Fundamental ou Médio em uma escola da rede oficial de ensino brasileira. Para maiores informações acesse o site da ABRASU, conheça melhor o Projeto MUNDO UNIVERSITÁRIO 2012 e surpreenda-se você também. O valor das inscrições vai de 30 a 80 reais, dependendo da categoria.

Por Ailton Júnior




25 de março de 2012

John John e Courtney vencem em M-River

Os havaianos dominaram o pódio do Telstra Drug Aware Pro em Margaret River encerrado no sábado de boas ondas de 3-4 pés, John John Florence deu mais um show com seus aéreos no último dia e com duas notas na casa dos 9 pontos derrotou Olamana Eleogram na decisão 100% havaiana no segundo ASP Prime do ano. E na etapa feminina do ASP 6-Star, a havaiana Malia Manuel chegou em sua segunda final consecutiva na Austrália, mas não conseguiu impedir o bicampeonato da norte-americana Courtney Conlogue em Margaret River.
Florence sendo carregado ao pódio
“Eu me senti em casa porque as ondas estavam parecidas com as do Havaí, quando o vento lá fica bom para os aéreos”, contou John John Florence. “Eu consegui pegar boas ondas em todas as minhas baterias e estou muito feliz pela vitória. Ela me dá mais confiança para Bells Beach (próxima etapa do ASP World Tour na Austrália) porque me falaram que as ondas lá são semelhantes com as daqui. Eu já estava feliz por fazer a final com o Olamana (Eleogram). Eu cresci surfando com ele e tê-lo na final comigo em Margaret River foi ótimo”.
John John Florence 
John John Florence entrou na elite mundial na rotação do meio do ano em 2011, junto com os brasileiros Gabriel Medina e Miguel Pupo. O havaiano é um dos surfistas mais completos da atualidade, pois surfa muito bem ondas tubulares como também é um craque nas manobras aéreas. Com apenas 19 anos de idade se tornou o mais jovem campeão da Tríplice Coroa Havaiana no ano passado e no início de 2012 foi bicampeão da etapa do ASP 5-Star em tubos espetaculares em Banzai Pipeline.
Courtney Conlogue (EUA) 
Em Margaret River, ele arrancou a única nota 10 do Telstra Drug Aware Pro com um aéreo-reverse incrível na sexta-feira e a performance avassaladora continuou no sábado decisivo. Das dez maiores notas dadas pelos juízes nesta semana em Surfers Point, cinco foram recebidas por ele. E na tabela dos maiores placares, a metade também foi dele, como os 19,13 pontos da vitória na semifinal contra o australiano Kai Otton e os 18,76 da decisão do título, que valia um prêmio de 40 mil dólares e 6.500 pontos para o ASP World Ranking.
Mark Occhilupo 
A grande atração no sábado era o veterano Mark Occhilupo, que já se aposentou das competições, mas queria tentar uma terceira vitória nas ondas de Margaret River. Ele era o favorito da torcida, mas o seu sonho terminou no último minuto da semifinal contra Olamana Eleogram, quando o havaiano recebeu uma nota 6,5 para vencer a bateria. O campeão mundial de 1999 acabou empatado em terceiro lugar com o também australiano Kai Otton.
Courtney Conlogue (EUA) e Malia Manuel (HAV) 
Já no ASP 6-Star feminino, a norte-americana Courtney Conlogue conquistou o bicampeonato no Telstra Drug Aware Pro com um ataque poderoso de backside nas ondas de Surfers Point. A jovem californiana dominou a final contra a havaiana Malia Manuel, postando duas notas na casa dos 8 pontos para registrar seu nome na lista das campeãs em Margaret River pela segunda vez consecutiva.
Courtney Conlogue (EUA) 
“Eu tentei não pensar muito no bicampeonato, porque eu não queria colocar pressão sobre mim mesma”, disse Courtney Conlogue. “Estou muito feliz por ter conseguido duas vitórias seguidas aqui. Este lugar me ensinou muito no ano passado e nos anos anteriores. A primeira vez que vim aqui eu perdi na segunda rodada, mas fui evoluindo ao longo dos anos, conhecendo melhor as ondas e espero voltar aqui por muitos anos ainda”.
Final do Telstra Drug Aware Pro:
Campeão: John John Florence (HAV) com 18.76 pontos – US$ 40.000 e 6.500 pontos
Vice-campeão: Olamana Eleogram (HAV) com 15.43 pontos – US$ 20.000 e 5.200 pontos
Final Feminina do Telstra Drug Aware Pro:
Campeã: Courtney Conlogue (EUA) com 16.23 pontos – US$ 8.000 e 3.500 pontos
Vice-campeã: Malia Manuel (HAV) com 11.03 pontos – US$ 4.000 e 2.640 pontos

Por João Carvalho / Fotos crédito ASP

Inscrições abertas para o Universitária 2012

A sexta edição do Concurso Universitária Brasil acontecerá no dia 01 de abril (domingo) às 16hs, na Praia de Baia Formosa. Serão 3 eliminatórias deste evento no país, sendo a 2ª eliminatória em Balneário Barra do Sul-SC e a 3ª eliminatória em Fortaleza-CE.

A promoção da seletiva Potiguar estará mais uma vez sobre o comando do promotor nacional George Azevedo, colunista e empresário de moda, reconhecido pela revelação de talentos no estado do Rio Grande do Norte para o Concurso Miss Brasil. O Concurso Universitário Brasil 2012, eliminatória Rio Grande do Norte contará com a presença de 12 universitárias de diversas faculdades.
As inscrições serão feitas na Tráfego Models, por meio dos contatos (84) 3206-3052 ou (84) 8899-1120. Para o concurso, somente poderão participar universitárias matriculadas que estejam cursando regularmente em qualquer universidade do Brasil. Em cada etapa do Mundo Universitário 2012 acontecerá o Concurso Universitária Brasil. As participantes serão avaliadas em cada seletiva, realizada por comissões julgadoras, de reconhecida capacidade e saber notório relacionado ao objeto do presente concurso.

A campeã de cada eliminatória participará da grande final que irá acontecer no dia 13 de Maio em Fortaleza-CE. As praças onde acontecerão as seletivas são as seguintes: Baia Formosa - RN no dia 01 de Abril; Balneário Barra do Sul - SC no dia 22 de Abril; Praia do Futuro – CE no dia 13 de Maio.

As participantes que forem escolhidas em cada eliminatória estarão qualificadas para a final. As escolhidas de cada eliminatória receberão da ABRASU passagem, hospedagem e transporte para participar da grande final que acontecerá em Fortaleza-CE, no dia 13 de Maio de 2012. A premiação de cada eliminatória será de R$ 2.000,00 (dois mil reais) distribuídos da seguinte forma: Campeã – R$ 1.000,00 Vice - Campeã – R$ 600,00 e 3º lugar – R$ 400,00.

A escolhida final, ou seja, a campeã do Concurso Universitária Brasil 2012, receberá da ABRASU, R$ 5.000,00 (cinco mil reais), além de ficar obrigatoriamente com sua imagem por 03 meses em exibição no site da ABRASU. E cabendo a vice-campeã R$ 1.000,00 ( hum mil reais). As Fichas de Inscrições que serão utilizadas pelos juízes na hora do Concurso, cujos dados cadastrais encontrarem-se rasurados ou ilegíveis, ou ainda que contiverem conteúdo julgado impróprio pelas comissões julgadoras, serão automaticamente desclassificados.

Todas as inscrições serão avaliadas segundo os critérios aqui estabelecidos e as participantes renunciam expressamente, ao aceitar as regras deste concurso pela sua participação, a qualquer questionamento sobre os critérios adotados, prevalecendo sempre o critério da comissão julgadora.

Por George Noronha

Jaqueline Mourão bate todos os recordes

A atleta Jaqueline Mourão bateu todos os recordes brasileiros possíveis nessa temporada de inverno no hemisfério Norte, que começou no final de novembro de 2011 e está chegando ao final. Jaqueline Mourão, que já participou de quatro edições dos Jogos Olímpicos (dois de inverno – ski cross country – e dois de verão – mountain bike), realizou excelentes provas nas duas modalidades que disputa, o Ski Cross Country e o Biathlon de Inverno e registrou marcas inéditas para o Brasil: ela disputou pela primeira vez o Mundial de Biathlon e ainda conquistou o índice para a Copa do Mundo dos dois esportes.
Além dessas participações, a atleta que começou a esquiar ao 25 anos de idade quebrou todos os cinco possíveis recordes no período em ambas as modalidades que disputa. No Biathlon, durante a IBU Cup 6 realizada em Canmore, Canadá, em 12/02 ela terminou a prova de Sprint com 13,31% (em relação às três primeiras colocadas); em 15/02 durante a IBU Cup 7 no mesmo local  ela terminou a prova de Individual com 11,61% e pouco menos de um mês depois, a mineira voltou a surpreender ao registrar em 11/03 em Alteberg na Alemanha a marca de 30,76% na prova de Pursuit.

A esquiadora também demonstrou um notável desempenho físico e técnico nas provas de Ski Cross Country e bateu mais dois recordes brasileiros: no primeiro conquistou 74,06 pontos FIS (Federação Internacional de Ski) durante a prova de Distance em Parc Du Mont Ste.Anne realizada dia 20/03 no Canadá, o primeiro resultado brasileiro na história abaixo dos 100 pontos FIS, superando inclusive, a campeã olímpica Chandra Crawford (CAN), medalha de ouro no Sprint dos Jogos Olímpicos de 2006.

Dois dias depois ela participou da prova de Sprint e somou 181,79 pontos, outra marca nunca antes registrada por uma atleta brasileira na história da modalidade. “O recorde de ontem(22/03) coroa a temporada impecável da Jaqueline e todo o árduo trabalho realizado pela atleta nos últimos anos” afirma Pedro Cavazzoni, superintendente técnico da CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve.
Agora Jaqueline terá mais um desafio. Ela seguirá para Craftsburry, nos Estados Unidos, onde participará da prova de Sprint de 2,5km nesse sábado(24). O atleta Leandro Ribela que também representou o Brasil no campeonato nacional canadense e registrou importantes pontos agora disputará três provas de Ski Cross Country: duas de Sprint, sendo uma de 3,5km no sábado e outra de 1km no domingo (25) e uma de Pursuit de 6km na segunda-feira (26).

Os resultados da atleta contaram com um importante trabalho da equipe multidisciplinar de biathlon, formada por profissionais de diferentes áreas, além do importante apoio do programa Solidariedade Olímpica Internacional do COI – Comitê Olímpico Internacional que contribuiu de forma significativa durante toda a temporada de inverno no hemisfério Norte.

Por Michele Barcena / Fotos divulgação