28 de janeiro de 2011

Pororoca de Janeiro começa a reagir no Maranhão

A equipe da Abraspo composta pelos paraenses Noélio Sobrinho e Orlando Coelho mais o maranhense Jerônimo Júnior, estiveram checando nos dias 22 e 23 do mês de janeiro, a movimentação das ondas de marés provocadas pela pororoca do Arari, no Maranhão, e constataram que a onda já produz reais condições de surf em suas bancadas.
Outros surfistas de São Luís que estiveram presentes - Vinícius 'cabocão' e Hélio Burle e o 'canibal' -conseguiram surfar nas bancadas do Bonfim, localidade mais próxima do munícipio de Arari, onde vários bancos de lama produzem o fundo para a manifestação do fenômeno.
"A onda já está com uma longa duração e com bancadas iradas, surfamos muito neste dois dias e o que nós podemos perceber é que há uma grande expectativa em torno do volume de água que pode acontecer neste inverno nos rios da região. Chuvas fortes e constantes neste período do ano podem fazer com que os rios transbordem, quanto maior o volume de água dentro dos rios, maior será o tamanho e a força da onda, que pode chegar a mais de 2,0m de altura e possuir uma autonomia de surf com mais de trinta minutos de duração", comentou Jerônimo Júnior.
Aguardem novas informações sobre o fenômeno em nossas próximas atualizações.

Por Denis Sarmanho / Fotos Orlando Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário